Desenvolvimento radicular da rúcula a doses crescentes de carvão vegetal e manipueira / Radicular development of the rucula to growing doses of charcoal and handling

Anna Yanka De Oliveira Santos, Daniel Nunes da Silva Júnior, Martiliana Mayani Freire, João Virgínio Emerenciano Neto, Eric George de Morais, Gualter Guenther Costa da Silva

Resumo


A rúcula é uma importante hortaliça folhosa herbácea, de ciclo curtoe de rápido crescimento vegetativo. Nos últimos anos, tem-se observado aumento tanto no consumo quanto no plantio desta hortaliça. O sistema radicular das plantas desempenha papel fundamental que vai além da fixação e sustentação das plantas no solo. Fundamental à absorção de água e nutrientes, está, portanto, diretamente relacionado ao crescimento da parte aérea das plantas. O aumento da conscientização ambiental da população tem elevado o apelo por práticas de produção agrícola sustentável e que produza alimentos com qualidade e segurança. O uso de resíduos orgânicos como fertilizantes, tem se estabelecido como uma alternativa para esse fato. Ainda, o uso de biochar (finos de carvão vegetal) tem importante papel como condicionante físico do solo, proporcionado melhor desenvolvimento radicular, e potencialmente contribui para eficiência no uso da água, haja vista sua capacidade de reter água no solo. Neste trabalho, objetivou-se avaliar o crescimento e desenvolvimento do sistema radicular da rúcula (Eruca Sativa Miller) em função da aplicação de doses crescentes de manipueira (água residuária do processamento da mandioca) e de biochar (finos de carvão). O experimento foi conduzido na Área de Experimentação Agroecológica da escola Agrícola de Jundiaí/Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Utilizou-se o delineamento em blocos inteiramente casualizados (DBC), com quatrorepetições. As doses de manipueira aplicadas foram: 0, 60, 90 e 120 m³ ha-1. Como cobertura morta do solo, foi utilizado o mulching. As variáveis morfométricas analisadas foram massa de matéria fresca, comprimento radicular (cm), volume radicular (cm-3), massa de matéria fresca, e densidade radicular. Foi observado efeito linear crescente para as variáveis massa de matéria fresca, comprimento e volume radicular, massa de matéria seca da raiz, observando-se efeito aditivo do mulching sobre os tratamentos. A densidade radicular expressou comportamento positivo apenas para o cultivo sem o uso do mulching como cobertura morta. Para as condições deste experimento, recomenda-se a dose de 60 m³ ha-1de manipueira, uma vez que esta proporcionou melhores resultados técnicos para o crescimento e desenvolvimento radicular. Quando ao biochar, recomenda-se a dose técnica de 3.500 kg ha-1, em função de esta ter proporcionado ganho para as variáveis analisadas.


Palavras-chave


Biofertilizante, hortaliça, raízes.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVAREZ, V. H. et al. Interpretação dos resultados de análise de solos In: RIBEIRO, A. C.; GUIMARÃES, P. T. G.; ALVAREZ, V. H. (Ed.). Recomendações para uso de corretivos e fertilizantes a em Minas Gerais. 5 aproximação. Viçosa: SFSEMG, 1999. 359 p.

BARANA, A C. Despoluição da manipueira e uso em fertilização do solo. I Simpósio Nacional sobre a Manipueira. Vitória da Conquista-Bahia, 2008. (Palestra durante o I Simpósio Nacional sobre a Manipueira).

BENITES, V. de M.; TEIXEIRA, W. G.; REZENDA, M. E.; PIMENTA, A. S. Utilização de carvão e subprodutos da carbonização vegetal na agricultura: aprendendo com as terras pretas de índio. In: TEIXEIRA, W. G.; KERN, D. C.; MADARI, B. E.; LIMA, H. N.; WOODS, I. W. (Ed.). As terras pretas de índio da Amazônia: sua caracterização e uso deste conhecimento na criação de novas áreas. Manaus: EDUA/Embrapa Amazônia Ocidental, p. 286-297, 2010.

BOHARA, H.; DODLA, S.; WANG, J.J.; DARAPUNENI, M.; ACHARYA, B.S.; MAGDI, S.; PAVULURI, K. Influence of poultry litter and biochar on soil water dynamics and nutrient leaching from a very fine sandy loam soil. Soil&Tillage Research, v.189, n.1 p. 44-51, 2019.

CEREDA, M. P. Manejo, uso e tratamento de subprodutos da industrialização da mandioca. Série culturas de tuberosas amiláceaslatinoamericanas. São Paulo: Fundação Cargill, 2001. 340p.

DANTAS, M. S. M. Uso de manipueira como fertilizante no cultivo do girassol na zona da mata de Pernambuco. – Recife, 2014. 85 f.: il. Tese (Doutorado em Engenharia Agrícola).

FERREIRA, D. F. Sisvar: A computerstatisticalanalysis system. Ciência & Agrotecnologia, v.35, p.1039-1042, 2011.

FERREIRA, E. F.; DE OLIVEIRA, L. S.; MOURÃO, F. V. The effectsoftheapplicationof manipueira as biofertilizeronthevegetativedevelopmentofVignaunguiculata (L.) Walp. Research, Societyand Development, v. 9, n. 7, p. 1-18, 2020.

FRANCO, J. E. A. Produção e qualidade de frutos de melancia em solo sob aplicação de lithothamnium e cobertura morta. Teresina, 2014. 54 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia)

FREIRE, M. M. Resposta de plantas de rúcula (Eruca sativa Miller) a doses crescentes de carvão vegetal e manipueira. 2016. Monografia (Graduação em Agronomia) – Escola Agrícola de Jundiaí, Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Macaíba, 2016.

INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E MEIO AMBIENTE DO RIO GRANDE DO NORTE – IDEMA. Perfildo seu município, Macaíba-RN, 2013. Disponível em http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/idema/DOC/DOC000000000016679.PDF

LEHMANN, J.; JOSEPH, S. Biocharfor Environmental Management, p. 1-5, 2009.

MENDONÇA, T. G.; BERÇA, A. S.; SOUZA, C. F. Uso da água em tomateiro cultivado com cobertura morta em casa de vegetação. Revista Brasileira de Agricultura Irrigada, v. 13, n. 1, p. 3236, 2019.

MORALES, M. M. Efeito do biocarvão sobre o comportamento da matéria orgânica e do fósforo em solo degradado. Botucatu/SP, 2010. Xi, 75 f. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agronômicas.

SALA, F. C.; ROSSI, F.; FABRI, E. G.; RONDINO, E.; MINAMI, K.; COSTA, C. P. Caracterização Varietal de Rúcula. Research Gate, janeiro, 2015.

SCOTTI, R.; BONANOMI, G.; SCELZA, R.; ZOINA, A.; RAO, M.A. Organic amendments as sustainable tool to recovery fertility in intensive agricultural systems. Journal of Soil Science and Plant Nutrition, v. 15, n.2, p.333-352, 2015.

SILVA, F. F. Impacto da aplicação de efluente de fecularia de mandioca em solo e na cultura do sorgo (Sorghumbicolor). Maringá: UEM, 2003. 69p. Dissertação Mestrado.

SILVA, L. F. V.; DE MELO, E. I.; GONÇALVES, P. A. S. Biochar de serragem de eucalipto como condicionador de substratos para produção de mudas de alface. AGRI-ENVIRONMENTAL SCIENCES, v. 5, p. 1-6, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n3-029

Apontamentos

  • Não há apontamentos.