Doenças parasitárias em ovinos no Rio Grande do Sul / Parasitic diseases in sheep in Rio Grande do Sul

Mélanie Alice Machado Manson, Elder Joel Coelho Lopes, Elder Joel Coelho Lopes, João Feliz Duarte de Morais, João Feliz Duarte de Morais, Verônica Schmidt, Verônica Schmidt

Resumo


Entre as doenças parasitárias nos ovinos, hidatidose, cisticercose, fasciolose e sarcosporidiose são responsáveis por prejuízos econômicos decorrente da condenação de vísceras e carcaças ao abate, além da diminuição na produtividade. O objetivo do presente estudo foi determinar a prevalência destas enfermidades no Rio Grande do Sul, em ovinos abatidos em estabelecimentos com inspeção federal. Utilizou-se a Relação de Doenças ao Abate por Município, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento, referente ao período de 2005 a 2009. Embora tenha se evidenciado uma tendência à redução na prevalência de hidatiose, cisticercose e fasciolose, esta não foi significativa no período de observação e considerou-se a totalidade dos dados no período, sendo determinada a prevalência anual média de hidatidose (12,30%), faciolose (1,72%), cistecercose (1,37%) e sarcosporidiose (0,58%) no Estado. Hidatidose e outras parasitoses são classificadas mundialmente como endemia negligenciada e, embora o Estado tenha instituído uma política para controle destas enfermidades com foco na saúde humana, ainda serão necessárias décadas para que as metas sejam alcançadas, como foi o caso da Argentina.


Palavras-chave


doenças parasitárias, ovinos, abate

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa Nº 28, de 15 de maio de 2008. Institui o Programa Nacional de Educação Sanitária em Defesa Agropecuária. Disponível em: . Acesso em: 04 ago. 2015.

BRASIL, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. IN nº 87, de 10 de dezembro de 2004. Aprova o regulamento técnico Programa Nacional de Sanidade de Caprinos e Ovinos – PNSCO. Disponível em: . Acesso em: 04 ago. 2015.

DE LA RUE, M.L. Cystic echinococcosis in southern Brazil. Revista do Instituto de Medicina Tropical, São Paulo, v.50, n.1, p.53-56, 2008.

GIL, A.C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6ed. São Paulo: Atlas, 2014. 200p.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Pecuária Municipal 2017. Disponível em: . Acesso em: 10 out. 2020.

KOHEK JR., I. Hidadidose no Rio Grande do Sul. Informativo Técnico DPA, Porto Alegre, N.01, Ano 02, jan., 2011. Disponível em: . Acesso em: 28 Dez. 2018.

RIO GRANDE DO SUL, Gabinete do Governador. Decreto Nº 20.704, de 23 de novembro de 1970. Aprova o Regulamento para o Combate à Hidatidose Animal no Estado do Rio Grande do Sul. Disponível em: . Acesso em: 09 nov. 2010.

RIO GRANDE DO SUL, Assembleia Legislativa, Gabinete de Consultoria Legislativa. Lei Nº 13.192, de 30 de junho de 2009. Institui a Política Estadual de Educação Sanitária Animal no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul Disponível em: . Acesso em: 04 ago. 2015.

RIO GRANDE DO SUL, Secretaria da Saúde. Portaria Nº 203 de17 de março de 2010. Estabelece a notificação compulsória de casos de hidatidose humana, no Rio Grande do Sul. Diário Oficial do Estado, Porto Alegre, quarta-feira, 24 de março de 2010, p.39.

SANTOS, V.C.R.; RAMOS, E.T.R.; ALMEIDA FILHO, F.S.; PINTO, J.M.S.; MUNHOZ, A.D. Prevalência da cisticercose em bovinos abatidos sob inspeção federal no município de Jequié, Bahia, Brasil. Ciência Animal Brasileira, Goiás, v.9, n.1, p.132-139, 2008.

SILVA, G.O.; SAWITZKI, G.C.; VIEIRA, T.P.; BRUM, L.P.; SENNA, A.J.T. Ocorrência de hidatidose em ovinos: um estudo de caso em um frigorífico de inspeção federal localizado no município de Dom Pedrito – RS. In: SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 8, 2008, Uruguaiana. Anais eletrônicos... Disponível em: . Acesso em: 09 nov. 2010.

SILVEIRA, H.S. Coordenação na cadeia produtiva da ovinocultura: o caso do conselho regulador Herval Premium. 2005. 104p. Dissertação (Mestrado em Agronegócios) –Centro de Estudos e Pesquisa em Agronegócios, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, RS.

VIEIRA, T.P.; SILVA, G.O.; SAWITZKI, G.C.; BRUM, L.P.; SENNA, A.J.T. Ocorrência de zoonoses em carcaças de ovinos em um frigorífico localizado no município de Dom Pedrito- RS. In: SALÃO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 8, 2008, Uruguaiana. Anais eletrônicos... Disponível em: . Acesso em: 09 nov. 2010.

ZANINI, F.; GONZALO, R.; PÉREZ, H.; APARICI, I.; SOTO, X.; GUERRERO, J.; CERRONE, G.; ELISSONDO, C. Epidemiological surveillance of ovine hydatidosis in Tierra del Fuego, Patagonia Argentina, 1997–1999. Veterinary Parasitology, London, v.138, p.377–381, 2006.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv4n2-058

Apontamentos

  • Não há apontamentos.