Determinação aproximada de chuvas intensas no leste do paraná através da estatística e da álgebra pseudo real / Approximate determination of heavy rain in east paraná through statistics and pseudo real algebra

Carlos Pereira de Novaes

Resumo


Este artigo foi elaborado para se mostrar como se pode utilizar a álgebra pseudo-real em correlações usando dados de precipitações intensas de localidades da região leste do Estado do Paraná, de forma a se obter equações de chuvas intensas aproximadas para uso em engenharia de recursos hídricos e aqui vamos analisar uma equação aproximada geral de chuvas intensas para esta região com dados de chuvas intensas obtidas no livro Chuvas Intensas no Brasil correlacionando-as através do uso da estatística pseudo real com as latitudes, as longitudes e as precipitações médias anuais obtidas pela internet.


Palavras-chave


correlação; estatística pseudo-real; álgebra pseudo-real; hidrologia.

Texto completo:

PDF

Referências


CHOW, Ven Te. Applied hydrology. McGraw Hill International Editions.

Civil Engineering Series. 1988.

FREUND, John e SIMON, Gary Estatística aplicada. Bookman. Porto Alegre. 2000.

LINSLEY, Ray K, KOHLER M. A. e PAULHUS Joseph. Hydrology for engineers. Mc.Graw-Hill International

Book Company.1982.

LINSLEY, Ray, KOHLER Max A. e PAULHUS Joseph L. H. Applied

Hydrology. TATA Mc.Graw-Hill Publishing Company.1980.

MATOS, Jorge Eurico Ribeiro. Chuvas intensas na Bahia. Equações e metodologias de Regionalização. UFBA. EDUFBA. Salvador. 2006.

NOVAES, Carlos P, BARBOZA, Gildarte. Análise das precipitações em Feira

de Santana através do uso de equações algébricas. IV Workshop de mudanças climáticas e

recursos hídricos do Estado de Pernambuco. Recife. 2012.

NOVAES, Carlos P. Hidrologia para o curso de graduação em engenharia civil. Livro independente e em pdf ainda não publicado que pode ser pedido por email. Feira de Santana. Bahia. 2009.

NOVAES, Carlos P. Memórias de um Matematiqueiro-Álgebra pseudo-real. Livro independente e em pdf ainda não publicado sobre alguns processos diferenciados ainda não são conhecidos em álgebra e na matemática. Feira de Santana. Bahia. 2014.

PINTO, Nelson de Souza e outros. Hidrologia Básica.São Paulo. Ed. Edgard Blucher - MEC. São Paulo. 1976.

RAGHUNATH, H. M. Hydrology. A Halsted Press Book. John Wiley & Sons. New York. 1985.

RIGUETTO, Antonio Marozzi; Hidrologia e Recursos Hídricos. EESC. USP. Projeto Reenge. São Carlos. 1998.

VILLELA, Swami M. e MATTOS, Arthur. Hidrologia Aplicada. São Paulo. Ed. Mc. Graw Hill do Brasil. 1975.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv4n3-016

Apontamentos

  • Não há apontamentos.