Educação em saúde sobre ressuscitação cardiopulmonar: uma proposição necessária / Health education on cardiopulmonary resuscitation: a necessary proposition

Denize Ferreira Ribeiro, Jéssica Gabriele Burity da Costa, Ana Maria da Silva, Flávia Ferreira Lirbório, Andresa Matias dos Santos

Abstract


Introdução: A transição epidemiológica no Brasil trouxe mudanças como o aumento das doenças crônicas não transmissíveis, entre elas podemos citar as doenças cardiovasculares, que quando não tratadas podem resultar em eventos súbitos como a parada cardiorrespiratória. No ambiente extra hospitalar, geralmente o primeiro contato de uma pessoa vítima de parada cardiopulmonar é com leigos. Essas pessoas quando capacitadas podem intervir frente as situações de emergência, e o socorro prestado por elas pode influenciar na sobrevida dos pacientes. Para isso é necessário adquirir conhecimento através de capacitações sobre suporte básico de vida e uso do desfibrilador externo automático. A assistência dever ser realizada de forma rápida e contínua até a chegada de profissionais capacitados. Objetivos: Analisar quais as estratégias desenvolvidas e aplicadas com leigos para melhoria de seus conhecimentos sobre a reanimação cardiopulmonar. Método: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura. As buscas foram realizadas nas seguintes bases de dados: Lilacs, Medline, BVS e Scielo, utilizando os descritores: Educação em saúde, conhecimento e reanimação cardiopulmonar, cruzados com o uso do operador booleano AND. Resultado: As pesquisas realizadas envolveram diferentes públicos incluindo estudantes do ensino médio e fundamental, graduandos de universidades e funcionários de empresas públicas e privadas. Esses estudos avaliaram o conhecimento sobre o suporte básico de vida e as intervenções frente a uma parada cardiopulmonar. Alguns deles analisaram de forma comparativa pré e pós intervenção de curso teórico e prático sobre parada cardiopulmonar e Reanimação cardiopulmonar. Os estudos mostram a importância de promover educação em saúde no ambiente escolar, visto que é um local estratégico para discutir e promover saúde, abordando a temática desde o ensino fundamental. A literatura evidencia que um leigo ao realizar apenas compressões torácicas, aumenta significativamente as chances de sobrevivência da vítima e por isso é fundamental o investimento em capacitações para esse público. Conclusão: Cresce o número de projetos que visam capacitar leigos no suporte básico de vida e no conhecimento sobre PCR e RCP, apesar disso, nota-se que ainda existe timidez na abordagem da temática. Portanto, são necessários maiores investimentos em capacitações com públicos diversos, que não apenas os da saúde, visando a oferta de maiores chances de sobrevida a uma vítima de parada.


Keywords


Reanimação cardiopulmonar. Conhecimento. Educação em saúde.

References


- American Heart Association. Destaques das diretrizes da AHA 2017 para RCP e ACE: Guidelines CPR ECC. Dallas: American Heart Association; 2017.

- CASEMIRO, J.P; FONSECA, A.B. C; SECCO, F.V.M. Promover saúde na escola: reflexões a partir de uma revisão sobre saúde escolar na América Latina. Ciência & Saúde Coletiva, 19(3):829-840, 2014.

- DIAS, B.V.B. at al. Parada cardiorrespiratória: atendimento pelo serviço de atendimento móvel de urgência (SAMU) – Informações passadas pelo solicitante. Cuid Enferm. 2016 janeiro-junho; 10(1): 52- 59.

- FONSECA, A.H.I.R.M. at al. Avaliação da frequência e profundidade das compressões torácicas realizadas com o uso de metrônomo. Rev Bras Clin Med. São Paulo, 2012 mai-jun;10(3):175-8.

- GOMES, J.C.R; DIXE, M.A.C.R. Conhecimento da população portuguesa sobre suporte básico de vida e disponibilidade para realizar formação. Rev Esc Enferm USP · 2015; 49(4):640-649.

- GOMES, P.M. at al. Projeto viva coração: relato de experiência. Revista Baiana de Enfermagem, Salvador, v. 30, n. 4, p. 1-10, out./dez. 2016.

- JESUS, A.A; SOUSA, A.M. Treinamento em primeiros socorros para leigos. Revista Extensão & Cidadania Vitória da Conquista v. 3, n. 5 p. 47-59 jan./jun. 2015.

- KNOPFHOLZ, J. at al. Capacidade de manuseio da parada cardíaca em locais de alto fluxo de pessoas em Curitiba. Rev Soc Bras Clin Med. 2015 abr-jun;13(2):114-8.

- LYRA, P.F. at al. Programa de educação em reanimação cardiorrespiratória: Ensinando a salvar vidas. Revista Brasileira de Educação Médica. 36 (4): 570-573; 2012.

- MIYADAHIRA, A.M; BOAVENTURA, A.P. Programa de capacitação em ressuscitação cardiorrespiratória com o uso de desfibrilador externo automático em uma universidade. Rev Gaúcha Enferm. Porto Alegre (RS), 2012 mar;33(1):191-4.

- MORAIS, D.A; CARVALHO, D.V; CORREIA, A.R. Parada cardíaca extra-hospitalar: fatores determinantes da sobrevida imediata após manobras de ressuscitação cardiopulmonar. Rev. Latino-Am. Enfermagem jul.-ago. 2014;22(4):562-8.

- OLIVEIRA, F.W; SILVA, N.N; COELHO, M.N.D. Ressuscitação cardiopulmonar: Conhecimento do leigo e do profissional da saúde perante a vítima. Rev. Conexão Eletrônica – Três Lagoas, MS – Volume 13 – Número 1 – Ano 2016.

- OLIVEIRA, R.G at al. Parada Cardiorrespiratória Prolongada Tratada com Sucesso no Metrô de São Paulo. Arq Bras Cardiol. 2014; 102(5):e48-e50.

- OLIVEIRA, R.G at al. Compressões torácicas contínuas realizadas por leigos antes e após treinamento. Rev Bras Clin Med. São Paulo, 2012 mar-abr;10(2):95-9.

- RIBEIRO, L. G et al. Estudantes de medicina ensinam ressuscitação cardiopulmonar a alunos do fundamental. Arq Bras Cardiol. Ribeirão Preto (SP), 2013;101(4):328-335.

- SILVA, J. K. et al. Suporte básico de vida para leigos: relato de atividades extensionistas. Rev. Ciênc. Ext. v.13, n.1, p.190-203, 2017.

- SILVA, P. O. et al. Os alunos do ensino médio e o conhecimento sobre o suporte básico de vida. Rev. enferm. UERJ, Rio de Janeiro, 2012 dez; 20(esp.1):621-4.

- SOUZA, M.T; SILVA, M.D; CARVALHO, R. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein. 2010; 8(1 Pt 1):102-6.

- TAVARES, A; PEDRO, N; URBANO, J. Ausência de formação em suporte básico de vida pelo cidadão: um problema de saúde pública? Qual a idade certa para iniciar? Rev Port Saúde Pública. 2016, 34(1):101-104.

- TERASSI, M. at al. A percepção de crianças do ensino fundamental sobre parada cardiorrespiratória. Semina: Ciências Biológicas e da Saúde, Londrina, v. 36, n. 1, supl, p. 99-108, ago. 2015.




DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n3-125

Refbacks

  • There are currently no refbacks.