Prevalência de Mycobacterium bovis em bovinos abatidos na região sul do Estado do Espírito Santo, Brasil / Prevalence of Mycobacterium bovis in cattle slaughtered in the southern region of the State of Espírito Santo, Brazil

Bruna Fernandes Calegari, Brenda Saick Petroneto, Natiele da Silva Gonçalves, Beatriz Salles Monteiro, Juliana Emerick Nunes Corrêa, Mariana Beatriz Rocha Sobrinho, Patrícia Machado Mocellin

Resumo


O objetivo deste trabalho foi determinar a prevalência de infecção por Mycobacterium bovis em bovinos provenientes de municípios localizados na região Sul do Estado do Espírito Santo, Brasil, através de laudos de abate e condenação de carcaças, fornecidos pelo estabelecimento classificado como Abatedouro-frigorífico misto, com Serviço de Inspeção Estadual, localizado no município de Atílio Vivacqua, durante os períodos de janeiro a novembro de 2014. Após análise dos dados numéricos, 26 mil animais foram abatidos e inspecionados, e destes, 64 (0,24%) apresentaram lesões anatomopatológicas compatível á infecção por M. bovis. Embora os resultados obtidos neste estudo demonstrem uma taxa de prevalência menor quando comparado com a médianacional, que é de 1,3%, faz-se necessário manter uma vigilância sanitária eficaz na linha de abate de bovinos.


Palavras-chave


condenação, Mycobacterium bovis, inspeção, sanidade

Texto completo:

PDF

Referências


ALZAMORA FILHO, F.; VASCONCELLOS, S. E. G.; GOMES, H. M.; CAVALCANTE, M. P.; SUFFYS, P. N.; COSTA, J. N. Múltiplas estirpes de isolados de Mycobacterium bovis identificados por tipagem molecular em bovinos abatidos em matadouros frigoríficos. Pesquisa Veterinária Brasileira, v.34, n.2, p.103-108, 2014.

CORRÊA, W. M.; CORRÊA, C. N. M. Enfermidades infecciosas dos mamíferos domésticos. 2ª edição. Rio de Janeiro: Médica e cientifica Ltda, 1992. 843 p.

COSTA. L.B. Caracterização da tuberculose bovina em regiões de relevância econômica no Estado da Bahia. 2012. 107 f. Tese (Pós-Graduação em Ciências Animal) - Universidade Federal da Bahia, Bahia. 2012.

FURLANETTO. L. V. FIGUEIREDO. E. S. CONTE. L .C. et. Uso de métodos complementares na inspeção post mortem de carcaças com suspeita de tuberculose bovina. Pesq. Vet. Bras, v. 32, n. 11, p. 1138-1144, 2012.

MARCOLINO, A. B. L.; NOGUEIRA, J. A.; RUFFINO-NETTO, A.; MORAES, R. M.; VILLA, T. C. S.; ROLIM. F. J. Avaliação do acesso às ações de controle da tuberculose no contexto das equipes de saúde da família de Bayeux – PB. Revista Brasileira de Epidemiologia, v.12, n.2, p.144-157, 2009.

MELO, L. E.; MOTA, R. A.; MAIA, F. C.; FERNANDES, A. C.; SILVA, T. I.; LEITE, J. E.; RAMOS, C. A. Ocorrência e caracterização da tuberculose em caprinos leiteiros criados no estado de Pernambuco. Pesquisa Veterinária Brasileira, v.1, n.2, p.23-29, 2012.

RIET-CORREA, F.; SCHILD, A. L.; LEMOS, R. A. A.; BORGES, J. R. J. Doenças de ruminantes e eqüídeos. 3.ed. v.1. Santa Maria: Palotti, 2007.722p.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n3-075

Apontamentos

  • Não há apontamentos.