Estudo de caso acerca das estratégias de marketing adotadas pela empresa Lanches Só Sucesso / Case study about the marketing strategies adopted by the company Lanches Só Sucesso

Carlos Magno Lindoso Gomes Filho, Marco André Matos Cutrim, José Salim Dutra de Lemos

Resumo


Neste artigo o uso do marketing digital, experiência e serviços, se dá como ferramentas para a empresa Lanches Só Sucesso. Para tanto, levanta-se o seguinte problema de pesquisa: Como o marketing digital, de experiência e serviço contribuiu para desenvolvimento da empresa Lanches Só Sucesso? Este estudo requer tanto uma revisão bibliográfica quanto a utilização de mecanismos de observação ou coleta de informações capazes de permitirem que a temática atinja o objetivo geral da pesquisa que é: analisar a utilização do marketing digital, de experiência e serviço para melhoria da empresa, em São Luís do Maranhão. Busca-se, também, contribuir para futuros estudos desta linha de pesquisa. A metodologia utilizada foi um estudo de caso, com uma pesquisa exploratória, de natureza qualitativa. Na coleta de dados utilizou-se métodos de pesquisas por meio do Google forms, realizado com proprietário, clientes, universitários e integrantes do grupo de aplicação da abordagem. Por fim, busca-se ampliar os conhecimentos acerca da natureza interdisciplinar dos processos administrativos, com uma visão ampla das dificuldades existentes na implementação e execução dos conceitos de gestão de pessoas, logística, finanças, teoria administrativa, contabilidade, produção e marketing de serviços, processos, conteúdo digital e de experiência. Constatou-se a capacidade de decisão através do uso de técnicas de investigação, análise e avaliação, vivenciando a experiência do contato com o público.


Palavras-chave


Marketing Digital. Experiência. Serviços.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSAF NETO, Alexandre; LIMA, Fabiano Guasti. Curso de Administração financeira. 2.ed. São Paulo: Atlas, 2011.

BARGH, J. A. (2002). Losing consciousness: Automatic influences on consumer judgment, behavior and motivation. Journal of Consumer Research, 29(2), 280-285.

BARGH, J. A., GOLLWITZER, P. M., & OETTNGEN, G. (2010). Motivation. In S. Fiske, D. Gilbert, & G. Lindzey (Eds.), Handbook of social psychology. New York: Wiley. Empresarial. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

BOWERSOX, D.; CLOSS, D.; COOPER, B. J. Gestão logística de cadeias de suprimentos. São Paulo: AMGH, 2014.

CONTADOR. Disponível em: . Acesso em: 15 mai. 2021.

FERNANDES, B.H.R.; BERTON, L.H. Administração estratégica: da competência empreendedora. São Paulo: Saraiva, 2012.

FISCHMAN, Adalberto A. Planejamento estratégico na prática. São Paulo: Atlas, 2013.

FITZSIMMONS; FITZSIMMONS. Administração de Serviços: operações, estratégias e tecnologia da informação. 7 ed. São Paulo: McGrall Hill, 2014.

GABRIEL, Martha. Marketing na era digital. São Paulo: Novatec, 2010.

GIANESI, I.; CORRÊA, L. H. Administração Estratégica de Serviços: Operações para a satisfação do cliente. São Paulo: Atlas, 2012.

KOSSEN, S. Creative selling today. 3° Ed. New York: Harper & How, 1989.

KOTLER, Philip; ARMSTRONG, Gary. Princípios de marketing. 9. ed. São Paulo: Pretince Hall, 2003.

LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Marketing de serviços. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

LOHSE, G. L.; Bellman, S. & Johnson, E. J. (2000). Consumer buying behavior on the internet: findings from panel data. Journal of Interactive Marketing, 14(1), 15-29.

LOVELOCK; WIRTZ; HEMZO. Marketing de Serviços. - 7ª Ed. São Paulo: Pearson Education, 2011.

MARION, José Carlos Marion. Análise das Demonstrações Contábeis: Contabilidade Empresarial. 3. Ed. São Paulo: Atlas, 2007.

O’BRIEN, James A. Sistemas de informação e as decisões gerenciais na era da internet. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2004.

OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de. Planejamento estratégico: conceitos, metodologia e práticas. São Paulo: Atlas, 2015.

PAIM, R.et al.Gestão de Processos, pensar, agir e aprender. Porto Alegre: Bookman, 2009.

PLANALTO. Código Civil. Disponível em: . Acesso em: 10 mar. 2021.

RICHERS, R. (1984). O enigmático mais indispensável consumidor: teoria e prática. Revista da Administração, 19(3), s.p.

RICHERS, R. (1984). O enigmático mais indispensável consumidor: teoria e prática. Revista da Administração, 19(3), s.p.

SCHWERINER, Mario René. Comportamento do Consumidor. São Paulo: Saraiva, 2006.

SEBRAE. Eireli. Disponível . Acesso em: 13 mar. 2021.

SHETACH, A. Lighting the route to success, Team Performance Management. International Journal, v. 17, n. 1, p. 7-22, 2011.

SOLIDES. O que significa turnover. Disponível em: . Acesso em: 18 mai. 2021.

SOLOMON, M.R. O comportamento do consumidor: comprando, possuindo e sendo. 11° Ed. Porto Alegre: Bookman, 2016.

TORRES, Cláudio. A Bíblia do marketing digital: tudo o que você queria saber sobre marketing e publicidade na internet e não tinha a quem perguntar. São Paulo: Novatec Editora, 2009.

VAZ, Conrado Adolpho. Os 8Ps do marketing digital: o guia estratégico de marketing digital. São Paulo: Novatec, 2011.

XAVIER, Juliana. Como enquadrar uma Eireli como microempresa ou Empresa de Pequeno Porte. Disponível em: https://www.juridoc.com.br/blog/abrir-uma-empresa/6051-enquadrar-eireli-microempresa-me-ou-empresa-de-pequeno-porte-epp/. Acesso em: 18 mar. 2021.

ZEITHAML, V. A.; BITNER, M. J.; GREMLER, D. D. Marketing de Serviços: a empresa com foco no cliente. 6 ed. Porto Alegre: AMGH, 2014.

ZEITHAML, V. A.; PARASURAMAM, A.; BERRY, L. L. A Excelência em serviços. 6 ed. Porto Alegre: AMGH, 2014.




DOI: https://doi.org/10.34140/bjbv3n4-019

Apontamentos

  • Não há apontamentos.