Yoga e os benefícios das plantas aromáticas / Yoga and the benefits of aromatic plants

Ivana Camilia da Silva, Daniele Garcia Bienias, Larissa Duque Gomes Figueira

Resumo


Com a perspectiva de que a Educação Ambiental pode gerar cidadãos responsáveis e comprometidos para um mundo sustentável surge à importância de trabalhar, explorar e conscientizar os alunos desde a Educação Infantil através de conteúdos que promovam situações de valorização de atitudes, comportamentos e habilidades que darão um impacto duradouro para a vida. A proposta deste trabalho é apontar possibilidades de se trabalhar a Educação Ambiental de forma multidisciplinar, através da implantação de hortas de plantas aromáticas e aulas de Yoga, como instrumento de Educação Ambiental envolvendo a comunidade, pais, alunos e professores, na qual a criatividade e curiosidade dos alunos geram reflexões permitindo que os educando observem, formulem hipóteses e verifiquem as transformações ocorridas no ambiente apresentando soluções. A dinâmica da proposta oportunizou a convivência em um ambiente natural e acolhedor, trazendo descobertas e aprendizagens significativas para nossos alunos e comunidade.


Palavras-chave


Educação ambiental, Plantas aromáticas, Yoga

Texto completo:

PDF

Referências


GADOTTI, Moacir. Pedagogia da Terra. Rio de Janeiro: Peirópolis, 1998, p.98

Brasil. Referencial Curricular Nacional para Educação Infantil. Ministerio da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Fundamental, Brasília: MEC/SEEF, 1998.V 1,3

Revista Pátio, EDUCAÇÃO INFANTIL, Artmed, Ano VII, nº 25, OUTUBRO/DEZEMBRO, 2010.

BARBOSA, M.C.S., HORN, M.G.S. Projetos Pedagógicos na Educação Infantil. Porto Alegre: Artmed, 2008. P.250.

BRASIL, Leinº9795. Dispõe sobre a educação ambiental, instui a Politica Nacional de Educação Ambiental e dá outras providencias. Brasília: 1999. Disponível em: http://www.planalto.gov.br. Acesso em 05 jun.2013.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n4-022

Apontamentos

  • Não há apontamentos.