Estabelecimento da comunicação terapêutica entre enfermeiro e clientes frente á tentativas de autoextermínio: revisão integrativa da literatura/ Establishiment therapeutic of communication between nurses and customers agaist self-extermination attempts: integrative literature review

Samuel Barroso Rodrigues, Daniela Louro, Elisandra Maira Oliveira Souza, Marco Antônio da Cunha

Abstract


Objetivo: Descrever o estabelecimento da comunicação terapêutica entre enfermeiro e cliente frente a tentativas de autoextermínio por meio de uma revisão integrativa da literatura. Materiais e métodos: Foi realizada uma busca em bases de dados nacionais (BDENF) e internacionais (MEDLINE, LILACS, PubMed). Foi utilizada a estratégia PICO para definição da pergunta norteadora. Os critérios de inclusão foram artigos publicados nos últimos 5 anos, nas línguas português, inglês e espanhol e com textos completos.  Resultados: Foram selecionados 7 artigos na amostra final, e após a leitura criteriosa, foram identificadas duas categorias temáticas por afinidade ao tema. Discussão: A comunicação terapêutica traz seus benefícios para que se promova o bem-estar do indivíduo e a sua recuperação. Porém esta questão se constitui em um grande desafio por parte dos enfermeiros, uma vez que muitos sequer possuem conhecimento de tais técnicas bem como de sua importância, restringindo-se, por sua vez, a técnicas ineficazes. Considerações finais: É importante atentar-se em difundir mais as técnicas de comunicação terapêutica entre os profissionais, de modo que se sensibilizem e sejam utilizadas de forma eficaz. Salienta-se a importância deste estudo para que de fato possamos mostrar o quanto se torna eficaz uma comunicação com uso de técnicas terapêuticas.

 


Keywords


comunicação em saúde, comunicação não-verbal, suicídio, relação enfermeiro-paciente.

References


Vandewalle J, Beeckman D, Van Hecke A, Debyser B, Deproost E, Verhaeghe S. Contact and communication with patients experiencing suicidal ideation: A qualitative study of nurses’ perspectives. J Adv Nurs. 2019;(April):1–11.

Organização Panamericana de Saúde (OPAS/OMS). Suicídio é grave problema de saúde pública e sua prevenção deve ser prioridade [homepage na internet].[acesso em 28 mar 2019].Disponível:www.paho.org/bra/index.php?option=com_content&view=article&id=5674:suicidio-e-grave-problema-de-saude-publica-e-sua-prevencao-deve-ser-prioridade afirma-opas-oms&Itemid=839

Oliveira GC de, Schneider JF, Santos VBD dos, Pinho LB de, Piloti DFW, Lavall E. Cuidados de enfermagem a pacientes com risco de suicídio/Nursing care for patients at risk of suicide. Ciência, Cuid e Saúde. 2017;16(2).

Tanimoto C, Yayama S, Suto S, Matoba K, Kajiwara T, Inoue M, et al. Self-harm and suicide attempts in a Japanese Psychiatric Hospital. East Asian Arch Psychiatry. 2018;28(1):23–7.

Townsend MC. Enfermagem Psiquiatrica - Conceitos de Cuidados. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan S.A.; 2002. 855 p.

Bardin L. Análises de Conteúdo. 2009. 288 p.

Final E, Sagax S, Gil SS, Brevemente D. Sistemática integrativa. 2011;(c):11–2.

Ramirez J. Suicide: Across the Life Span. Nurs Clin North Am. 2016;51(2):275–86.

Santos RS, Cícera M, De Albuquerque S, Brêda MZ, Lysete De Assis Bastos M, Marcela V, et al. Nurses’ Actions Towards Suicide Attempters: Reflective Analysis a Atuação Do Enfermeiro Com a Pessoa Em Situação De Suicídio: Análise Reflexiva La Actuación Del Enfermero Con La Persona En Situación De Suicidio: Análisis Reflexiva. J Nurs UFPE line. 2017;11(2):742.

Sellin L, Kumlin T, Wallsten T, Wiklund Gustin L. Caring for the suicidal person: A Delphi study of what characterizes a recovery-oriented caring approach. Int J Ment Health Nurs. 2018;27(6):1756–66.

Sun FK, Long A, Chiang CY, Chou MH. A theory to guide nursing students caring for patients with suicidal tendencies on psychiatric clinical practicum. Nurse Educ Pract. 2019;38(3):157–63.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-152

Refbacks

  • There are currently no refbacks.