Perfil Clínico-Epidemiológico De Cadelas Com Piometra No Munícipio De Boa Vista – RR / Clinical-Epidemiological Profile of female dogs with Piometra in the county of Boa Vista – RR

Pedro Travassos Azevedo de Melo, Laura Aline Coelho de Andrade, Érika Fernanda Villamayor Garcia

Resumo


A piometra é uma das principais causas de doenças em cadelas, ondea aplicação de hormônios contraceptivos exógenos predispõe o desenvolvimento desta enfermidade. O objetivo do trabalho foi coletar dados referentes às características clínicas das fêmeas caninas com piometra, associadas ou não à presença da aplicação de hormônios exógenos contraceptivos, a fim de traçar o perfil epidemiológico destes animais. Os dados foram coletados através de um questionário aplicado em quatro clínicas da cidade de Boa Vista – RR. Os fatores analisados foram: apresentação clínica; aplicação hormonal; incidência de estro recente; faixa etária; diagnóstico utilizado; prevalência de leucocitose e anemia; grau de acesso à rua; exposição ao macho para cópula. Com base na análise dos dados obtidos, a aplicação hormonal estava presente em 46,2% das cadelas estudadas. Foi concluído que a aplicação hormonal não implicou diretamente no desenvolvimento da piometra nos animais estudados e todos os animais foram submetidos ao procedimento cirúrgico de ováriosalpingohisterectomia (OSH) como tratamento de eleição para a doença.


Palavras-chave


Anticoncepcional, Diestro, Hiperplasia Endometrial Cística, Progesterona.

Texto completo:

PDF

Referências


(1) Barton CL. Handbook of Small Animal Practice. 2ed. New York: Churchill Livingstone; 1992.

(2) Slatter D. Manual de cirurgia de pequenos animais. 3ed. Barueri: Manole; 2007.

(3) Martins LR; Okamoto CE; Addeo PMD; Ponchirolli CB; Alvarenga FL; Lopes MD, et al. Correlação entre a ocorrência de piometra em cadelas nuliparas e multíparas submetidas ou não ao tratamento com anticoncepcionais. In: Sexta Mostra Cientifica da FMVZ Unesp – Botucatu, 2002.

(4) Feldman EC; Nelson RW. Canine and feline endocrinology and reproduction. 3 ed. Philadelphia: W. B. Saunders; 2004.

(5) Gobello C; Castex G; Klima L; Rodríguez R; Corrada Y, et al. Study of two protocol combining aglepristone and cloprostenol to treat open cervix pyometra in the bitch. Theriogenology, New York; 2003:1-8.

(6) Macintire D. Emergência e cuidados intensivos em pequenos animais. Barueri: Manole; 2007.

(7) Cheville NF. Introdução à Patologia Veterinária. 3ed. Barueri: Manole; 2009.

(8) Fakuda S. Incidence of pyometra in colony-raised beagle dogs. Experimental Animals, Chiba; 2001: 325-329.

(9) Ferreira PCC. Avaliação da hemodiafiltração no período peri-operatório da ovário-salpingo-histerectomia, em cadelas com piometra e refratárias ao tratamento conservador da insuficiência renal aguda. [Tese de doutorado]. Universidade de São Paulo, São Paulo; 2006.

(10) Hagman R; Kindahl H; Lagerstedt A-S. Pyometra in Bitches Induces Elevated Plasma Endotoxin and Prostaglandin F2 Metabolite Levels. Acta Veterinaria Scandnavica, Uppsala; 2006: 55-68.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.