Participação de calouros do curso de engenharia mecânica no meio acadêmico através de atividades práticas desenvolvidas em laboratório / Participation of freshmen at mechanical engineering course between academic through practice activities developed at laboratory

César Tadeu Nasser Medeiros Branco, Igor dos Santos Gomes, Antônio Sérgio da Costa Negrão Júnior, Amanda Cristina Ferreira Carvalho, Leilane Maria Ribeiro Nogueira, Roberto Tetsuo Fujiyama

Resumo


A falta de experiência e o processo de adaptação à um meio novo e de constante fluxo de informações, leva muitas vezes ao tardio desenvolvimento dos alunos de graduação. O projeto de monitoria do GPMAC da UFPA buscou inserir calouros do curso de engenharia mecânica no âmbito acadêmico integrando-os por meio de atividades de pesquisa relacionadas ao laboratório, contribuindo com valores éticos e com experiências de trabalho em equipe vivenciadas pelos participantes. Este projeto foi realizado pelos integrantes do grupo e com a supervisão do coordenador, onde foram ministradas aulas em forma de mini curso. Foram divididas vária frentes de trabalho, que abordaram como tema central a utilização de fibras naturais regionais e rejeitos da indústria madeireira em materiais alternativos para aplicações estruturais. A utilização de insumos sustentáveis e regionais em compósitos gera responsabilidade ambiental e social, e tudo isso contribui para uma formação mais sólida e humanística. O projeto culminou na publicação de 14 trabalhos em um congresso no ano de 2016 e os envolvidos puderam obter conhecimento sobre buscas de referências na literatura, procedimentos experimentais e elaboração de trabalhos científicos. Algumas dificuldades quanto a inter-relação dos participantes foram enfrentadas como aprendizagem, pois certamente contribuíram para a formação profissional e para o aprendizado com trabalhos em equipe. O desenvolvimento de atividades como esta, mostra-se como um viés ao amadurecimento rápido dos iniciantes do curso, o que permite uma maior exploração do potencial dos graduandos, agregando mais conhecimento e os preparando melhor para o mercado de trabalho.

Palavras-chave


Integração no ensino superior, Ensino de graduação, Materiais compósitos.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. MEC. Resolução CNE/CES nº 11, de 11 de março de 2002. Institui diretrizes curriculares nacionais do curso de graduação em engenharia. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES112002.pdf> Acesso em: 05 jun. 2016.

BRONDANI et al. Ingresso no ensino superior: como os universitários vivenciam adaptação acadêmica. Artigo. Disponível em:. Acesso em: 05 de jun. 2016.

CECHET, A. G. S. UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ – UFPR. O ingresso na universidade pública: análise dos sentidos atribuídos por um grupo de estudantes atendidos pela assistência estudantil, 2013. 86p. Dissertação (Mestrado).

FACULDADE DE ENGENHARIA MECÂNICA – FEM/UFPA. Projeto Pedagógico do Curso de Engenharia Mecânica. Belém, 2010. Disponível em < https://sigaa.ufpa.br/sigaa/verProducao?idProducao=61677&key=1437c3674d6b06928fe1db0 3b21e7530>. Acesso em: 05 jun. 2016.

MARTINCOWSKI, T. M. A inserção do aluno iniciante de graduação no universo autoral: a leitura interpretativa e a formação de arquivos. Cadernos da Pedagogia. São Carlos, Ano 6 v. 6 n. 12, p. 129-140, jan-jun 2013 ISSN: 1982-4440.

SANTOS et al. A inserção dos estudantes de engenharia na universidade e as dificuldades de adaptação. Anais: XL - Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia. Belém: UFPA, 2012.




DOI: https://doi.org/10.34140/bjbv2n2-058

Apontamentos

  • Não há apontamentos.