Indicadores agrometeorológicos espectrais em áreas irrigadas no Oeste da Bahia / Spectral agricultural indicators in irrigated areas in the West of Bahia

Janice Freitas Leivas, Antônio Heriberto de Castro Teixeira, Celina Maki Takemura, Edlene Aparecida Monteiro Garçon

Resumo


A região oeste da Bahia destaca-se pela agricultura de larga escala, que emprega tecnologia de ponta e apresenta elevados índices de produtividade para a produção de soja, milho e algodão. A região está situada em uma ampla bacia hidrográfica formada por rios perenes, que correm sobre o Aquífero Urucuia, e é considerada de extrema importância para o Rio São Francisco, aumentando o potencial de irrigação da região. Em 2016, devido à escassez de água, os irrigantes do oeste da Bahia sofreram perdas e novas safras nas áreas irrigadas foram interrompidas. Neste estudo, objetivamos combinar o uso de imagens de satélite com dados meteorológicos utilizando o algoritmo SAFER (Simple Algorithm For Evapotranspiration Retrieving), para estimar indicadores agrometeorológicos espectrais como NDVI e evapotranspiração (ET), e assim analisar a dinâmica das culturas ao longo do ciclo, principalmente em épocas de escassez de água. Foram utilizadas 46 imagens do satélite MODIS (de 2017 a 2018) e analisada a variação dos parâmetros ao longo do tempo em áreas irrigadas por pivô central, áreas não irrigadas e áreas de vegetação natural, nas cidades de Barreiras e Riachão das Neves. Os resultados demonstraram eficiência no monitoramento das lavouras, permitindo distinguir suas fases e vigor da vegetação, auxiliando no monitoramento das culturas e podendo contribuir para o manejo da cultura, em tempos de escassez hídrica.


Palavras-chave


evapotranspiração, NDVI, SAFER, irrigação.

Texto completo:

PDF

Referências


AIBA. Associação de agricultores e irrigantes da Bahia. Anuário agropecuário do oeste da Bahia – safra 2015/2016. 68p. Disponível em: http://aiba.org.br/wp-content/uploads/2017/03/Anuario-2015-16-FINAL-Web.pdf

ALLEN, R.G.; PEREIRA, L.S.; RAES, D.; SMITH, M. Crop evapotranspiration. Guidelines for computing crop water requirements. FAO Irrigation and Drainage Paper 56, Rome, Italy, 300 pp, 1998.

BRANNSTROM, C. et al. Land change in the Brazilian Savanna (Cerrado), 1986-2002: Comparative analysis and implications for land-use policy. Land Use Policy, v. 25, n. 4, p. 579–595, 2008.

FONTES, J. G. Monitoramento e análise da variação do nível d’água para estimativa da recarga do aquífero Urucuia na bacia do Rio Grande- BA: contribuições para a gestão e uso sustentável de águas subterrâneas. Universidade Federal do Rio de Janeiro, Instituto de Geociências, Departamento de Geologia, 2020.

GONÇALVES, R. D. ; ENGELBRECHT, B. Z.; CHANG, H. K. Evolução da contribuição do Sistema Aquífero Urucuia para o Rio São Francisco, Brasil. Revista Águas Subterrâneas, v. 32, n. 1, p. 1-10, 2018.

JENSEN, J. R. Sensoriamento remoto do ambiente: uma perspectiva em recursos terrestres. São José dos Campos: Parêntese, 2009. 598 p.

LANDAU, E. C.; GUIMARÃES, D. P.; SOUZA, D. L. DE .Caracterização ambiental das áreas com agricultura irrigada por pivôs centrais na região do Matopiba - Brasil , Sete Lagoas : Embrapa Milho e Sorgo, 2014. 43 p. Boletim de Pesquisa e Desenvolvimento / Embrapa Milho e Sorgo.

MOREIRA, E. B. M.; SANTOS, J. Y.G.; MACHADO, W. B.; RIBEIRO, E. P. Evapotranspiração real na bacia hidrográfica do Rio de Ondas – BA através do algoritmo Sebal e imagens Landsat 8. Anais: Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, XlX, INPE, 2019.

SPAGNOLO, T. F. O. et al. Dinâmica da expansão agrícola do município de São Desidério (BA) entre os anos de 1984 a 2008, importante produtor nacional de soja, algodão e milho. Geo UERJ, v. 23, n. 2, p. 603–618, 2012.

TEIXEIRA, A.H. DE C., Determining regional actual evapotranspiration of irrgated crops and natural vegetation in the São Francisco river basin (Brazil) using remote sensing an Penman-Monteith equation. Remote Sensing, v.2, n.5, p.1287-1319, May 2010.

TEIXEIRA, A.H. DE C., SCHERER-WARREN, M., HERNANDEZ, F.B.T., ANDRADE, R.G., LEIVAS, J.F. “Large-Scale Water Productivity Assessments with MODIS Images in a Changing Semi-Arid Environment: A Brazilian Case Study,” Remote Sensing. 55783-5804 (2013).

TEIXEIRA, A. H. DE C. Modelling evapotranspiration by remote sensing parameters and agro-meteorological stations. In: Remote Sensing and Hydrology (ed. by C. M. U. Neale & M. H. Cosh), 154–157. IAHS Publ. 352. IAHS Press, Wallingford, UK (2012).

VELOSO, G. A.; FERREIRA, M. E., SILVA, B. B. Determinação da evapotranspiração real diária em áreas irrigadas do projeto Jaíba (minas Gerais, Brasil), mediante imagens Landsat 5-TM. Revista Cerrado. Montes Claros, v.15, n.1,

p. 53-76, jan/jun-2017.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv4n1-065

Apontamentos

  • Não há apontamentos.