Marketing de relacionamento para a fidelização: um estudo com pais de alunos da educação infantil de uma escola em Colatina-ES / Relationship marketing for faithfulness: a study with parents of early child education students at a school in Colatina-ES

Celi Gomes Marvila Girondoli, Inayara Valéria Defreitas Pedroso Gonzalez, Anderson Soncini Pelissari

Resumo


O objetivo deste estudo foi descrever como o marketing de relacionamento pode ser útil para a fidelização de pais de alunos da educação infantil, de uma escola municipal em Colatina – ES. O marketing de relacionamento propicia o conhecimento dos desejos e necessidades do consumidor, por isso contribui para o entendimento acerca de como fidelizá-lo. Foi realizada investigação da literatura sobre a temática marketing de relacionamento, o que envolveu o estudo deste processo, de suas ações estratégicas com vistas à fidelização, e sua relação com o contexto ligado à educação infantil e a gestão escolar. Com base no arcabouço teórico foi feita a coleta de dados na Escola Municipal de Colatina (EMC), com a diretora e com os pais dos alunos da educação infantil, por meio de uma entrevista do tipo semi-estruturada. A partir das informações coletadas foi possível a realização da análise qualitativa dos dados e a descrição do objetivo proposto. Obteve-se que, apesar dos pais recomendarem a EMC para outros pais, e mostrarem-se, de forma geral, satisfeitos com os serviços prestados pela escola, constatou-se que para fideliza-los, a gestão necessita aprimorar, de forma constante, a comunicação junto deles. Além disso, os profissionais da escola podem vir a conhecer os benefícios das tecnologias de informação e comunicação, explorar a estratégia de marketing individualizado e, por consequência, obter o feedback necessário para alavancar o relacionamento com os pais ao longo do tempo.


Palavras-chave


Marketing de Relacionamento, Fidelização de clientes, Instituição de Ensino, Educação Infantil, Relacionamento pais-escola.

Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Celso. Projetos e Práticas pedagógicas na Educação Infantil. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

BARBOSA, C. A.; LOPES, A. S. Marketing digital: marketing para o novo milênio. Araguaína: Revista Científica do ITPAC, v. 7, n. 2, 2014.

BARNES, J. G. Segredos da gestão pelo relacionamento com os clientes. RJ: Qualitymark, 2002.

BHAT, S. A.; DARZI, M. A. Customer relationship management: An approach to competitive advantage in the banking sector by exploring the mediational role of loyalty. International Journal of Bank Marketing, v. 34, n. 3, p. 388-410, 2016.

BRASIL. LDB: Lei de Diretrizes e bases da Educação Nacional. 9394 de 20/12/1996.

BLUME, M; ZAMBERLAN, L. O marketing de relacionamento em serviços: um estudo em uma instituição educacional. RS: UNIJUÍ, 2005.

COBRA, M; BRAGA, R. Marketing educacional: ferramentas de gestão para instituições de ensino. ES: Hopper Editora, 2004.

CROCCO, L. et. al. Marketing: perspectivas e tendências. São Paulo: Saraiva, 2006.

FREITAS, S.N. Merchandising na prática. SP: STS, 2001.

GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GODOY, A. S. Introdução à Pesquisa Qualitativa e suas possibilidades. Revista de Administração de Empresas. São Paulo v. 35, n. 2, p. 57 - 63; n.3, p. 20 - 29; n.4, p. 65 - 71 mar/ag. 1995.

GONÇALVES, C. Marketing de relacionamento: uma estratégia para adaptação em mercados competitivos. RJ: Ascel Books do Brasil, 2002.

GORDON, I. Marketing de relacionamento. SP: Futura, 1999.

HAGUETTE, Teresa Maria Frota. Metodologias qualitativas na Sociologia. 5 edição. Petrópolis: Vozes, 1997.

KOTLER, P; ARSMTRONG, G. Marketing de relacionamento. SP: Futura, 1998.

LAKATOS, E.M; MARCONI, M.A. Fundamentos da metodologia científica. SP: Atlas, 1993.

LAS CASAS, A.L. Marketing de serviços. SP: Atlas, 2006.

MCKENNA, R. Marketing de relacionamento: estratégias bem-sucedidas para a era do cliente. RJ: Campus, 1993.

MENCK, A.C.M; MORIGUCHI, S.N. Marketing. ES: Núcleo de Educação Aberta e a Distância, 2008.

MINAYO, M.C.S. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Rio de Janeiro: Vozes, 2000.

MILES, M. B.; HUBERMAN, A. Michael. Qualitative data analysis: a sourcebook of new methods. Beverly Hills, CA: Sage, 1984.

OCHI, M.S.J.G. Marketing de relacionamento. Pós-graduação: Ini-Facel, 2004.

OLIVER, R.L. Da lealdade do consumidor. Journal de Marketing. V. 63, p. 33-44, Boston, 1999.

STONE, M; WOODCOCK, N. Marketing de relacionamento. SP: Littera Mundi, 1998.

TIDD, J.; BESSANT, J. R.; PAVITT, K. Gestão da Inovação, 3ª. ed., Porto Alegre: Bookman, 2008.

TIGRE, P. B. Gestão da Inovação: a economia da tecnologia no Brasil. Rio de Janeiro: Elsevier: Campus, 2006. TRIVIÑOS, Augusto N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. SP: Atlas, 1987.

YIN, R.K. Estudo de caso: uma estratégia de pesquisa. SP: Saraiva, 2009.




DOI: https://doi.org/10.34140/bjbv2n3-019

Apontamentos

  • Não há apontamentos.