Exposição ocupacional a vibrações em mãos e braços / Occupational exposure to vibrations in hands and arms

Joubert Rodrigues dos Santos Junior, Alberto Luiz Francato, Carlos Alberto Mariottoni, Paulo Cezar Monteiro Lamim Filho, Josemar de Souza Moreira, Fabiano Bianchini Batista, Letícia Resende Rodrigues

Resumo


 A exposição ocupacional a vibrações está presente nas mais variadas formas de trabalho, sendo que um dos diversos riscos à saúde dos trabalhadores nas atividades realizadas em indústrias é a vibração em mãos e braços. Em conformidade com a norma ISO 5349-1, este trabalho tem por objetivo avaliar as frequências e os níveis vibracionais transmitidos aos membros superiores por uma lixadeira manual. A partir da análise dos resultados experimentais, obtidos por meio de um acelerômetro triaxial, pôde-se observar a importância da adoção de medidas preventivas que garantam a saúde e a integridade laboral dos profissionais submetidos a tais condições. Os resultados também mostram como o uso de uma luva de proteção anti-vibração reduz consideravelmente os níveis de exposição, proporcionando condições de trabalho mais seguras.


Palavras-chave


Frequência, vibração, higiene ocupacional, luva anti-vibração

Texto completo:

PDF

Referências


Camissa, Mara Queiroga. Segurança e Saúde no Trabalho: NRs 1 a 37. 6ed. São Paulo: Método, 2019

Cunha, Irlon de Ângelo. Exposição ocupacional à vibração em mãos e braços em marmorarias no município de São Paulo: proposição de procedimento alternativo de medição. 2006. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

Cunha, João Paulo Arantes Rodrigues; DUARTE, Marcus Antônio Viana; RODRIGUES, Jomara Cynthia. Avaliação dos níveis de vibração e ruído emitidos por um trator agrícola em preparo de solo. Pesquisa Agropecuária Tropical (AgriculturalResearch in theTropics), v. 39, n. 4, p. 348-355, 2009.

Gerges, S. N. Y. Ruído: Fundamentos e controle. 2. ed. Florianópolis: Nr Editora, 2000.

Giampaoli, Eduardo; Cunha, Irlon de Ângelo da. NHO 10–Procedimento Técnico-Avaliação da exposição ocupacional a vibrações em mãos e braços. São Paulo: Fundacentro, 2012.

Guimarães, Nelson. Equipamentos de construção e conservação. Curitiba: UFPR, 2010.

ISO. Mechanical Vibration and Shock: Evaluation of Human Exposure to Wholebody Vibration. Part 1, General Requirements: International Standard ISSO 2631-1: 1997 (E). ISO, 1997.

ISO, ISO. 5349-1: Mechanical vibration-measurement and evaluation of human exposure to hand-transmitted vibration-part 1: general requirements. Geneva, Switzerland: International Organization for Standardization, 2001.

Rao, S. Vibrações Mecânicas. 4a.ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2008.

Saliba, T. M. Manual Prático de Avaliação e Controle de Vibração. São Paulo: LTR, 2014.

Santos Junior, Joubert Rodrigues dos; Benatti, André Luís. Gestão e indicadores em segurança do trabalho. São Paulo: Editora Érica, 2018.

Santos Junior. Joubert Rodrigues. NR-12- Segurança em Máquinas e equipamentos – Conceitos e Aplicações. 2ed. São Paulo: érica, 2019

Santos Junior. Joubert Rodrigues. NR-10- Segurança em eletricidade – Uma visão prática. 2ed. São Paulo: érica, 2018

Santos, Viviane Castro dos. Vibração ocupacional em trator 4x2 tda em função da pressão interna dos pneus e da superfície de rolamento. 2016. Dissertação de Mestrado.

Vendrame, A. C. Vibração ocupacional. 2006.




DOI: https://doi.org/10.34140/bjbv2n4-024

Apontamentos

  • Não há apontamentos.