Análise do fenômeno de ilhas de calor em um município da Região Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul – BR / Analysis of the phenomenon of heat islands in a municipality of the Northwest Region of the State of Rio Grande do Sul - BR

Leonardo Teixeira Fagundes, Renato Souza Santos, Vanusa Maria Gatteli, Sandro Luciano Barreto Fensterseifer

Resumo


O aumento da população e o consequente crescimento da área urbanizada dos municípios resultam em alterações na temperatura da superfície destes locais, fenômeno conhecido como ilhas de calor. A arborização urbana e criação de áreas verdes nas cidades podem diminuir este efeito indesejável, levando a uma melhor qualidade de vida aos moradores. O presente estudo tem por objetivo analisar a variação da temperatura da superfície do município de Bozano, localizado na região noroeste do estado do Rio Grande do Sul. A análise foi realizada a partir de uma imagem do satélite Landsat 8 – TIRS obtida na base do Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) datada de 07 de junho de 2018. O processamento foi realizado no software ArcGis 10.3 utilizando fórmulas para conversão de Digital Number para valores de radiância. Os dados obtidos foram convertidos para estimativas de temperatura da superfície, devido à não correção da irradiação. A partir das informações podemos concluir que a área urbana do município apresenta temperatura amena devido à presença de vegetação arbórea nas redondezas. As temperaturas mais altas foram encontradas nas áreas destinadas à plantios agrícolas; e as temperaturas mais baixas identificadas nas áreas de floresta.


Palavras-chave


Temperatura, estimativa, área urbana, vegetação arbórea.

Texto completo:

PDF

Referências


COSTA, D. F.; SILVA, H. R.; PERES, L. F. Identificação de Ilhas de Calor na área urbana de Ilha Solteira – SP através da utilização de geotecnologias. Eng. Agríc., Jaboticabal, v.30, n.5, p.974- 985, set./out. 2010.

DACANAL, C. et al. Microclima em Fundos de Vale: análise de diferentes ocupações urbanas em Campinas, SP. In: Encontro nacional de tecnologia do ambienta construído, 12. Fortaleza, 2008

IBGE. Área da unidade territorial: Área territorial brasileira. Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE, 2017.

IBGE. Bases e referências – bases cartográficas. Malha cartográfica do município de Bozano no ano de 2015. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE, 2015.

IMHOFF, M.L.; ZHANG, P.; WOLFE, R.E.; BOUNOUA, L. Remote sensing of the urban heat island effect across biomes in the continental USA. Remote Sensing of Environment, Nova York, v.114, p.504-513, 2010.

KRÜGER, E.; ROSSI, F. Quantificação da ilha de calor de Curitiba considerando aspectos de estabilidade atmosférica. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 30, n. 4, 394 - 404, 2015.

PINA, M. F.; SANTOS, S. M. Conceitos básicos de Sistemas de Informação Geográfica e Cartografia aplicados à saúde. CDD – 20 ed. 362.1 Fev - 2000.

SOUZA, L. C. L. Ilhas de calor. Jornal Unesp, São Paulo, v.18, n.186, p.11, 2004.

USGS. What are the band designations for the Landsat satellites? – Questions. United States Geological Survey. Disponível em . Acesso em 14/07/2018.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n3-113

Apontamentos

  • Não há apontamentos.