Relato de caso - suspeita de endocardite infecciosa em gato doméstico / Case report - suspicious endocarditis in a domestic cat

Matheus Bruno Spaller Klaumann, Gustavo Dittrich, Diogo Ferreira da Motta

Resumo


A endocardite infecciosa (E.I) é uma enfermidade rara em felinos, sendo a sua frequência de 0,006% a 0,018% apresentando alta morbidade e mortalidade. Esta cardiopatia é caracterizada pela colonização de patógenos sobre o endocárdio, especialmente bactérias Gram positivas, com a bacteremia sendo seu principal fator etiológico. Os sinais clínicos são inespecíficos, o que dificulta o diagnóstico antemortem. O tratamento tem como objetivo a eliminação do agente, bem como a resolução das complicações secundárias ao quando infeccioso. Um animal da espécie felina foi encaminhado para o atendimento veterinário com histórico de apatia, anorexia, dispneia e emagrecimento progressivo. O exame físico revelou taquicardia e taquipneia, mucosas hipocoradas, hipotermia. A auscultação revelou abafamento de sons pulmonares e presença de sopro diastólico. Os exames laboratoriais demonstraram  leucocitose por neutrofilia, azotemia e anemia. A ecocardiografia revelou a presença de uma estrutura hiperecóica homogênia aderida sobre os folhetos da valva aórtica com consequente insuficiência valvar, insuficiência valvar mitral, hipertrofia excêntrica do ventrículo esquerdo e aumento atrial esquerdo. O ultrassom abdominal evidenciou hepatoesplenomegalia e nefropatia, com a radiografia torácica sugerindo broncopatia, asma felina, efusão pleural e broncopneumonia. Apesar das alterações ecocardiográficas fortemente sugestivas de endocardite infecciosa, bem como os achados laboratoriais, estes critérios não foram suficientes para definir o diagnóstico.  


Palavras-chave


diagnóstico, valvas, felinos.

Texto completo:

PDF

Referências


BARROSO, M. R.; PAULA, M. T.; AVILA JUNIOR, A. R. [2005]. Endocardite bacteriana (Bacterial endocarditis). Revista Eletrônica de Veterinária, v. 6, n. 3, p. 1 – 14, 2005. Disponível em: . Acesso em: 11/07/2019.

BRENNAN, C.; GUNASEKARAN, T.; WILLIAMS, K.; SANDERS, R.A. Infective aortic valve endocarditis in a cat with patent ductus arteriosus and perimembranous ventricular septal defect. Journal of Veterinary Cardiology (2020) 31, 30-35.

CAMARGO, L. C. P., LARSSON, M. H. M. A. Valvulopatias Adquiridas. In: JERICÓ, M. M., ANDRADE NETO, J. P., KOGIKA, M. M. Tratado de Medicina Interna Cães e Gatos Volume 1. Roca, 2017.

KITTLESON, D. M.; KIENLE, D. R. Small Animals Cardiovascular Medicine. St. Louis: Mosby, 1998, Cap. 24, p. 402.

KVART, C., HAGGSTROM, J. Cardiopatia Valvular Adquirida. In: ETTINGER, S. J., FELDMANN, E. C. Tratado de Medicina Interna Veterinária Doenças do Cão e do Gato. Guanabara, 2008.

LJUNGVALL, I.; HÄGGSTRÖM, J. Adult-Onset Valvular Heart Disease. In: ETTINGER, S.J.; FELDMAN, E.C; CÔTÉ, E. Textbook of Veterinary Internal Medicne Eight Edition.

MELANCHAUSKI, S. M. Endocardite Infecciosa em pequenos animais. 2011. Botucatu. Monografia. Universidade Júlio de Mesquita Filho.

MILLER, M. W.; FOX, R. P.; SAUNDERS, B. A. Pathologic and clinical features of infectious endocarditis. Journal of Veterinary Cardiology, v. 6, n. 2, p. 35 – 43, 2004.

MILLER, M.W.; SISSON, D. Infectious Endocarditis. In: Textbook of Canine and Feline Cardiology Principles and Clinical Practice. Second edition. p. 570.

PALERME, S. J.; JONES, E. A.; WARD, L. J. et al. Infective endocarditis in 13 cats. Journal of Veterinary Cardiology, 2016.

PEREZ, C.; JAMES B HUMMEL, B. J.; KEENE, W. B. et al. Case report successful treatment of Bartonella Henselae endocarditis in a cat. Journal of Feline Medicine and Surgery, p. 483 – 486, 2010.

RISNHIW, M. Doenças Cardiovasculares. In: LITTLE, E. S. O Gato Medicina Interna. 1.ed. Rio de Janeiro: Roca, 2015, Cap. 20, p. 315.

KOVACEVIC, A.; ALLENSPACH, K.; KÜHN, N.; LOMBARD, W.C. Endocarditis in a cat. Journal of Veterinary Cardiology, v. 4, n. 1, p. 31 – 34, 2002.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv4n2-039

Apontamentos

  • Não há apontamentos.