Proposta de utilização da metodologia P+L no gerenciamento de resíduos de indústria de estruturas metálicas / Proposal for using the P + L methodology in the management of waste from the metal structures industry

Bruna Mitraud Bicalho Rodrigues, Laysa Lopes Campos, Rangel Barboza de Abreu

Resumo


As indústrias geram resíduos em seus processos produtivos devendo buscar alternativas eficazes para adequar-se à legislação ambiental, buscando uma produção mais sustentável. A empresa X, estudada no presente trabalho, tem como escopo a fabricação e montagem de estruturas metálicas, sendo que necessita de uma proposta de utilização da metodologia de P+L para sua regularização ambiental. O objetivo da presente pesquisa concentra-se em desenvolver um programa de P+L e um estudo de sua viabilidade técnico-financeira visando à redução dos impactos ambientais advindos da produção de estruturas metálicas na empresa X. A metodologia do P+L, além de benefícios econômicos, também proporciona benefícios técnicos, os quais podem permitir à empresa melhorar a destinação dos resíduos, se adequando às legislações vigentes. A metodologia nem sempre traz benefícios financeiros, porém resguarda a empresa das multas por destinação incorreta. Após o estudo, observou-se que a P+L é uma grande aliada para as empresas e através dela os seus processos são facilmente identificados, bem como suas entradas e saídas. Com o P+L se mostrou possível reduzir custos, desperdícios e identificar as perdas no processo, trazendo ganhos nas esferas social, ambiental, técnica e financeira, tanto para a empresa, como para a sociedade.


Palavras-chave


Produção mais Limpa, Impactos Ambientais, Resíduos Sólidos, Estruturas Metálicas.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS: NBR 10.004: Resíduos sólidos: Classificação. Rio de Janeiro, 2004

ASSUMPÇÃO, Luiz Fernando Joly. Sistema de gestão ambiental: manual prático para implementação de SGA e certificação ISSO 14001/2004. 3 ed. Curitiba: Juruá. 2011. 324p.

CNTL. Centro Nacional de Tecnologias Limpas: Implementação de programas de produção mais limpa. Porto Alegre, 2003. SENAI. Disponível em: . Acesso em: 28 de out. de 2012.

CONAMA, Conselho Nacional do Meio Ambiente. Resolução 001, de 23 de janeiro de 1986. Disponível em: . Acesso em: 14 de nov. de 2012.

FEAM, Fundação Estadual de Minas Gerais. Índice de Produção Mais Limpa para a Indústria de Transformação do Estado de Minas Gerais: Caderno Técnico. Belo Horizonte, 2008. 99 p.




DOI: https://doi.org/10.34140/bjbv2n3-032

Apontamentos

  • Não há apontamentos.