Determinação do índice de cabras desgastadas e da taxa de mortalidade de cabras no município Tanhuato Michoacán / Determination of index weaned goats and mortality rate of cattle goats in the municipality Tanhuato Michoacan

Carlos Bedolla Cedeño, Rodolfo Lucio Domínguez, Ángel Raúl Cruz Hernández, Valente Velázquez Ordoñez

Resumo


O objetivo deste estudo foi determinar a taxa de cabras desmamadas e a porcentagem de mortalidade em cabras no municipio de Tanhuato, Michoacan. O trabalho foi realizado de setembro a dezembro de 2013, durante o período de gestação das cabras. Para isso, foram utilizados registros elaborados pela equipe de pesquisa. Para o estudo, as cabras foram agrupadas de acordo com: 1) o nascimento das cabras, 2) a taxa de cabras desmamadas (o desmame foi realizado após dois meses de nascimento), 3) a percentagem de mortalidade (desde o nascimento ao desmame ) As informações foram capturadas e analisadas em banco de dados informatizado, determinando-se a taxa de cabritos desmamados, a mortalidade do nascimento ao desmame e as causas da mortalidade. Verificou-se que a maior mortalidade foi por falta de colostração com percentual de 3,16%, seguida da hipotermia com 1,58% e pós-parto com 1,26%. Conclui-se que o percentual de mortalidade obtido de 6,32%


mostrou que a mortalidade foi de 1,32% fora da normalidade. Enquanto a taxa de cabras desmamadas foi de 81,52%, sugere-se que seja feita a supervisão dos partos e do recém-nascido, de forma a garantir o consumo de colostro e a permanência em baias de parto com camas feitas de material isolante do calor de palha o que ajudaria a prevenir a hipotermia, melhorando assim a sobrevivência das cabras do rebanho.


Palavras-chave


cabras, mortalidade, cabras gado.

Texto completo:

PDF

Referências


Arbiza A., S., I. 1986. Producción de caprinos. Edit. A.G.T. México. 188 pp.

Cruz L., A. 2010. Mortalidad de cabritos. Curso bases de la cría caprina. Coatepec, Veracruz. 20 pp.

De la Rosa C., S. 2011. Manual de producción caprina. Edit. ISBN, México 15 pp.

Gómez G., A., y J. M. Pino R. 2009. Manual de producción caprino 2. Edit. Mc Graw Hill. San Luis potosí. 186 pp.

Inegi. 2002. Anuario Estadístico del Estado de Michoacán. Censo General de Población y Vivienda. Lesur, L. 2004. Manual del ganado caprino. Trillas. México. 80 pp.

Mamani P., J., C. Condemayta Z., C. Charaja L. 2009. Causas de mortalidad. REDVET. Revista electrónica de Veterinaria. 10 (8):13 pp.

Torres A., F., J., A. Aguilar C., J. Williams, A. Ortega P. 2001. Tasa de mortalidad verdadera por estrato de edad y causa de muerte en un rebaño de cabras criollas en el trópico subhúmedo de Yucatán, México. Rev. Biomed. 12:11-17.

Tron de Lucas J. 2010. Estrategia para disminuir la mortalidad perinatal. (consultado: 5 de noviembre de 2013) en línea: htt:/www.asmexcriadoresdeovinosycaprinos.org/sistema/producción/estrategiaparadisminuirlamor talidad.pdf.

Turkson P., K. 2003. Lamb and Kid Mortality in Village Flocks in the Coastal Savanna Zone of Ghana. Tropical Animal Health and Production. 35 (6): 477- 490.

Turkson P., K., y Sualisu M. 2005. Risk Factors for Lamb Mortality in Sahelian Sheep on a Breeding Station in Ghana. Tropical Animal Health and Production. 37 (1): 49-6.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv4n3-051

Apontamentos

  • Não há apontamentos.