Efeito da forma física da ração e da utilização de emulsificantes no desempenho de frango de corte / Effect ofphysical form of rationand use of emulsifierson the performance of broiler

Dayana Cristina de Oliveira Pereira, Luiz Carlos Demattê Filho

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de diferentes formas físicas da ração e da adição de emulsificantes sobre o peso corporal (PC), consumo de ração (CR), conversão alimentar (CA), mortalidade (MO) e índice de eficiência produtivo (IEP) de frangos de corte. Foram utilizados 720 pintainhos machos, com um dia de idade, da linhagem Cobb. Para o alojamento foram utilizadas 24 unidades experimentais equipadas com comedouros e bebedouros individualizados. Cada unidadeexperimental foi composta por 30 aves. O programa de arraçoamento das aves foi dividido em cinco fase: inicial, crescimento, engorda 1, engorda 2 e final. Os tratamentos avaliados foram: T1) Ração basal (RB) farelada, T2) Ração basal peletizada na fase inicial, nas demais fases utilizou a ração farelada; T3) RB com adição de 0,2% do emulsificante A nas fases, inicial e de crescimento; T4) RB acrescida de 0,02% de emulsificante B nas fases, inicial e de crescimento. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado. No período de 1 a 7 dias de idade, a utilização de ração peletizada resultou em maior (p≤0,05) PC e melhor (p≤0,05) CA. Para o período de 1 a 42 dias, a utilização do emulsificante B resultou em menor PC, os demais parâmetros analisados não diferiram estatisticamente entre si. A utilização de ração peletizada somente na fase inicial não alterou estatisticamente o peso das aves aos 42 dias de idade. Conclui-se, portanto, que a peletização somente da fase inicial não proporcionou maior peso das aves ao final do período experimental e que a utilização do emulsificante B piorou o desempenho das aves.


Palavras-chave


energia, desempenho, ração peletizada

Texto completo:

PDF

Referências


BARNABÉ, A.C.S. Óleos essenciais como alternativas aos promotores de crescimento para frango de corte. 2010. 21f. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal) – Universidade Federal de Goiás, Goiânia.

DOZIER, W.A. Pelet de calidad para obtener carne de ave más económica. In: DOZIER, W.A. (Ed.) Alimentos balanceados para animales. Zaragoza: acrílica, 2001. p.16-19.

GUERREIRO NETO, A.C. Efeito da adição de emulsificante em diferentes fontes de gordura da dieta sobre o desempenho e variáveis fisiológicas em frango de corte. 2005. 55f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) – Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Botucatu.

GUERREIRO NETO, A. C.; PEZZATO, A. C.; SARTORI, J. R.; MORI, C.; CRUZ, V. C.; FASCINA, V. B.; PINHEIRO, D. F.; MADEIRA, L. A.; GONÇALVEZ, J. C. Emulsifier in broiler diets containing different fat sources. Revista Brasileira de Ciência Avícola, v. 13, n. 2, p. 119–125, 2011.

KRABBE, E. L., TEODORO, J. C., ÁVILA, V. S., STEFANELLO, T. B., SUREK D. Uso do ricinoleato de gliceril polietilenoglicol como coadjuvante na peletização de ração. Comunicado tecnico, n°555, 2019.

NIR, I.; NITSAN, Z.; MAHAGUA, M. Comparative growth and development of the digestive organs and some enzymes in broiler and egg type chicks after hatching. British Poultry Science, v. 34, p. 523-532, 1993.

SAKOMURA, N.K.; ROSTAGNO, H.S. Métodos de pesquisa em nutrição de monogástricos. Jaboticabal: FUNEP, 2007. 283p.

SILVA; J.R.L; RABELLO; C.B.; DUTRA; JR., W.M. et al. Efeito da forma física e do programa alimentar na fase préinicial sobre desempenho e características de carcaça de frangos de corte. Acta Scientiarum. Animal Sciences, v.26, p.543-551, 2004.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n3-105

Apontamentos

  • Não há apontamentos.