Análise ergonômica física do ambiente de trabalho de uma indústria de luminárias de emergência / Physical ergonomic analysis of the workplace of an emergency lights industry

Marcos Vinicius Wendpap, Robson Luciano de Almeida, Adriana Aparecida Dambros da Silva

Resumo


O presente trabalho apresenta os resultados obtidos na fase preparatória da implantação do programa Gerenciamento da Rotina do Trabalho do Dia a Dia em uma indústria de luminárias de emergência situada na cidade de Toledo, Paraná. O objetivo desta fase da implantação foi avaliar os riscos ergonômicos e de acidente presentes no ambiente de trabalho e realizar ações que possibilitassem a eliminação ou mitigação dos mesmos, melhor preparando o ambiente para a implantação do programa. Em seu desenvolvimento, realizou-se avaliações de riscos ergonômicos e de acidentes presentes no ambiente de trabalho, com base em exigências legais, normas regulamentadoras e princípios ergonômicos contidos no manual Pontos de Verificação Ergonômica, elaborado pela International Ergonomics Association (IEA) e traduzido pela FUNDACENTRO. Como resultado, situações com riscos ergonômicos foram minimizadas, como com a eliminação de ferramentas manuais que ofereciam riscos, a troca de assento inadequado dos colaboradores por assento ergonômico e a aquisição de um assento especial para o colaborador com sobrepeso. Da mesma forma, riscos iminentes de acidentes foram eliminados com, por exemplo, a aquisição de carrinhos para transporte, adequação dos moldes de injeção para eliminação da atividade de furação e aquisição de uma plataforma multiuso para a realização das atividades em altura. Além disso, promoveu-se diversos outros benefícios que produziram aumentos consideráveis de produtividade e que tornaram o processo mais fluido, como no caso da eliminação da atividade de furação dos invólucros no processo de pré-montagem.


Palavras-chave


Ergonomia, Ergonomia Física, Manual Pontos de Verificação Ergonômica, Riscos Ergonômicos, Acidentes de Trabalho.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ERGONOMIA (ABERGO). O que é ergonomia. 2000. Disponível em: http://www.abergo.org.br/internas.php?pg=o_que_e_ergonomia Acesso em: 17 maio 2019.

BRASIL. Ministério Público do Trabalho (MPT). Observatório de segurança e saúde no trabalho. Brasília, 2020. Disponível em: https://smartlabbr.org/sst Acesso em: 03 maio 2020.

CORRÊA, Vanderlei Moraes; BOLETTI, Rosane Rosner. Ergonomia: fundamentos e aplicações. Porto Alegre: Bookman, 2015.

COSTA, Denise da Conceição da. Atenção à saúde nas pequenas e médias empresas de São José dos Campos: estudos de caso. 2007. 179 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia de Produção, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2007. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/3556. Acesso em: 03 maio 2020.

EUROPEAN AGENCY FOR SAFETY AND HEALTH AT WORK (EU-OSHA). Occupational safety and health in micro and small enterprises. Disponível em: https://osha.europa.eu/pt/themes/safety-and-health-micro-and-small-enterprises Acesso em: 03 maio 2020.

FERNANDES, Andressa de Souza. et al. Utilização do gráfico homem máquina para melhoria da produção: um estudo de caso em uma fábrica de pastéis. In: ENEGEP – Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 39., 2019, Santos. Anais (on-line). Santos: ABEPRO, 2019. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_STO_297_1677_38144.pdf Acesso em: 03 maio 2020.

FERREIRA, Ivanilda Agustinho. et al. Análise de risco do trabalho: um estudo de caso envolvendo um operador de torno CNC. In: ENEGEP – Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 37., 2017, Joinville. Anais (on-line). Joinville: ABEPRO, 2017. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_STO_241_399_34802.pdf Acesso em: 03 maio 2020.

FRANCISCO, Vanessa Cristina. Implantação do Gerenciamento da Rotina em uma indústria moveleira. 2018. 75 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia de Produção, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Toledo, 2018.

FUNDAÇÃO JORGE DUPRAT FIGUEIREDO DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO (FUNDACENTRO). Pontos de Verificação Ergonômicas: Soluções práticas e de fácil aplicação para melhorar a segurança, a saúde e as condições de trabalho. 2.ed. São Paulo, 2018.

GINANI, Thalis Paulino. et al. Segurança do trabalho: perfil das empresas de pequeno porte da construção civil em Angicos/RN. In: ENEGEP – Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 37., 2017, Joinville. Anais (on-line). Joinville: ABEPRO, 2017. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_STP_241_398_33218.pdf Acesso em: 03 maio 2020.

INTERNATIONAL ERGONOMICS ASSOCIATION. Definition and Domains of Ergonomics: Definition. 2000. Disponível em: https://www.iea.cc/whats/index.html. Acesso em: 17 maio 2019.

MACIEL, Laura Lehn. et al. Fabricação e montagem de móveis: uma análise ergonômica da organização do trabalho. In: SEPROSUL – Semana de Engenharia de Produção Sul-Americana, 10., 2010, Santiago, Chile. Anais (on-line). Curitiba: UFPR, 2010. Disponível em: http://www.producao.ufrgs.br/arquivos/disciplinas/385_seprosul_x.pdf Acesso em: 03 maio 2020.

MÁSCULO, Francisco Soares; VIDAL, Mario Cesar. Ergonomia: trabalho adequado e eficiente. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34140/bjbv3n1-008

Apontamentos

  • Não há apontamentos.