Farelo de babaçu em dietas para suínos mestiços / Babassubran in diets for crossbredpigs

Pedro Eduardo Bitencourt Gomes, João Batista Lopes, Elvania Maria da Silva Costa Moreira, Ramon Rego Merval, Mabell Nery Ribeiro, Daniel Medeiros de Noronha Albuquerque, Bendito Leal de Moura Segundo, Miguel Arcanjo Moreira Filho, Jane Gabriela Soares de Lemos

Resumo


Objetivou-se avaliar o desempenho, rendimentos de carcaça e dos principais órgãos metabolicamente ativos, além da viabilidade econômica das rações para suínos mestiços na fase de terminação alimentados com dietas contendo níveis de farelo de babaçu em substituição ao milho e ao farelo de soja. Foram utilizados 20 suínos mestiços em um delineamento de blocos casualizados, com quatro tratamentos (0, 8, 16 e 24% de farelo de babaçu) e cinco repetições. As variáveis de consumo de ração, ganho de peso, conversão alimentar, rendimentos de carcaça, de coração, de fígado e de rim não foram influenciados pelas dietas contendo níveis de farelo de babaçu. Quanto ao fator econômico das rações experimentais, os suínos alimentados com 16 e 24% de farelo de babaçu, apresentaram as maiores margens brutas. O farelo de babaçu pode ser adicionado em dietas para suínos mestiços na fase de terminação, em substituição ao milho e ao farelo de soja, até o nível de 24%, desde que apresente disponibilidade e que seja viável economicamente, sem prejuízos quanto ao desempenho e rendimentos de carcaça e dos principais órgãos metabolicamente ativos.


Palavras-chave


custos, desempenho, rendimentos, subprodutos, suinocultura.

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, A. L.; SILVEIRA, P. R. S. da.; LIMA, G. J. M. M. de. Boas Práticas de Produção de Suínos. Circular Técnico 50. EMBRAPA. Concórdia, 2006. Disponível em: http://www.cnpsa.embrapa.br/sgc/sgc_publicacoes/publicacao_k5u59t7m.pdf

ABCS – Associação Brasileira dos Criadores de Suínos. Método brasileiro de classificação de carcaças. Estrela: ABCS (Publicação Técnica 2), 1973. 17p. Disponível em:

BERTOL, T. M.; CAMPOS, R. M. L. de. LUDKE, J. V.; TERRA, N. N.; FIGUEIREDO, E. A. P. de.; COLDEBELLA, A.; SANTOS FILHO, J. I.; KAWSKI, V. L.; LEHR, N. M. Effectsofgenotypeanddietaryoilsupplementationon performance, carcasstraits, porkqualityandfattyacidcompositionofbackfatand intramuscular fat. Meat Science, v. 93, p. 507-516, 2013. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/23273458/

CARNEIRO, A. P. M.; PASCOAL, L. A. F.; WATANABE, P. H.; SANTOS, I. B.; ARRUDA, J. de. C. B. Farelo de babaçu em rações para frangos de corte na fase final: desempenho, rendimento de carcaça e avaliação econômica. Ciência Animal Brasileira, v. 10, n. 1, p. 40-47, 2009. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/vet/article/view/1034

GUIMARÃES, D.; AMARAL, G.; MAIA, G.; LEMOS, M.; ITO, M.; CUSTODIO, S. Suinocultura: estrutura da cadeia produtiva, panorama do setor no brasil e no mundo e o apoio do BNDES. Agroindústria: BNDES Setorial, v. 45, p. 85-136, 2017. Disponível em: https://web.bndes.gov.br/bib/jspui/bitstream/1408/11794/1/BS%2045%20Suinocultura%20-%20estrutura%20da%20cadeia%20produtiva%2C%20panorama%20do%20setor%20no%20Brasil%5B...%5D_P.pdf

MANNO, M. C.; OLIVEIRA, F. M. de.; DONZELE, J. L.; OLIVEIRA, W. P. de.; VAZ, R. G. M. V.; SILVA, B. A. N; SARAIVA, E. P.; LIMA, K. R. de. S. Efeito da Temperatura Ambiente sobre o Desempenho de Suínos dos 15 aos 30 kg. Revista Brasileira de Zootecnia, v.34, n.6, p. 1963-1970, 2005. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-35982006000200019

OLIVEIRA, E. A. de.; BERTOL, T. M.; COLDEBELLA, A.; KAWSKI, V. L.; FIGUEIREDO, E. A. P. de.; MACHADO, M. F.; WARPECHOWSKI, M. B. Porkqualityfrom crossing with moura raceslaughteredbetween 100 and 130 kg. In: 60 thInternationalCongressofMeat Science and Technology, Punta Del Leste – Uruguay, 2014.

PASCOAL, L. A. F.; BEZERRA, A. P. A.; GONÇALVES, J. de. S. Farelo de babaçu: valor nutritivo e utilização na alimentação animal. Revista Eletrônica Nutritime, v.3, n. 4, p.339-345, 2006. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/inter/v15n1/v15n1a06.pdf

PINHEIRO, R. E. E.; CARDOSO, E. C.; KLEIN JÚNIOR, M. H.; MURATORI, M. C. S.; LOPES, J. B.; FARIAS, L. A.; TEIXEIRA, M. de. P. F. Qualidade da carne de suínos mestiços comerciais e sem raça definida criados em regime intensivo. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v.14, n.1, p.149-160, 2013. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S151999402013000100016&script=sci_arttext&tlng=pt

ROSTAGNO, H. S.; ALBINO, L. F. T.; DONZELE, J. L.; GOMES, P. C.; OLIVEIRA, R. F. de.; LOPES, D. C.; FERREIRA, A. S.; BARRETO, S. L. de. T. Tabelas brasileiras para aves e suínos: composição de alimentos e exigências nutricionais. 3. ed. Viçosa, MG: UFV, 2011. 252 p.

SAS INSTITUTE. StatisticalAnalysis Systems User’sGuide: statistics. 2. ed. version 9.0. Carry, NC, USA: SAS Institute, 2002.

SILVA FILHO, F.P. Influência da inclusão do farelo de babaçu nas dietas para juvenis de tambaqui (Colossomamacropomum) sobre: índice hepatossomático, índice de gordura viscero-somática e comprimento relativo do intestino. (Graduação em Zootecnia). Faculdade de Imperatriz - FACIMP, Imperatriz. 29 p. 2005.

TOGASHI, C. K. Teores de colesterol e ácidos graxos em tecidos e soro de frangos de corte submetidos a diferentes programas nutricionais. 2004. 97f. Tese (Doutorado em Zootecnia) - Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias, Universidade Estadual do Norte Fluminense, Rio de Janeiro, 2004.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n3-068

Apontamentos

  • Não há apontamentos.