Contaminação por L. Monocytogenes em queijo / Contamination by L. Monocytogenes in cheese

Nicolle Ramos de Moraes Azenha, Marcos Vinícius Mendes Silva

Resumo


A Listeria monocytogenes (L. monocytogenes) é uma bactéria de origem alimentar muito resistente, sendo capaz de sobreviver a altas concentrações de sal e até mesmo sob refrigeração. Além disso, ela é capaz de formar biofilmes e se espalhar facilmente pelo ambiente, proporcionando a contaminação cruzada e mesmo não sendo uma das principais causadoras de doenças transmitidas por alimentos, a listeriose é uma das principais causas de óbito quando nos referimos a essa categoria de doenças e por isso foi feita uma revisão de literatura. Esse trabalho teve como objetivo ressaltar a importância do diagnóstico correto e notificação da listeriose no Brasil, a fim de salientar a importância do controle rigoroso dos produtos alimentícios. Utilizou-se o Diário Oficial da União, a ferramenta de pesquisa “Google Acadêmico” com as palavras-chave “Listeriose”, “Queijo” e “Listeria”, e livros como “Modern Food Microbiology” e “The Microbiology of Safe Food”. O queijo meia-cura é produzido de forma artesanal, com leite cru, sem as boas práticas de fabricação que incluem processos higiênicos-sanitários para o preparo, armazenamento e acondicionamento, além disso ele não tem um padrão para o tempo de cura e consequentemente a AW varia muito entre eles. Cerca de 40% dos produtores de queijo brasileiros produzem queijo artesanal, considerando a importância econômica e cultural que esses queijos representam para o país, foi criado o selo “Arte” que permite a comercialização desses queijos entre os estados do país e os produtores só podem ser fiscalizados e inspecionados sob caráter orientativo. Durante a revisão foi possível identificar que vários países possuem dados de notificação de listeriose e dos índices de mortalidade, visando um controle mais detalhado sob a doença. Além disso, o queijo é de suma importância para a economia do Brasil e do Mundo, e os brasileiros apreciam muito as características organolépticas dos produtos artesanais evidenciadas no queijo meia-cura. Vale ressaltar, que este queijo é fabricado sem padronização e fiscalização adequada. Conclui-se que o queijo meia-cura oferece risco para a população que pode apresentar a forma grave e invasiva da listeriose, levando ao óbito.

 


Palavras-chave


Listeriose. Queijo. Brasil

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRETTA, M.; ALMEIDA, T. T.; FERREIRA, L. R.; CARVALHO A. F.; YAMATOGI, R. S.; NERO, L. A. Microbial safety status of Serro artisanal cheese produced in Brazil. Journal of Dairy Science, v. 102, n. 12, p. 10790–10798, 2019.

BARANCELLI, G. V.; CAMARGO, T. M.; GAGLIARDI, N. G.; PORTO, E.; SOUZA, R. A.; CAMPIONI, F.; FALCÃO, J.P.; HOFER, E.; CRUZ, A. G.; OLIVEIRA, C. A. F. Pulsed-Field Gel Electrophoresis characterization of Listeria monocytogenes isolates from cheese manufacturing plants in São Paulo, Brazil. International Journal of Food Microbiology, v. 173, p. 21–29, 2014.

BRASIL. Lei no 13.680, de 14 de junho de 2018, Altera a Lei 1.283, de 18 de dezembro de 1950, para dispor sobre o processo de fiscalização de produtos alimentícios de origem animal produzidos de forma artesanal. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 15 de junho de 2018. Disponível em: . Acesso em: 5 ago. 2020.

BRASIL. Ministério Da Saúde. Manual Integrado de Vigilância, Prevenção e Controle de Doenças Transmitidas por Alimentos: Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica. Brasília: Editora MS, 2010.

BRASIL. Ministério da Saúde. Resolução da diretoria colegiada - RDC no 218, de 29 de julho de 2005. Dispõe sobre o Regulamento Técnico de Procedimentos Higiênico Sanitários para Manipulação de Alimentos e Bebidas Preparados com Vegetais. Diário Oficial da União. Poder Executivo. Brasília, DF, 01 de ago de 2005. Disponível em: . Acesso em: 5 ago. 2020.

CAMARGO, A. C.; WOODWARD, J. J.; CALL, D. R.; NERO, L. A. Listeria monocytogenes in Food-Processing Facilities, Food Contamination, and Human Listeriosis: The Brazilian Scenario. Foodborne Pathogens and Disease, v. 14, n. 11, p. 623–636, 2017.

CAMPAGNOLLO, F. B.; GONZALES-BARRON, U.; CADAVEZ, V. A. P.; SANT’ANA, A. S.; SCHAFFNER, D. W. Quantitative risk assessment of Listeria monocytogenes in traditional Minas cheeses: The cases of artisanal semi-hard and fresh soft cheeses. Food Control, v. 92, p. 370–379, 2018a.

CAMPAGNOLLO, F. B.; MARGALHO, L. P.; KAMIMURA, B. A.; FELICIANO, M. D.; FREIRE, L.; LOPES, L. S.; ALVARENGA, V. O.; CADAVEZ, V. A. P.; GONZALES-BARRON, U.; SCHAFFNER, D. W.; SANT’ANA, A. S. Selection of indigenous lactic acid bacteria presenting anti-listerial activity, and their role in reducing the maturation period and assuring the safety of traditional Brazilian cheeses. Food Microbiology, v. 73, p. 288–297, 2018b

CORREIA, V. T. V.; ASSIS, I. C. L. Queijos artesanais : revisão de literatura. Revista eletrônica Nutri Time, Viçosa, v. 14, n. 6, p. 8001-8008, nov./dez. 2017. Disponível em: . Acesso em: 29 jul. 2020.

DE NOORDHOUT, C. M.; DEVLEESSCHAUWER, B.; ANGULO, F. J.; VERBEKE, G.; HAAGSMA, J.; KIRK, M.; HAVELAAR, A.; SPEYBROECK, N. The global burden of listeriosis: a systematic review and meta-analysis. The Lancet Infectious Diseases, v. 14, n. 11, p. 1073–1082, 2014.

FDA. U.S. Food and Drugs Administration. Bad Bug Book Handbook of Foodborne Pathogenic Microorganisms and Natural Toxins, 2012. Disponível em: . Acesso em: 27 jul. 2020.

FORSYTHE, S. J. The Microbiology of Safe Food. 3° ed. Oxford: Wiley-Blackwell, 2020.

GONZALES-BARRON, U.; CAMPAGNOLLO, F. B.; SCHAFFNER, D. W.; SANT’ANA, A. S.; CADAVEZ, V. A. P. Behavior of Listeria monocytogenes in the presence or not of intentionally-added lactic acid bacteria during ripening of artisanal Minas semi-hard cheese. Food Microbiology, v. 73, n. 103545, p. 1-11, 2020.

JAY, JAMES M.; LOESSENER, MARTIN J.; GOLDEN, D. A. Modern Food Microbiology. 7° ed. San Marcos: Springer, 2005.

KAMIMURA, B. A.; MAGNANI, M.; LUCIANO, W. A.; CAMPAGNOLLO, F. B.; PIMENTEL, T. C.; ALVARENGA, V. O.; PELEGRINO, B. O.; CRUZ, A. G.; SANT’ANA, A. S. Brazilian Artisanal Cheeses: An Overview of their Characteristics, Main Types and Regulatory Aspects. Comprehensive Reviews in Food Science and Food Safety, v. 18, n. 5, p. 1636–1657, 2019.

OXARAN, V.; LEE, S. H. I.; CHAUL, L. T.; CORASSIN, C. H.; BARANCELLI, G. V.; ALVES, V. F.; DE OLIVEIRA, C. A. F.; GRAM, L.; DE MARTINIS, E. C. P. Listeria monocytogenes incidence changes and diversity in some Brazilian dairy industries and retail products. Food Microbiology, v. 68, p. 16–23, 2017.

PEDROSA, F. R. V. Pesquisa de Salmonella spp. em queijos Minas meia-cura obtidos em feiras livres da cidade de São Paulo. 2010. 68 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

RODRIGUES, C. S.; DE SÁ, C. V. G. C.; DE MELO, C. B. An overview of Listeria monocytogenes contamination in ready to eat meat, dairy and fishery foods. Ciencia Rural, v. 47, n. 2, 2017.

SILVA, H. R.; GIANOGLOU, F. M.; CAMPOS, M. F.; GRACIANO, E. M. A.; TOLEDO, R. C. C. Listeriose: uma doença de origem alimentar pouco conhecida no Brasil. Higiene Alimentar, v. 30, n. 262–263, p. 17–20, 2016.

WANG, Y.; LU, L.; LAN, R.; SALAZAR, J. K.; LIU, J.; XU, J. Isolation and characterization of Listeria species from rodents in natural environments in China. Emerging Microbes & Infections, v. 6, n. 1, p. 1–6, 2017.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv4n2-080

Apontamentos

  • Não há apontamentos.