Propriedades físicas de três espécies comerciais do Município de Paragominas-PA / Physical properties of three commercial species of the Municipality of Paragominas-PA

Juliana Fonseca Cardoso, Isabela Loiane Carvalho Teixeira, José Cícero Pereira Júnior, Taissa Nery Ferreira, João Rodrigo Coimbra Nobre, Luiz Augusto de Queiroz Gomes

Resumo


O estudo de espécies de interesse comercial é fundamental para o conhecimento de seu comportamento e, portanto, sua indicação de uso. Nesse sentido, estudou-se algumas espécies de alto valor comercial no município de Paragominas-PA, como Vochysia (spp.), Peltogyne (spp.) e Caryocar (spp.), para a identificação de seus comportamentos. Para a metodologia foram seguidos os ensaios prescritos pela NBR 7190. Os resultados apontaram elevada umidade das três espécies avaliadas, podendo estar relacionado ao fator ambiental ou anatômico. Observou-se também a linearidade entre a relação umidade e densidade, onde a espécies com maior teor de umidade obteve menor densidade (Vochysia) e vice-versa. Notou-se também a relação positiva entre a densidade e a retratibilidade do material, as espécies que retraíram mais foram as que apresentaram maior densidade, porem consideradas normais. Portanto pôde-se identificar as correlações entre as propriedades da madeira e que estas influenciam significativamente nas características do material, quando em condições especiais. 


Palavras-chave


Umidade, Densidade, Retratibilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ABNT – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Projetos de estruturas de madeira. Rio de Janeiro, RJ, 1997. (NBR-7190).

Brandão, J. B. Estudo das propriedades físicas e mecânicas de três espécies florestais. 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais) - Universidade Federal do Amazonas. Manaus. p. 95.

Conde, M. L. G.; Cravo, C.; Reis, A. H. S.; Viégas, D. R.; Gomes, M. Densidade básica e teor de umidade de Vochysiaguianensis Aubl. In: Fórum de Anatomistas de Madeira da Amazônia. 1, 2017. Belém. Anais...Papers, 2017.

Figueroa, M. J. M. Coeficientes de modificação das propriedades mecânicas da madeira à temperatura. 2012. Tese (Doutorado em Engenharia Civil) - Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis. p. 259.

Foelkel, C.E.B.; Milanez, A.F.; Busnardo, C.A. Método do máximo teor de umidade aplicado à determinação de densidade básica da madeira do eucalipto. Silvicultura, v.8, n.28, p.792-796, 1983.

IPT-Instituto de Pesquisas tecnológicas. Divisão de madeiras. Madeira: o que é e como pode ser processada e utilizada. São Paulo: ABPM, 1985. 189 p. (BOLETIM ABPM, 36).

JAEGER, P. Propriedades Físicas da Madeira. Centro Universitário de União de Vitória. 2013.

Melo, J. E.; Camargos, J. A. A. A madeira e seus usos. Brasília: SFB/LPF/MMA. 204 p. 2016.

Melo, J.E.; Coradin, V.T.R.; mendes, J.C. Classes de densidade de madeira para a Amazônia brasileira. Silvicultura, São Paulo, v. 12, n. 42, p. 695-699,1992.

Moreschi, J.C. Propriedades tecnológicas da madeira. Curitiba: Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal, Setor de Ciências Agrárias/UFPR, v. 4, p. 208, 2012.

Moya, R.; Tenorio, C.; Meyer, I. Influence of wood anatomy on moisture content, shrinkage and during defects in Vochysiaguatemalensis Donn Sm. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 40, n. 94, p. 249-258, 2012.

Nahuz, A. R. Catálogo de madeiras brasileiras para a construção civil. São Paulo: IPT - Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo, 2013.

Oliveira, J. T. S.; Silva, J. C. Variação radial da retratibilidade e densidade básica da madeira de Eucalyptus salignaSm. Revista Árvore, Viçosa, MG, v. 27, n. 3, p. 381-385, 2003.

Potulski, D, C; Densidade e retratibilidade da madeira juvenil Pinus maximinoi H. E. Moore e Pinus taeda L. 2010. 48 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Industrial Madeireira) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2010.

Potulski, D. C. Densidade e retratiblidade da madeira juvenil de Pinus maximinoi H. E. Moore E Pinus taeda L.

Silveira, L. H. C.; Rezende, A. V.; Vale, A. T. Teor de umidade e densidade básica da madeira de nove espécies comerciais amazônicas. Acta Amazonica. v. 43, n. 2, p. 179 – 184, 2013.

Sousa, W. C. S.; Barbosa, L. J.; Rodrigues, I. N.; Andrade F. W. C. Caracterização física da madeira comercial de Piquiá (Caryocar spp.). In: Congresso Brasileiro de Ciência e Tecnologia da Madeira. 2, 2015. Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte p.7. 2015.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n3-023

Apontamentos

  • Não há apontamentos.