Produção de marcos geodésicos: O caso de uma pequena empresa de reciclagem do centro oeste mineiro / Geodetic Milestone Production: The Case of a Small Midwest Mining Recycling Company

Myriam Angélica Dornelas, Rafaela do Carmo Morais, Thawane Aparecida Duarte, Gabriela Gonçalves de Araújo, Jennifer Cândido do Prado

Resumo


O presente estudo tem por objetivo analisar o processo produtivo de marcos geodésicos e identificar possíveis gargalos em uma pequena empresa de reciclagem situada em Minas Gerais. O referencial tratou sobre reciclagem de Policloreto de vinila - PVC e borracha como matéria-prima parareciclados, e sobre o processo produtivo, especificamente sobre arranjo físico, fluxograma e importância da gestão de pessoas dentro do processoprodutivo. O presente estudo classificou-se como uma pesquisa qualitativa, de caráter descritivo, caracterizada como um estudo de caso. A coleta dos dados constituiu-se de entrevistas semi-estruturadas, realizadas com o proprietário da empresa e também de observação não participante dos seguintes processos: secagem da matéria-prima, derretimento (plastificação) da mesma na extrusora, enformamento, resfriamento, desenformamento e armazenagem do produto acabado. Concluiu-se que o processo produtivo de marcos geodésicos não possui grande complexidade. Os gargalos identificados são relacionados ao posicionamento do estoque, tanto das matérias-primas quanto dos produtos acabados, local para secagem da matéria- prima, a rotatividade de funcionários dentro da empresa, ao transporte dos produtos e, por fim, o desconhecimento da empresa dos tempos de cada operação.


Palavras-chave


Processo produtivo, Gargalos, Reciclagem de Policloreto de vinila – PVC e borracha

Texto completo:

PDF

Referências


AUNE, Aglomeração Urbana do Nordeste. Marcos Geodésicos: Termo de Referência. S/a Disponível em:

. Acesso em: 30 de maio 2017.

BAGGIO, Airton. Aproveitamento dos resíduos de compósitos à base de resina poliéster e fibra de vidro. 2005. 92 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Agronomia, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho", São Paulo, 2005.

BOICKO, Alysson Luís et al. Utilização de conchas da ostra crassostrea gigas como carga para produtos de policloreto de vinila (PVC). In: INSTITUTO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA EM RESÍDUOS E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL, 1., 2004,Florianópolis.Anais Santa

Catarina: Ictr, 2004. p. 4441 - 4451.

BRAPARAS. Mercado de reciclagem do Brasil movimenta R$ 3 bilhões, destaque para o setor de papel e papelão. 2017. Disponível em: . Acesso em: 25 maio 2017.

CEMPRE. O mercado para reciclagem. Disponível em: . Acesso em: 19 maio 2015.

CERVO, Amado Luiz; BERVIAN, Pedro Alcino; SILVA, Roberto da. Metodologia científica. 6. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010. 162 p.

CHIAVENATO, Idalberto. Recursos humanos: o capital humano das organizações. 9. ed. rev. e atual. São Paulo: Elsevier, 2009. xv, 506 p.

FEIPLASTIC. Investimento setorial favoreceu inovação. 2017. Disponível em:

. Acesso em: 25 maio 2017.

FERNANDES, Antonio Carlos Sequeira. Fósseis: Mitos e Folclore. Anuário do Instituto de Geociências - Ufrj, Rio de Janeiro, v. 28, n. 1, p.101-115, nov. 2005.

GAVIOLI, Giovana; SIQUEIRA, Maria Cristina MendonÇa; SILVA, Paulo Henrique Ribeiro da. APLICAÇÃO DO PROGRAMA 5S EM UM SISTEMA DE GESTÃO DE ESTOQUES DE UMA INDÚSTRIA DE ELETRODOMÉSTICOS E SEUS IMPACTOS NA RACIONALIZAÇÃO DE RECURSOS. In: SIMPÓSIO DE ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO, LOGÍSTICA E OPERAÇÕES INTERNACIONAIS, 12., 2009, São Paulo. Anais... . São Paulo: Fgv, 2009. p. 1 - 13.

GIACOMET, Mônia Oliveira. As motivações e os reflexos do turnover em termos contábeis e econômicos em uma entidade sem fins lucrativos do município gaúcho de Caxias do Sul. 2011. 64 f. TCC (Graduação) - Curso de Ciências Contábeis, Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, 2011. Disponível em: . Acesso em: 19 maio 2017.

GOMES, Diogo Rodrigues; SOUZA, Sebastião Décio Coimbra de. Mapeamento do processo de produção em uma fábrica do pólo de cerâmica vermelha do norte fluminense. In: ENEGEP, 30., 2010, São Carlos. Anais São Paulo: Abepro, 2010. p. 1 - 15.

GONÇALVES, José Ernesto Lima. AS EMPRESAS SÃO GRANDES COLEÇÕES DE

PROCESSOS. Administração de Empresas, São Paulo, v. 40, n. 1, p.6-19, jan./mar. 2000.

GONSALEZ, Wanderlei de Oliveira; SANTANA, Ruth Marlene Camponanes. Tecnologias de reciclagem de resíduos de borracha. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DETECNOLOGIAS PARA O MEIO AMBIENTE, 3., 2012, BentoGonçalves. Anais Rio Grande do Sul:Fiema,

p. 1 - 8. Disponível em: . Acesso em: 19

maio 2017.

GUIMARÃES, Tatiane Yumiko. ANÁLISE DA ARMAZENAGEM DE ESTOQUE DA

EMPRESA PARAISO MODA BEBÊ.2014. Disponível em: . Acesso em: 15 jul. 2017.

LOMASSO, Alexandre Lourenço et al. Benefícios e desafios na implementação da reciclagem: um estudo de caso no centro mineiro de referência em resíduos (CMRR). Pensar Gestão e Administração, Minas Gerais, v. 3, n. 2, p.1-20, jan. 2015.

MACEDO, Mariano de Matos. Gestão da produtividade nas empresas. Organização Sistêmica, São Paulo, v. 1, n. 1, p.110-119, jan./jun. 2012.

MORATTO, Leonardo. CONTROLE DE ESTOQUE EM PEQUENAS E MÉDIAS

EMPRESAS FAMILIARES. 2012. 40 f. Monografia (Especialização) - Curso de Graduação em Administração, Faculdade Cenecista de Capivari - Facecap, Capivari, 2012.

MOREIRA, Daniel Augusto. Administração da Produção e Operações. 2. ed. São Paulo: Cengage Learning, 2008. 624 p.

MOREIRA, Rafael de Lacerda et al. A importância da informação contábil no processo de tomada de decisão nas micro e pequenas empresas. Revista Contemporânea de

Contabilidade, Florianópolis, v. 10, n. 19, p.119-140, 28 abr. 2013. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

MUNDO DO PLÁSTICO. Setor dá sinais de retomada e iniciativas apontam para um 2017 mais favorável. 2016. Disponível em: . Acesso em: 27 de maio 2017.

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Sistemas, Organização e Métodos: Uma Abordagem Gerencial. 16. ed. São Paulo: Atlas, 2006. 468 p.

PAOLI, Marco-aurelio de. Degradação e Estabilização de Polímeros. 2. ed. Rio Grande do Sul: Chemkeys, 2008. 228 p.

PIATTI, Tania Maria; RODRIGUES, Reinaldo Augusto Ferreira. Plásticos: Características, usos, produção e impactos ambientais. Alagoas: Edufal, 2005.

PIVA, Ana Magda; Bahiense NETO, Miguel; WIEBECK, Hélio. A Reciclagem de PVC no Brasil.

Polímeros: Ciência e Tecnologia, São Paulo, v. 9, n. 4, p.195-200, out./dez. 1999.

RECICLOTECA. Reciclagem de Plásticos: entenda o ciclo completo. 2014. Disponível em:

. Acesso em: 01 maio 2017.

ROSA, Bruna Nogueira et al. A importância da reciclagem do papel na melhoria da qualidade do meio ambiente. In: ENEGEP, 25., 2005,Bauru.Anais Porto Alegre: Abepro, 2005. p. 5170-

SEVERINO, Antônio Joaquim. Metodologia do trabalho científico. 23. ed. São Paulo: Cortez, 2007. 304 p.

SLACK, Nigel; CHAMBERS, Stuart; JOHNSTON, Robert. Administração da Produção. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2009. 703 p.

SPECTOR, Paul E. Psicologia nas Organizações. 3ª edição. São Paulo: Saraiva, 2010. 49 p. TEMPO, O. Brasil perde R$ 120 bilhões por ano ao não reciclar lixo. 2017. Disponível em:

. Acesso em: 25 maio 2017.

TRIVINOS, Augusto Nibaldo Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: A Pesquisa Qualitativa em Educação. São Paulo: Atlas S.a, 1987.

YOSHIGA, Adriana; TOFFOLI, Samuel M.; WIEBECK, Hélio. Estudo do Composto PVC Reciclado/CaCO3 em Pastas Vinílicas. Polímeros: Ciência e Tecnologia, São Paulo, v. 14, n. 3, p.134-141, jul./set. 2004.–47.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.