Crescimento micelial de Colletotrichum spp. Em diferentes meios de cultura / Colletotrichum spp. Mycelial growth in different means of culture

Elisson Felipe Rezende Cano, Marta Sabrina Nimet, Mayco Antonio Batistella, Fabio Mattes Maiorki, Felipe José Gibbert, Márcia de Holanda Nozaki Mascaro

Resumo


O fungo Colletotrichum graminicola infesta, comercialmente, a cultura do Milho, causando antracnose das folhas e colmo, podendo levar a planta à morte. O fungo sobrevive em restos culturais e sementes. Assim, objetivou-se avaliar o efeito de diferentes meios de cultura no crescimento micelial deste patógeno. O estudo foi realizado na PUCPR – Toledo, durante o mês de Abril de 2016, em delineamento experimental inteiramente casualizado com quatro tratamentos e quatro repetições. Os meios de cultura foram preparados previamente à incubação do patógeno e posteriormente levados a autoclave. Discos miceliais do patógeno foram extraídos das folhas do milho e depositados em placas que continham os diferentes meios de cultura, então as placas foram vedadas e armazenadas em temperatura ambiente. Foram realizadas duas medições do crescimento micelial com 4 dias após a incubação e com 8 dias após a incubação. Os dados obtidos foram submetidos a análise estatística. Dentre todos os tratamentos o que apresentou o melhor resultado foi o tratamento Ágar-água-banana, enquanto que o tratamento Ágar-água teve menor crescimento dentre todos. Os tratamentos BDA e Ágar-nutriente obtiveram melhores resultados quando comparados ao tratamento Ágar-água devido ao seu maior potencial nutritivo, e, quando comparado à Ágar-água-Banana, demonstraram um crescimento menor. Portanto, o tratamento Ágar-água-banana mostrou-se viável para a produção massal do fungo.


Palavras-chave


Zeamays, Antracnose do milho, substrato.

Texto completo:

PDF

Referências


BONONI, V.L.; CAPELARI, M.; MAZIEIRO, R.; TRUFEM, S.F.B. Cultivo de cogumelos comestíveis. São Paulo: Ícone, 1999. 206p.

BORBA, R.S.; LOECK, A.E.V.; BANDEIRA, J.M.; MORAES, C.L.; CENTENARO, E.D. Crescimento do fungo simbionte de formigas cortadeiras do gênero Acromyrmex em meios de cultura com diferentes extratos. Ciência Rural, Santa Maria, V.36, n.3, p.725-730, 2006.

CANTERI, M. G.; ALTHAUS, R. A.; VIRGENS FILHO, J. S.; GIGLIOTI, E. A.; GODOY, C. V. SASM - Agri: Sistema para análise e separação de médias em experimentos agrícolas pelos métodos Scoft - Knott, Tukey e Duncan. Revista Brasileira de Agrocomputação, V.1, N.2, p.18-24. 2001.

CASA, R.T.; MOREIRA, E.N.; BOGO, A.; SANGOI, L. Incidência de podridões do colmo, grãos ardidos e rendimento de grãos em híbridos de milho submetidos ao aumento na densidade de plantas. Summa Phytopathologica, v.33, n.4, p.353-357, 2007.

CASELA, C.R.; FERREIRA, A.S.; ALMEIDA, N.F.J. Doenças na cultura do Milho. Circular Técnica, Sete Lagoas, n.83,2006.

CONAB, COMPANHIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO; Levantamento da Safra 2014/2015. Ed. 12, 2015.

COSTA, R.V.; SILVA, D.D.; COTA, L.V.; PARREIRA, D.F.; FERREIRA, A.S.; CASELA, C.R. Incidência de Colletotrichum graminicola em colmos de genótipos de milho. Summa Phytopathologica, v.36, n.2, p.122-128, 2010ª.

COSTA, R.V.; COTA, L.V.; GUIMARÃES, P.E.; GUIMARÃES, L.J.M.; PARENTONI, S.N.; PACHECO, C.A.P.; SILVA, D.D.; PARREIRA, D.F. Métodos de inoculação de Colletotrichum graminicola em Colmo de Milho. Circular Técnica, Sete Lagoas, n.137, 2010b. apud

BERGSTROM, G. C.; NICHOLSON, R. L. The biology of corn anthracnose: knowledge to exploit for improved management. PlantDisease, St. Paul, v. 83, p. 596-608, 1999.

HATVANI, N. Antibacterial effect of the culture fluid of Lentinula edodes mycelium grown in submerged liquid culture. International Journal of Antimicrobial Agents. v.17, n.1, p.71-74, 2001.

IMEA, Instituto Mato-grossense de Economia Aplicada; Entendendo o Mercado do Milho. Workshop Jornalismo Agropecuário. p. 6-12. 2015.

LIMA, M.L.F. & MENEZES, M. Estudo comparativo de isolados de Colletotrichum graminicola através da análise eletroforética de padrões proteicos e isoenzimáticos. Fitopatologia Brasileira 27:012-016. 2002.

MENEZES, M. Aspectos Biológicos e taxonômicos de espécies do gênero Colletotrichum. Anais da Academia Pernambucana de Ciência Agronômica, Recife, vol. 3, p.170-179, 2006.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA; Safra brasileira 2014/2015. Levantamento. 2015.

MONTINI, R.M.C.; PASSOS, J.R.S.; EIRA, A.F. Digital monitoring of mycelium growth kinetics and vigor of shiitake (Lentinulaedodes (Berk.) Pegler) on agar medium. Brazilian Journal of Microbiology, v.37, p.90-95, 2006.

SERRA, I.M.R.S.; COELHO, R.S.B.; MENEZES, M. Caracterização fisiológica, patogênica e análise isoenzimática de isolados monospóricos e multispóricos de Colletotrichum gloeosporioides. Summa Phytopathologica, v.34, n.2, p.113-120, 2008.

SILVA, J.L.; TEIXEIRA, R.N.V. Esporulação e crescimento micelial de Fusariumsolani em diferentes meios de cultura e regimes de luminosidade. Revista Agro Ambiente, V.6, n.1, p.47-52, 2012.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n4-032

Apontamentos

  • Não há apontamentos.