A utilização da acupuntura na reabilitação em cão acometido por cinomose canina – Relato de caso / The use of acupuncture on rehabilitation in dog with canine distemper – Case report

Michelle Suassuna Azevedo Rego, Vanessa Carla Lima da Silva, Melânia Loureiro Marinho, Lais Albuquerque van der Linden, Rhaysa Allayde Silva Oliveira, Helvio Rodrigues de Lima, Evilda Rodrigues de Lima

Resumo


A cinomose é uma doença causada por um vírus do gênero morbilivírus e da família Paramixoviridae, comum em cães em todo o mundo, com elevado grau de morbidade e mortalidade. Foi encaminhado para o ambulatório de acupuntura do Hospital Veterinário da UFRPE uma cadela SDR, sete meses, com paraplegia, escara profunda na região da crista ilíaca direita, mioclonia, convulsões e não respondia ao tratamento alopático. No exame clínico apresentou na palpação do pulso frequência intermitente, mais forte no lado direito e rápido. Foi submetido a sessões de acupuntura uma vez por semana durante 40 minutos, utilizando os pontos: Pontos extra: Yin Tang e Si Shen Cong; VB20, VG 16; IG 11; B23, B52; E36, R3. A partir da quarta sessão o animal conseguiu se apoiar de membros locomores, porém sem força para se locomover. A partir da sexta sessão o animal já se locomovia e foi retirado o anticonvulsionante. Atualmente o animal continua em tratamento para redução da mioclonia, que só se apresenta quando o animal está em vigília. Utiliza-se com sucesso a acupuntura na clínica veterinária para o tratamento de doenças até então ditas como incuráveis, como a cinomose, aumentando as chances de sobrevivência pós exposicional, proporcionando melhor qualidade de vida e bem estar aos animais convalescentes. Dessa forma, a Medicina Tradicional Chinesa chega à Veterinária como mais uma opção para os proprietários de animais de estimação, principalmente no tratamento de enfermidades crônicas, visando à solução de problemas que muitas vezes não são solucionados pela medicina ocidental.

 


Palavras-chave


A cinomose é uma doença causada por um vírus do gênero morbilivírus e da família Paramixoviridae, comum em cães em todo o mundo, com elevado grau de morbidade e mortalidade. Foi encaminhado para o ambulatório de acupuntura do Hospital Veterinário da UFRPE

Texto completo:

PDF

Referências


Appel, M. J. Virus Infections of Vertebrates. Vol. 1. Virus Infections of Carnivores. Elsevier Science Publishers, Amsterdam, 1987.

CATROXO, M. H. B. Cinomose canina. Arquivo do Instituto Biológico de São Paulo, v. 65, n. 1/2, p. 1-2, 2003.

Elia, G., Decaro, N., Martella, V., Cirone, F., Lucente, M. S., Lorusso, E., ... & Buonavoglia, C. Detection of canine distemper virus in dogs by real-time RT-PCR. Journal of virological methods, 136(1-2), 171-176, 2006.

Fauquet, C. M., Mayo, M. A., Maniloff, J., Desselberger, U., & Ball, L. A. (Eds.). Virus taxonomy: VIIIth report of the International Committee on Taxonomy of Viruses. Academic Press, 2005.

Foganholli, J. N., & Filadelpho, A. L. Tratamento de distúrbios neuromusculares em cães com o uso da acupuntura. Revista científica eletrônica de medicina veterinária, Garça, 9. 2007.

Kapil, S., & Yeary, T. J. Canine distemper spillover in domestic dogs from urban wildlife. Veterinary Clinics: Small Animal Practice, 41(6), 1069-1086. 2011.

Koutinas, A. F., Polizopoulou, Z. S., Baumgaertner, W., Lekkas, S., & Kontos, V. Relation of clinical signs to pathological changes in 19 cases of canine distemper encephalomyelitis. Journal of comparative pathology, 126(1), 47-56. 2002.

Martella, V., Elia, G., & Buonavoglia, C. Canine distemper virus. Veterinary Clinics of North America: Small Animal Practice, 38(4), 787-797. 2008.

Mendonça, R. B., Pagani, F. F., & Moreira de Souza, A. Respostas hematológicas em cães naturalmente infectados pelo vírus da cinomose: estudo retrospectivo de casos. Rev. Bras. Ciên. Vet, 7, 114. 2000.

Santos, B. P. C. R. D. Efeito da acupuntura no tratamento de animais com sequelas neurológicas decorrentes de cinomose. 2013.

Schoen, A. M. Acupuntura veterinária-Da arte antiga a medicina moderna. Editora Roca. 2006.

Schwartz, C. Quatro patas cinco direções. Um guia de Medicina Chinesa para cães e gatos. Ícone Editora Ltda, São Paulo, SP. 2008.

Shin, Y. J., Cho, K. O., Cho, H. S., Kang, S. K., Kim, H. J., Kim, Y. H., ... & Park, N. Y. Comparison of one‐step RT‐PCR and a nested PCR for the detection of canine distemper virus in clinical samples. Australian veterinary journal, 82(1‐2), 83-86. 2004. doi: 10.1111/j.17510813.2004.tb14651.x.

Silva, V. C. L., Fukahori, F. L. P., de Azevedo Rêgo, M. S., Crespo, S. E. I., Júnior, J. W. P., Teixeira, M. N., & de Lima, E. R. Detecção molecular, análise epidemiológica e de fatores de risco associados à infecção pelo vírus da cinomose canina em Recife, Pernambuco. Medicina Veterinária (UFRPE), 12(1), 1-9. 2018.

Taylor, S.M. Encefalite, Mielite e Meningite. In: Pellegrino, F. C.; Suraniti, A.; Garibaldi, L. Síndromes Neurológicas em Cães e Gatos. São Caetano do Sul, SP: Interbook, 376p. 2003.

Ueda, F. S., Penha, G. A., Suzuki, E. Y., & Filadelpho, A. L. Acupuntura e cinomose: revisão de literatura. Rev. Cient. Elet. Med. Vet, 10, 1-7. 2008.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv4n3-083

Apontamentos

  • Não há apontamentos.