Abelhas polinizadoras e produção de frutos e sementes em café convencional / Pollinating bees and fruits and seeds production in conventional coffee

Marcela Ferraz e Silva, Larissa de Oliveira Lima Santos Nascimento, Raquel Pérez-Maluf

Resumo


Estudos realizados em cafezais concluíram que as inflorescências quando submetidas aos visitantes florais produziam mais frutos e com peso médio superior quando comparados a plantas ensacadas. Com o objetivo de avaliar a diversidade de abelhas na cultura de café convencional e seu papel na produção de frutos e sementes do mesmo, um experimento foi conduzido durante a florada, na região produtora de café da Barra do Choça, onde encontra-se um cafezal a pleno sol. No período de florescimento as abelhas coletadas foram identificadas e tiveram seu corpo analisado quanto ao grão de pólen encontrado. Foi avaliada a influência da visitação das abelhas na produção de frutos e sementes do café, e para isso foram realizados testes em ramos isolados com tecido voil e livres. Um total de 186 abelhas foram coletadas, de cinco espécies diferentes: Apis mellifera (78%), Trigona spinipes (17%) e o restante (5%) corresponderam Schwarziana quadripunctata; Paratrigona sp. e uma espécie da tribo Halictini. Do total de A. mellifera coletadas, aproximadamente 57% estavam transportando pólen e T. spinipes 35%. No tratamento polinização livre houve uma maior quantidade de frutos em relação ao tratamento ensacado. Não houve diferença significativa entre os tratamentos quanto ao peso médio dos frutos, quanto ao peso médio das sementes frescas e secas. Apis mellifera foi a abelha mais frequente, coletando néctar e pólen, podendo ser considerada agente polinizadora efetiva da cultura em questão.


Palavras-chave


Coffea arabica, Trigona spinipes, polinização, Apis mellifera

Texto completo:

PDF

Referências


Aguiar AJC, Martins CF (2002) Abelhas e vespas solitárias em ninhos-armadilha na Reserva Biológica Guaribas (Mamanguape, Paraíba, Brasil). Revista Brasileira de Zoologia 19, 101–116.

Amaral E (1972) Polinização entomófila de Coffea arabica L., raio de ação e coleta de pólen pela Apis mellifera Linnaeus, 1758 (Hymenoptera; Apidae), em cafezal florido.Tese de Livre Docência - Escola Superior de Agronomia "Luiz de Queiroz", Universidade de São Paulo, Piracicaba, SP, 82p.

Biesmeijer JC, Slaa EJ (2006) The structure of eusocial bee assemblages in Brazil. Apidologie 37, 240-258.

Bos M et al. (2007) Caveats to quantifying ecosystem services: fruit abortion blurs benefits from crop pollination. Ecological Applications 17, 1841-1849.

Carmo RM, Franceschinelli EV (2002) Polinização e biologia floral de Clusia arrudae Planchon & Triana (Clusiaceae) na Serra da Calçada, município de Brumadinho, MG. Revista Brasileira de Botânica 25, 351-360.

Carvalho A, Krug CA (1996) Coffee. In: Agriculture Research Service (ed) Agricultural Handbook, pp.162-164. United States Department of Agriculture, Washington, DC.

De Marco Jr P, Coelho FM (2004) Services performed by he ecosystem: forest remnants influence agricultural cultures pollination and production. Biodiversity and Conservation 13, 1245-1255.

Dutra Neto (2004) Café e Desenvolvimento Sustentável. 1. ed. Vitória da Conquista – Bahia.

Fávero AC (2002) Polinização entomófila em soja (Glycine max L. Merrill, var. FT 2000) e café (Coffea arabica L., variedades Catuaí Vermelho – IAC 144 e Mundo Novo). Monografia – Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Universidade Estadual Paulista, Jaboticabal, SP, 44p.

Gamito LM, Malerbo-Souza DT (2006) Visitantes florais e produção de frutos em cultura da laranja (Citrus sinensis L. Osbeck). Acta Scientiarum Animal Sciences 28, 483-488.

Hammer O, Harper Dat, Ryan PD (2001) Past: Paleontological Statistics Software Package for Education and Data Analysis. Palaeontologia Electronica 4, 1-9.

Heard TA (1999) The role of stingless bees in crop pollination. Annual Review of Entomology 44, 183-206.

Klein AM, Steffan-Dewenter I, Tscharntke T (2003a) Fruit set of highland coffee increases with the diversity of pollinating bees. Proceedings of the Royal Society of London B:Biological Sciences 270, 955-961.

Klein AM, Steffan-Dewenter I, Tscharntke T (2003b) Bee pollination and fruit set of Coffea arabica and C. canephora (Rubiaceae). American Journal of Botany 90, 153-157.

Klein AM et al. (2008) Advances in pollination ecology from tropical plantation crops. Ecology 89, 935-943.

Malerbo-Souza DT, Nogueira-Couto RH (1997) Atrativo para as abelhas Apis mellifera e polinizacão em café (Coffea arabica L.). Mensagem Doce 44, 6–11.

Malerbo-Souza DT et al. (2003) Atrativo para as abelhas Apis mellifera e polinização em café (Coffea arabica L.). Brazilian Journal of Veterinary Research and Animal Science 40, 272-278.

Malerbo-Souza DT, Nogueira-Couto RH, Toledo VAA (2004) Abelhas visitantes da jabuticabeira (Myrciaria cauliflora Berg.) e produção de frutos. Acta Scientiarium Animal Sciences 6, 1-4.

Malerbo-Souza DT, Halak AL (2012) Agentes polinizadores e produção de grãos em cultura de café arábica cv. “Catuaí Vermelho”. Científica 40, 1-11.

Melo B, Sousa LB (2011) Biologia da reprodução de Coffea arabica L. e Coffea canephora Pierre. Revista Verde 6, 01-07.

Mendes AN, Guimarães RJ, Souza CAS (2013) Disponível em: . Acesso em setembro de 2013.

Nogueira-Neto P, Carvalho A, Antunes H (1959) Efeito da exclusão dos insetos polinizadores na produção do café Bourbon. Bragantia 18, 441-468.

Ramalho M, Kleinert-Giovannini A, Imperatriz-Fonseca VL (1990) Important bee plants for stingless bees (Melipona and Trigonini) and Africanized honeybees (Apis mellifera) in neotropical habitats: a review. Apidologie 21, 469–488.

Ricketts TH (2004) Tropical forest fragments enhance pollinator activity in nearby coffee crops. Conservation biology 18, 1262-1271.

Roubik DW (2002) The value of bees to the coffee harvest. Nature 417, 708.

Soares AS et al. (2005) Irrigação e fisiologia da floração em cafeeiros adultos na região da Zona da Mata de Minas Gerais. Acta Scientiarum 27, 117-125.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n4-118

Apontamentos

  • Não há apontamentos.