Prevalência da síndrome de Burnout em estudantes de medicina da Universidade Vila Velha (UVV) / Prevalence of Burnout syndrome in medicine students at Vila Velha University (UVV)

Rhaynner Guimarães Nágime, Sarha Santos Andrade, Melissa Nader Lobo, Letícia Cavatte, Isadora Mollo Machado Vieira, Fabricia Oliveira Sandoval Carvalho, Rebeca Freire Colombo, Igor Morais Araujo Lopes

Abstract


OBJETIVO: Avaliar a prevalência da Síndrome de Burnout entre os alunos de medicina da Universidade Vila Velhos (UVV) do 1º ao 8º períodos em 2018 relacionando com aspectos sociodemográficos. METODOLOGIA: Estudo observacional transversal quantitativo realizado com alunos selecionados aleatoriamente e que concordaram com os termos de Consentimento Livre e Esclarecido. Para avaliação da síndrome de Burnout foi utilizada a MBI-SS (Maslach Burnout Inventory-Student Survey). O ponto de corte foi o escore médio maior que 4 para Exaustão Emocional e Descrença e abaixo de 2 para Eficácia Profissional. RESULTADOS: O questionário foi respondido adequadamente por 334 alunos. A análise do MBI destacou que 63,7% dos alunos apresentaram alto nível de exaustão emocional, nível médio de descrença em 12,5% e baixa eficácia estudantil em 8,3%. A prevalência da Síndrome de Burnout foi de 3,3% e ocorreu principalmente em: homens (63,6%), sedentários (81,8%), do 5º ao 8º período (54,4%). CONCLUSÕES: Observa-se um alto risco de desenvolvimento da Síndrome de Burnout, sendo a dimensão “exaustão emocional” a que mais contribui. Portanto, investir em estratégias específicas de prevenção e tratamento é o caminho para enfrentar situações estressantes, bem como para alcançar a efetividade e a satisfação laboral antes mesmo de ingressarem no mercado de trabalho.


Keywords


Síndrome de Burnout. Educação Médica.

References


Carlotto MS, Câmara SG. Características psicométricas do Maslach Burnout Inventory - Student Survey (MBI-SS) em estudantes universitários brasileiros. Psico-USF. 2006; 11(2):167-73.

Chagas MKS, Junior DBM, Cunha GN, Caixeta RP, Fonseca EF. Ocorrência da Síndrome de Burnout em acadêmicos de medicina de instituição de ensino no interior de Minas Gerais. Med Saude Brasilia 2016; 5(2): 234-45.

Costa, E. F. O et al. Burnout Syndrome and associated factors among medical students: a cross-sectional study. Clinics, [S.l.]. 2012; 67 (6): 573-579.

Nogueira, Larissa Freire Alves et al. Prevalência da Síndrome de Burnout entre estudantes do terceiro ano do curso de medicina na Universidade Federal do Ceará. In: Encontro de Iniciação à docência 2017, Fortaleza. Encontros Universitários da UFC. Fortaleza: Revista Encontros Universitários da UFC, 2017. v. 2, p. 3028 - 3028.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-161

Refbacks

  • There are currently no refbacks.