Sustentabilidade de feiras livres: um estudo exploratório no Município de Cacoal - RO / Sustainability of free fairs: an exploratory study in the city of Cacoal - RO

Andréia Duarte Aleixo, Ozana Rodrigues Boritza, Nilza Duarte Aleixo de Oliveira, Suzenir Aguiar da Silva, Maria Bernadete Junkes, Alessandra Silva Damacena

Resumo


A agricultura familiar brasileira como produtora de uma diversidade de alimentos faz do Brasil um grande exportador, além de responsável por garantir boa parte da segurança alimentar do país; enquanto a feira livre é a principal responsável pela integração produtor e consumidor. Quando entendido como um negócio, esse canal de comercialização se torna um forte instrumento de políticas públicas. Nesse contexto, o presente trabalho teve por objetivo analisar as políticas públicas que contribuem com a sustentabilidade dos empreendimentos das feiras livres no município Cacoal/RO. Tratou-se de uma pesquisa de caráter exploratório e descritivo. Utilizou-se simultaneamente pesquisa de campo com a abordagem qualitativa e com as técnicas de pesquisa de entrevista. O público alvo da pesquisa foram os agricultores familiares que trabalham no feirão municipal e que se enquadram dentro dos critérios da agricultura familiar. A coleta de dados ocorreu nosmeses de agostoà setembrode 2019. Os resultados apontaram que, com relação aos feirantes, não foi identificada nenhuma proposta específica para qualificação das feiras livres e capacitação dos agricultores. As políticas públicas, que contribuem com a sustentabilidade da agricultura familiar e das feiras livres não devem se restringir simplesmente à produção, à comercialização, mas, acima de tudo, desenvolver mecanismos que envolvam a recuperação e conservação dos solos, da água, da vegetação nativa, das famílias do campo, da geração de trabalho e renda, da saúde das pessoas que produzem e de quem consome, além da cultura local, do abastecimento alimentar e do valor econômico que traz ao município.


Palavras-chave


Agricultura Familiar, Feira Livre, Políticas Públicas, Sustentabilidade

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, V. M. Q. F. (2011). Agricultura familiar: desafios para a sustentabilidade

socioeconômica e ambiental. Dissertação (Mestrado em Direito) Pontifícia Universidade Católica de Goiás / PUC Goiás. Goiânia.

CAVALCANTI, Mônica Maria de Arruda. Avaliação de políticas públicas e programas governamentais – uma abordagem conceitual. 2006. Instituto Social Íris. Disponível em: . Acesso em: 09 de maio de 2019.

CERVO, Amado Luiz.; BERVIAN, Pedro Alcino.; SILVA, Roberto da. Metodologia

Científica. 6. Ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

COÊLHO, J.D.; PINHEIRO, J.C.V. Grau de organização entre os feirantes e problemas por eles enfrentados nas feiras livres de Cascavel e de Ocara, no Ceará. In: Congresso de Economia e Sociologia Rural – SOBER, 47, 2009, Porto Alegre: Anais ... Porto Alegre: SOBER, 2009.

COLLA, C.; STADUTO, J.A.R.S.; JÚNIOR, W. F. da R.; RINALDI, R.N. A Escolha da Feira Livre como canal de distribuição para produtos da Agricultura Familiar de Cascavel – PR. In: CONGRESSO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL – SOBER, 45, 2007, Londrina: Anais.Londrina: SOBER, 2007.

DAL SOGLIO, Fábio; KUBO, Rumi Regina. Desenvolvimento, agricultura e sustentabilidade. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2016. 206 p. (Série Ensino, Aprendizagem e Tecnologias).

DUARTE, G. R.; DA SILVA S. S.; e MACHADO, J. DE C. Triple BottomLine: aplicação na análise da sustentabilidade das políticas públicas para o agronegócio. XVII ENGEMA Encontro Internacional sobre Gestão Empresarial e Meio Ambiente - Desafios da Sustentabilidade na Economia de Baixo Carbono - 2015. Disponível em: . Acesso em: 23 de abril de 2019.

FAO. Iniciativa regional da FAO aponta agricultura familiar como promotora do desenvolvimento rural sustentável e a agenda 2030. Publicação2017.Disponível em: . Acesso em: abril de 2019.

FERREIRA W. C; SILVA N. L. S; COLTRE, S. M. ARAÚJO, T. V. Eficácia das Políticas Públicas voltadas ao desenvolvimento rural sustentável no estado do Paraná. Informe Gepec, Toledo, v. 20, n. 2, p.38-56, jul./ dez. 2016.

FROEHLICH, Cristiane. Sustentabilidade: dimensões e métodos de mensuração de resultados. DESENVOLVE: Revista de Gestão do Unilasalle (ISSN 2316-5537) Canoas, v. 3, n. 2, set. 2014. Disponível em: . Acesso em: 20 de maio de 2019.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social– 6. ed. - São Paulo: Atlas, 2008.

GODOY, Wilson Itamar; ANJOS, Flávio Sacco dos. A Importância Das Feiras Livres Ecológicas: Um Espaço de Trocas e Saberes da Economia Local. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 2, n. 1, may 2007. ISSN 2236-7934. Disponível em: . Acesso em: 22 de maio de 2019.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Agropecuário de 2006. Disponível em: . Acesso em: 20 de maio de 2019.

KAUARK, Fabiana.; MANHÃES, Fernanda Castro.; MEDEIROS, Carlos Henrique. Metodologia da pesquisa: guia prático – Itabuna: Via Litterarum, 2010.

LIRA, Bruno Carneiro. O passo a passo do trabalho científico. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

MAPASAN. Mapeamento de Segurança Alimentar e Nutricional 2015. Câmara Interministerial de Segurança Alimenta e Nutricional. Disponível em: . Acesso em: 17 de maio de 2019.

MILHOMEM, Ceila Mendonça.; KAMIMURA, Quésia Postigo. A Administração Pública Municipal voltada para o Desenvolvimento Sustentável. XV Encontro Latino Americano de Iniciação Científica e XI Encontro Latino Americano de Pós-Graduação. Universidade do Vale do Paraíba, 2011. Disponível em: . Acesso em: 23 de abril de 2019.

MINAYO, Maria Cecília de Souza; DESLANDES, Suely Ferreira; GOMES, Romeu.

Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. 30º. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2011.

MINISTERIO DO DESENVOLVIMENTO AGRARIO. O impacto da agricultura familiar na economia brasileira. Disponível em: http://www.mda.gov.br/sitemda/o-impacto-da-agricultura-familiar-na-economia-brasileira>. Acesso em: 05 de maio de 2019.

MOURA, A. M. M. de, & BEZERRA, M. do C. (2016). Governança e sustentabilidade das políticas públicas no brasil. In Governança Ambiental no Brasil: Instituições, atores e políticas públicas2 (1st ed., pp. 91–110). Brasília: IPEA.

NASCIMENTO, Elimar Pinheiro do. Trajetória da sustentabilidade: do ambiental ao social, do social ao econômico. Estudos Avançados, São Paulo, v. 26, n. 74, p. 51-64, jan. 2012. ISSN 1806-9592. Disponível em: . Acesso em: 02 de maio 2019.

PAVAN, Daiane.; SANTOS JUNIOR, Silvio. Fomento público para o fortalecimento da agricultura familiar: o caso das feiras livres de produtos coloniais e agroecológicos de chapecó (sc). Territórios, Redes e Desenvolvimento Regional: Perspectivas e Desafios Santa Cruz do Sul, RS, Brasil, 13 a 15 de setembro de 2017.

PEREIRA, Romilson Rodrigues. Desenvolvimento sustentável: paradigmas, conceitos, dimensões e estratégias. Revista do Tribunal de Contas da União: Brasília. Brasília, v. 44, n. 125, p. 102-115, set. /dez. 2012.

PIERRE, M. C.P.; VALENTE, A.L.E.F. A feira livre como canal de comercialização de produtos da agricultura familiar. In: XLVIII Congresso da SOBER, 2010, Campo Grande, MS; Disponível em:.Acesso em: 02 de abril de 2019.

PICOLOTTO. E. L. As mãos que alimentam a nação: agricultura familiar, sindicalismo e política. 2011. 289 f. Tese (Programa de Pós-graduação de Ciências Sociais em Desenvolvimento, Agricultura e Sociedade) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2011.

PORTO, W.S.; MEDEIROS, A.F.Q.; SOUZA, J.A.S.A.; OLIVEIRA, D.L. Controle e apuração de resultado na agricultura familiar sob a ótica da sustentabilidade de produtores ruraisXVIII Congresso Brasileiro de Custos – Rio de Janeiro - RJ, Brasil, 07 a 09 de novembro de 2011.

PREFEITURA DE CACOAL. Disponível em:http://transparencia.cacoal.ro.gov.br/portaltransparencia/orcamento>. Acesso em: 03 de novembro de 2019.

SALES, A. P.; REZENDE, L.T.; SETTE, R. de S. Negócio Feira Livre: um estudo em município de Minas Gerais. III Encontro de Gestão de pessoas e relação de trabalho. João Pessoa, novembro de 2011.

SANTOS, José Erivaldo Oliveira dos. Políticas Públicas na Atualidade e seus Desafios. XI Seminário Nacional Demandas Sociais e Políticas Públicas na Sociedade Contemporânea. Resumo. EDUNISC, Santa Cruz do Sul/RS, 2015, p. 1- 15.

SECCHI, Leonardo. Políticas públicas: conceitos, esquemas de análise, casos práticos. São Paulo: Cengage Learning, 2012.

SILVA, Andrea da.; HAETINGER, Claus. Os empreendimentos de feiras livres do município de Santa Maria/RS – Caracterização e Sustentabilidade. Revista Estudo & Debate, Lajeado, v. 24, n. 3, 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 de maio de 2019.

SILVESTRE, L.H.A.; CALIXTO, J.S.; RIBEIRO, E.M. Mercados locais e políticas públicas para a agricultura familiar: um estudo de caso no município de Minas Novas-MG. XLIII CONGRESSO DA SOBER“Instituições, Eficiência, Gestão e Contratos no Sistema Agroindustrial” Ribeirão Preto, 24 a 27 de julho de 2005, Sociedade Brasileira de Economia e Sociologia Rural.

SIT –Sistema de Informações Territoriais. Disponível em: . Acesso em: 20 de maio de 2019.

STOFFEL, J. A., & COLOGNESE, S. A. (2015). O desenvolvimento sustentável sob a ótica da sustentabilidade multidimensional. Revista da FAE, 18(2), 18-37.

TAVARES, Everkley Magno Freire. Avaliação De Políticas Públicas De Desenvolvimento Sustentável: Dilemas Teóricos E Pragmáticos. HOLOS, [S.l.], v. 1, p. 120-129, dez. 2007. ISSN 1807-1600. Disponível em:. Acesso em: 12 de maio 2019.

TEIXEIRA, Elenaldo Celso. O Papel das políticas públicas no desenvolvimento local e na transformação da realidade. 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 de abril de 2019.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos / trad. Daniel Grassi. 2.ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34140/bjbv2n2-056

Apontamentos

  • Não há apontamentos.