Análise ergonômica do trabalho aplicada ao setor de limpeza de uma universidade federal do Alto Paranaíba / Ergonomic work analysis applied to the cleaning sector of a federal university of Alto Paranaíba

Gustavo Alves de Melo, Maria Gabriela Mendonça Peixoto, Samuel Borges Barbosa, Maria Cristina Angélico Mendonça

Resumo


O trabalho de limpeza se caracteriza como uma atividade dinâmica e intensiva, a qual exige grande força física dos trabalhadores. Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT) e Lesões por Esforço Repetitivo (LER) são doenças que podem acometer os trabalhadores do setor de limpeza, causadas por fatores como uso de posturas inadequadas na execução das atividades, realizações de movimentos repetitivos, falta de organização no trabalho, dentre outros. No presente estudo foi aplicada a Análise Ergonômica do Trabalho (AET) em um grupo de funcionárias terceirizadas, que realizam limpeza e serviços gerais dentro de uma universidade federal brasileira. O estudo focou na atividade de transporte de água com o balde, para a limpeza de salas de aula, banheiros e laboratórios em um edifício da universidade. Foi diagnosticado que os equipamentos utilizados não são corretos para a atividade, causando sobrecarga física nos braços e ombros das funcionárias. Como recomendações, foi sugerido o uso de equipamentos mais apropriados, como carrinhos de limpeza mais novos e mais fáceis de usar, baldes mais anatômicos para a pega das mãos, assim como sugestões de mudanças nos aspectos organizacionais do trabalho.


Palavras-chave


Ergonomia, AET, Setor de Limpeza, Universidade Federal.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSUNÇAO, A. da A.; ALMEIDA, I. M. Lesões por esforços repetitivos. In: MENDES René, (org.). Patologia do Trabalho, Rio de Janeiro: Editora Atheneu, 2002.

CARPINETTI, L. C. R. Gestão da Qualidade: Conceitos e Técnicas. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2012. 239 p.

FERREIRA, Mario S.; RIGHI, C. A. Análise ergonômica do trabalho. Porto Alegre: Ed. PUCRS, 2009.

GUÉRIN, F. et al. (orgs). Compreender o trabalho para transformá-lo: a prática da ergonomia. Tradução de Giliane M. J. Ingratta e Marcos Maffei. São Paulo: Edgard Blücher: Fundação Vanzolini, 2006.

IBGE. Algumas das principais características dos Trabalhadores Domésticos vis a vis a População Ocupada. 2010. Disponível em: . Acesso em: 05/09/2020.

LANGOSKI, Luiz Alberto. Enfoque preventivos referente aos fatores de risco das LER/DORT: o caso de cirurgias em dentistas. Florianópolis: UFSC. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção). Departamento de Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, 2001.

LIMA, Telma Cristiane Sasso de; MIOTO, Regina Célia Tamaso. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Rev. katálysis [online]. 2007, vol. 10, n.spe, pp.37-45. ISSN 1982-0259. https://doi.org/10.1590/S1414-49802007000300004.

NET SUPRIMENTOS. Site Net Suprimentos. Disponível em:< https://www.netsuprimentos.com.br/>. Acesso em: 20/07/2020

PRODANOV, Cleber Cristiano; DE FREITAS, Ernani Cesar. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico-2ª Edição. Editora Feevale, 2013.

ROCHA, C. S. Análise ergonômica do trabalho de equipes de limpeza de uma Universidade particular. Trabalho de Conclusão do Curso de Mestrado Profissionalizante em Engenharia. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS. 2003. Disponível em: http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/5613/000428609.pdf?...1. Acesso em 01/07/2020.




DOI: https://doi.org/10.34140/bjbv3n3-039

Apontamentos

  • Não há apontamentos.