O meio ambiente e o estudo de uma equação para análises dos coeficientes de atrito da fórmula universal de Darcy Weissbach II / Analysis of a new equation for the analysis of the universal formula's friction coefficients for the analysis of environmental flows II

Carlos Pereira de Novaes

Resumo


Este trabalho é a continuação que fazemos do artigo “Escoamentos naturais: analise de uma nova equação para a verificação dos coeficientes de atrito da fórmula universal” publicado pelo Brazilian Journal of Animal and Environmental Research, Curitiba, v. 4, n. 2, 1883-1894, abr/jun. 2021 e a aplicação da sua teoria a complementação de um estudo mais geral para todos os tipos de escoamentos desde o escoamento laminar ao plenamente turbulento sobre as determinações dos coeficientes de atrito fórmula universal, agora usando o modelo de equação utilizado por  Swamee (Rodrigo, 1998) modificado, para a análise de uma equação geral de determinações dos coeficientes de atrito em tubos circulares lisos ou rugosos.   


Palavras-chave


Mecânica dos fluidos, perda de carga em tubos, equação de Darcy.

Texto completo:

PDF

Referências


BRUNETTI, Franco. Mecânica dos fluidos.Pearson Prentice Hall. São Paulo. 2008.

COLEBROOK, C. F. Turbulent flow in pipes, with particular references to the transition region between the smooth and rough pipe laws. J. Inst. Civil Egrs. London. 1938.

MOODY, L. F. Fiction factors for pipe flows. trans. Amsc. 1944.

NIKURADSE, J. Strömungsgesetze in rauhen Rohren. VDI-Forschugsh. Vol 361. 1933. Gesetzmassigkeiten der turbulenten Strömung in glatten. Rohren. VDI. Forschugsh. Vol 356. 1932.

NOVAES, Carlos Pereira de. “Escoamentos naturais: analise de uma nova equação para a verificação dos coeficientes de atrito da fórmula universal” publicado pelo Brazilian Journal of Animal and Environmental Research, Curitiba, v. 4, n. 2, 1883-1894, abr/jun. 2021.

PORTO, Rodrigo de Melo. Hidráulica Básica. Publicação EESC-USP.Escola de Engenharia de São Carlos. São Paulo. 1998.

SUAMEE, P. K. Sluice-gate discharge equations. Journal of irrigation and drainage engeneering, ASCE, New York, 118 (1): 56:60, jan/ feb, 1992.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv4n3-059

Apontamentos

  • Não há apontamentos.