Severidade de Mancha-de-alternária em genótipos de girassol no Cerrado do Distrito Federal / Evaluation of Alternaria leaf spot severity on sunflower in the Cerrado region of the Distrito Federal

Ellen Grippi Lira, Renato Fernando Amabile, Alexei de Campos Dianese, Marcelo Fagioli, Pedro Ivo Aquino Leite Sala, Ana Paula Leite Montalvão, Ricardo Meneses Sayd, Claudio Guilherme Portela de Carvalho

Resumo


Este trabalho teve como objetivo comparar a severidade da Mancha-de-alternária de genótipos de girassol em ambientes do Cerrado do Distrito Federal. Três experimentos foram avaliados, dois na Embrapa Cerrados (Planaltina, DF) e um localizado na Embrapa Cerrados, no Centro de Inovação em Genética Vegetal – CIGV,  Fazenda Sucupira, (Riacho Fundo II, DF). Foram feitas análises ao longo do ciclo da cultura com um intervalo de 15 dias, sendo a primeira aos 35 dias após emergência. Cada planta foi analisada em três partes: terço inferior, terço médio e terço superior. Ao final de cada experimento, a área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD) foi calculada para cada genótipo. De acordo com os resultados observados, o ambiente de sequeiro na Embrapa Cerrados, que deteve a maior média da severidade da doença, entre os ambientes avaliados. Dentre os genótipos avaliados, MG 360 mostrou menor severidade da doença no sequeiro e AGUARA 06 no irrigado da Embrapa Cerrados. O genótipo G 42 no CIGV, se destacou pela menor severidade do fungo. Houve influência significativa do ambiente nos resultados de severidade da doença, que está estreitamente relacionada com os fatores climáticos como temperatura do ar e umidade relativa do ar. A compreensão dessas condições favoráveis ao desenvolvimento do fungo é essencial quando se avalia a resistência em genótipos de girassol.

 


Palavras-chave


Helianthus annuus L., Alternaria helianthi, doença foliar, resistência

Texto completo:

PDF

Referências


ADÁMOLI, J.; MACEDO, J.; AZÊVEDO, L. G.; NETTO, J. M. Caracterização da região dos Cerrados. In: GOEDERT, W.J. (Ed.). Solos do Cerrado: tecnologias e estratégias de manejo. Planaltina, DF: Embrapa Cerrados; São Paulo: Nobel, 1987. p. 33-98.

AMABILE, R. F.; VASCONCELLOS, C. M.; GOMES, A. C. Severidade da mancha-de-alternária em cultivares de girassol na região do Cerrado do Distrito Federal. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 37, p. 251-257, 2002.

AQUINO, M. L. N.; BEZERRA, J. L.; LIRA, M. A. Ocorrência do crestamento do girassol (Helianthus annuus L.) em Pernambuco. Revista de Agricultura, v. 46, n. 4, p.151-156, 1971.

CAMPBELL, C. L.; MADDEN, L. V. Introduction to plant disease epidemiology. New York. J. Wiley & Sons. 1990.

CRUZ, C.D. Programa Genes: aplicativo computacional em genética e estatística. Versão Windows – 2007. Viçosa: editora UFV, 1997. v.1. 442p.

DAVET, P.; PÉRÈS, A.; REGNAULT, Y.; TOURVIEILLE, D.; PENAUD, A. Les maladies du tournesol. Paris: CETIOM, 1991. 72p.

HELDWEIN, A. B; CONTERATO, I. F.; TRENTIN, G.; NIED, A. H. Princípio para implementar alertas agrometeorológicos e fitossanitários. In: CARLESSO, R; PETRY, M. T.; ROSA, G. M. da; HELDWEIN, A. B. Usos e benefício da coleta automática de dados meteorológicos na agricultura. 1.ed. Santa Maria: Editora UFSM, 2007. cap.5, p.115-134.

LEITE, R. M. V. B. C.; AMORIM, L. Elaboração e validação de escala diagramática para mancha de Alternaria em girassol. Summa Phytopathologica, v. 28, n. 1, p.14-19, 2002.

LEITE, R. M. V. B. C.; BRIGHENTI, A. M.; CASTRO, C. de. (Ed.). Girassol no Brasil. Londrina: Embrapa Soja, 2005. 613 p. LEITE, R. M. V. B. C. Doenças do girassol. Londrina: EMBRAPA-CNPSo, 1997. 68 p. (EMBRAPA-CNPSo. Circular Técnica, 19).

MORAES, S. A.; UNGARO, M. R. G.; MENDES, B. M. J. Alternaria helianthi agente causal de doença em girassol. Campinas: Fundação Cargill, 1983. 20 p. TANAKA, M.A. Doenças do girassol. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v. 7, n. 82, p. 84-86, 1981.

SCOTT, A.J.; KNOTT, M. Accouter analysis methods for grouping means in the analysis of variants. Biometrics, 30: p.507-512, 1974.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv4n3-058

Apontamentos

  • Não há apontamentos.