Estratégia saúde da família em uma aldeia indígena localizada no interior do Maranhão / Family health strategy in an indigenous village located inside Maranhão

Matheus Barros Carvalho, Thais Teixeira da Silva, Romário de Sousa Gonçalves, Maria Ivânia Duarte Ribeiro, Sandy Helen de Jesus da Conceição, Amanda Lisa Amorim Sousa, Ruth Fernandes Pereira, Anderson Gomes Nascimento Santana

Abstract


Introdução: De acordo com o IBGE 2010, o estado do Maranhão possui 38.831 mil indígenas distribuídos em seu território. Dentre os povos indígenas presentes no estado, a etnia Krikati localiza-se em três municípios da região sudoeste e conta com assistência em saúde oferecida por uma UBS localizada em seu território. O objetivo do trabalho é apontar os principais programas executados pela equipe dessa UBS e identificar as principais vulnerabilidades da população adscrita. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa documental realizada na UBS Krikati localizada na aldeia São José em Montes Altos, seguida de levantamento de obras presentes nas plataformas Scielo, PubMed e Biblioteca Virtual em Saúde (BVS). Os Descritores em Ciências da Saúde (DeCS) utilizados foram: Saúde indígena, Políticas públicas, Estratégia Saúde da Família e população indígena. Resultados e Discussão: Respeitando os princípios e diretrizes instituídas pela Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas, a equipe da unidade da aldeia São José realiza o acompanhamento de grupos populacionais específicos como crianças, adolescentes, adultos e idosos, por meio de visitas domiciliares, consultas médicas e de enfermagem, bem como programa de imunização, atividades de prevenção e promoção da saúde. Além disso, é realizada permanente vigilância sobre as condições de saúde através do monitoramento e acompanhamento dos principais agravos em saúde dos pacientes como: diabetes, hipertensão, tuberculose e diarreia aguda. Conclusão: A Equipe de Estratégia Saúde da Família atua de forma a garantir a população da etnia Krikati o acesso à atenção integral à saúde, de acordo com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde, contemplando a diversidade social, cultural, geográfica, histórica e política de modo a favorecer a superação dos fatores que tornam essa população mais vulnerável aos agravos à saúde de maior magnitude e transcendência.


Keywords


Saúde Indígena, Saúde da Família, Enfermeiro.

References


BRASIL. Lei nº. 9.836 de 23 de setembro de 1999. Acrescenta dispositivos à Lei 8.080 de 19/09/1990, instituindo o subsistema de atenção à saúde indígena. Diário Oficial da União, 1999. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9836.htm, acesso em: 25 setembro. 2019.

BRASIL. Fundação Nacional de Saúde. Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas. - 2ª Edição - Brasília: Ministério da Saúde. Fundação Nacional de Saúde, 2002. 40 p.

BRASIL. Fundação Nacional de Saúde. Lei Arouca: a Funasa nos 10 anos de saúde indígena / Fundação Nacional de Saúde. - Brasília: Funasa, 2009.

COIMRA JR., C.E.A, SANTOS, R V., and CARDOSO, A. M. Processo saúde-doença. In: BARROS, D. C., SILVA, D.O., and GUGELMIN, S. Â., orgs. Vigilância Alimentar e Nutricional para a saúde Indígena (0nline). Vol. 1. Rios de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2007 pp. 47-74.

GONÇALVES JUNIOR, Abel Gabriel. O DIREITO SANITÁRIO NA SOCIEDADE DE RISCO: a política nacional de atenção à saúde dos Povos Indígenas. 2016. Dissertação de Mestrado. FURG.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Indicadores Sociodemográficos de Saúde no Brasil, Rio de Janeiro; 2010

LUCENA, Carlos Wennison Pereira. Educação Indígena: Os percursos dos Krikati rumo ao ensino superior. 2018. 80 f. TCC (Graduação) - Curso de Ciências Humanas/Sociologia, Universidade Federal do Maranhão, Imperatriz, 2018.

MACHADO FILHO, Amantino Camilo. Incidência da tuberculose em indígenas do município de São Gabriel da Cachoeira, AM. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 41, n. 3, p. 243-246, 2008.

MARTINS, Juliana Cláudia Leal. O trabalho do enfermeiro na saúde indígena: desenvolvendo competências para a atuação no contexto intercultural. 2017. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

PRODANOV, Cleber Cristiano; DE FREITAS, Ernani Cesar. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico-2ª Edição. Editora Feevale, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-146

Refbacks

  • There are currently no refbacks.