Renaturalização de cursos d’água em Manaus/AM / Renaturalization of water courses in Manaus – AM

Adelina Cristina A Chaves, Iraúna Maiconã Rodrigues de Carvalho, Jussara Socorro Cury Maciel

Resumo


A cidade de Manaus possui importantes bacias hidrográficas que apresentam altos índices de poluição, ocupação das margens, redução de drenagem natural e acúmulo de resíduos sólidos. Tais áreas precisam de alternativas que possibilitem mudança da paisagem de forma positiva, melhorando a qualidade dessas áreas, a mobilidade e o lazer da comunidade. Este trabalho identifica e mapeia os principais igarapés e cursos d’água das bacias hidrográficas de Manaus e propõe alternativas para renaturalização das áreas dos igarapés, visando garantir o retorno dos cursos d’água em sua plenitude. Utiliza-se de mapas hidrológicos, georreferenciados, das bacias de Manaus, pesquisas dos órgãos públicos e revisão bibliográfica de cientistas locais, que investigam a recuperação dos leitos de rios. Daí, delimita as bacias hidrográficas e propõe alternativas para renaturalização dos cursos d’água. Visa, dessa forma, contribuir com a discussão referente a sustentabilidade ambiental e contribuir com conscientização pela necessidade de implementação de ações com responsabilidade socioambiental.


Palavras-chave


Renaturalização de Rios, Bacias Hidrográficas de Manaus, Sustentabilidade

Texto completo:

PDF

Referências


BINDER, Walter. Rios e Córregos: Preservar – Conservar – Renaturalizar. A Recuperação de Rios, Possibilidades e Limites da Engenharia Ambiental: SEMADS - Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, 41 p.: il. Planágua Vol.2. ISBN: 85-87206-04-4. (Cooperação Técnica Brasil-Alemanha, Projeto PLANÁGUA-SEMADS/GTZ): Rio de Janeiro, Março/2001.

BROCANELI, P. F. e STUERMER, M.M: Renaturalização de rios e córregos no município de São Paulo: Exacta, vol. 6, núm. 1, pp. 147-156: Universidade Nove de Julho: São Paulo, Brasil, 2008

CHAMPS, J. R. Projeto Switch, apud MACHADO, In: MACHADO, A.T.G.M: Revitalização de rios no mundo, p. 89-118: Instituto Guaicury: Belo Horizonte, 2010.

CIBIM, J. C: Bacias Hidrográficas Internacionais: Território, Governança e Perspectiva de Cooperação. Anais do V Encontro Nacional da Anppas: Florianópolis – SC/BR, out/2010

CPRM, SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL. Relatório parcial do projeto estudos hidrogeológicos das Regiões Urbana e Periurbana de Manaus. TED 02/2017 ANA. Relatório técnico. 2018, 274p.

GARCIAS, C.M e AFONSO, J. A. C. Revitalização de Rios Urbanos. In Gesta – Revista Eletrônica de Gestão e Tecnologia Ambiental, v.1, n.1, p.131-144, 2013 – ISSN: 2317-563X

IBA - INTERNATIONAL BAUAUSSTELLUNG EMSCHER PARK GMBH/ EMSCHER GENOSSENSCHAFT: Von der Idylle zur Kloake zur Naturnähe – Flußgeschichte ist Zeitgeschichte. In: Informationen Themenheft nr. 6. Essen: 1994.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística: Cidades – Panorma. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/am/manaus/panorama, jan/2020.

LEE, K: Cheong Gye Cheon Restoratios Project: a revolution in Seoul. In: ICLEI

WORLD CONGRESS, 2006: SciELO International Conference, 26-28 set 2018.

OLIVEIRA, J. A.; ALECRIM, J. D.; GASNIER, T./ R. J.: Cidade de Manaus: visões interdisciplinares. Manaus: Editora da Universidade do Amazonas: EDUA, 2003.

PIMENTEL, Maristela A. A recuperação de rios degradados e sua reinserção na paisagem urbana: a experiência do rio Emscher na Alemanha: Dissertação de Mestrado, Curso de Pós-graduação da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo: Orientador Prof. Paulo Renato Mesquita Pellegrino: São Paulo, 2003.

SCHERER e MENDES Filho: Injustiça Ambiental em Manaus: ANPPAS- II Encontro, GT-17: São Paulo, mai/2004.

SILVA-SANCHEZ, S. JACOBI, P. R.: Políticas de Recuperação de Rios Urbanos na Cidade de São Paulo: Possibilidades de Desafios: Revista Brasileira de Estudos Urbanos e Regionais (RBEUR), 2012: http://www.redalcy.org/articulo.oa?id = 513951686008ISSN1517-4115.

TRATA BRASIL, Instituto: Ranking do Saneamento:http://www.tratabrasil.org.br

TRAVASSOS, Luciana R. F. C: Revelando os rios: Novos paradigmas para a intervenção em fundos de vale urbanos na Cidade de São Paulo: orientadora Marta Dora Grostein: São Paulo, 2010




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n3-145

Apontamentos

  • Não há apontamentos.