Prevenção a queda da própria altura: um estudo teórico empírico / Prevention of falls on the same level: a theoretical empirical study

Melchior Gonçalves Moreira da Silva, Marcelo Guelbert, Tanatiana Ferreira Guelbert, Jorge Candido, Carlos Fernando da Silva Ramos

Resumo


A queda da própria altura é um tipo de acidente de trabalho em que a queda ocorre ao mesmo nível em que a vítima se encontra, geralmente após tropeços ou escorregões. Referente à fonte de dados, os órgãos brasileiros de referência que abordam segurança e acidentes de trabalho não oferecem números objetivos que possibilitem identificar as causas deste tipo de acidente. Tal fato contribui para que no Brasil o tema queda da própria altura não receba a devida importância, resultando na impossibilidade de comprovação dos dados de ocorrências e suas respectivas consequências sociais e econômicas. Outro fator que representa obstáculo à merecida atenção ao tema no Brasil, é o aspecto não-fatal das consequências das quedas da própria altura. A presente pesquisa está pautada na realização de um estudo de caso nos ambientes do Câmpus Campo Mourão da Universidade Tecnológica do Paraná, tendo como objetivo analisar, identificar e implementar ações prevencionistas contra quedas da própria altura. A técnica de coleta de dados foi a pesquisa observacional sistemática, cujas informações foram registradas em formulários especificamente elaborados para atender às necessidades da investigação. Com as informações levantadas e analisadas, a etapa final consistiu na elaboração de um sistema de ações de segurança e saúde do trabalho, apropriado para evitar quedas da própria altura nos ambientes determinados como escopo.


Palavras-chave


Segurança do Trabalho, Acidente, Quedas da Própria Altura.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9050: Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. Rio de Janeiro, p. 162. 2015.

AMANDUS, H.; BELL, J.; TIESMAN, H.; BIDDLE, E. the epidemiology of slips, trips, and falls in a helicopter manufacturing plant. Human Factors and Ergonomics Society. v.54, n. 3, p. 387-395, jun.2012.

BROGMUS, G.; LEONE, W.; BUTLER, L.; HERNANDEZ, E. best practices in or suite layout and equipment choices to reduce slips, trips, and falls. Aorn Journal, v. 86, n. 3, p. 384-394, sep, 2007.

CHANG, W.R.; LECLERCQ, S.; LOCKHART, T.E.; HASLAM, R. State of science: occupational slips, trips and falls on the same level, Ergonomics Journal, v. 59, n. 7, p. 861-883, 2016

EUROSTAT. European Statistics on Accidents at Work. sumary methodology 2013. Disponível em: Acessado em: 03 out.2018

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HÄMÄLÄINEN, P., TAKALA, J., & KIAT, T. B. (2017). Global estimates of occupational accidents and work-related illnesses 2017. Workplace Safety and Health Institute (pp. 1-21). Finland.

HEALTH AND SAFETY EXECUTIVE. Health and safety at work. Summary statistics for Great Britain 2018. Disponível em: Acessado em: 10 nov.2018

IRZMAŃSKA, E. Protective footwear and the risk of slipping in older workers - definitions, achievements, recommendations. AUTEX Research Journal, v. 15, n. 3, p. 181-190, set.2015.

MALHOTRA, N. Pesquisa de marketing. 3.ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO. Observatório de saúde e segurança do trabalho. Disponível em: Acessado em: 14 nov. 2018a.

___________________________________. Brasil é o quarto lugar no ranking mundial de acidentes de trabalho. Disponível em: Acessado em: 14 nov. 2018b.

NIOSH. National Institute for Occupational Safety and Health. Traumatic occupational injuries. Disponível em: Acessado em: 15 out.2018

SWAEN, G.; BURNS, C.J.; COLLINS, J.J.; BODNER, K.M.; DIZOR, J.F.; CRAUN, B. A.; BONNER, E. M. Slips, trips and falls at a chemical manufacturing company. Occupational Medicine, London (UK) v.64, n. 2, p. 120–125, jan.2017.

UTFPR. Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Dados sobre o Campus campo Mourão. Disponível em: < http://portal.utfpr.edu.br/campus/campomourao> Acessado em: 21 nov.2018a.

____________________________________________Contrato 04/2018 tecnolimp serviços ltda. Serviços especializados de limpeza e conservação. 7p., out.2018b.




DOI: https://doi.org/10.34140/bjbv3n1-009

Apontamentos

  • Não há apontamentos.