Incidência de Salmonella ssp e Staphylococcus aureus no leite de vacas da raça Pantaneira / Incidence of Salmonella spp and Staphylococcus aureus in the milk of cows Pantaneira breed

Dirce Ferreira Luz, Tamara Ferreira da Silva, Sirlei Fernandes Marciel, Marcus Vinicius Morais de Oliveira

Resumo


A raça Pantaneira é oriunda da miscigenação de bovinos europeus trazidos pelos espanhóis e portugueses durante a colonização do Pantanal. A seleção natural tornou esse gado resistente a parasitas e magnificamente adaptado às condições ambientais desse Bioma. Tendo em vista que o leite é um dos alimentos mais nobres, a quantificação microbiana é de suma importância, visto que a multiplicação bacteriana provoca alterações nos teores de gordura, açúcar e proteína, modificando suas características nutricionais. Dentre os microrganismos, o Staphylococcus aureus e a Salamonella ssp se destacam, devido a sua importância no status sanitário e patogênico. Deste modo, este trabalho buscou avaliar a incidência desses microrganismos no leite de vacas da raça Pantaneira, criadas no Núcleo de Conservação de Bovinos Pantaneiros (NUBOPAN) da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). Foram coletadas 120 amostras de leite recém-ordenhado e analisados no Laboratório de Microbiologia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Para a quantificação do Staphylococcus utilizou-se o método de contagem “Spread-plate” em Ágar Baird Parker (BP) com telurito de potássio a 3,5%, em triplicata, depositando-se 0,1 ml de cada diluição (10-1, 10-2 e 10-3). Já para Salmonella foram utilizados os meios caldos lactosado, caldo selenito-cistina, tetrationato, ágar verde brilhante (BGA), agar bismuto sulfito (BSA) e ágar salmonella-shigella (SS). Não foram observadas cepas de Salmonella ssp e ausência de Staphylococcus aureus, indicando que o leite das vacas da raça Pantaneira é apropriado para o consumo Humano.

 


Palavras-chave


bovino pantaneiro, qualidade microbiológica, recurso genético animal

Texto completo:

PDF

Referências


ANDREWS, W. H.; POELMA, P. L.; WILSON, C. R. Isolation and identification of Salmonella species. In: Bacteriological Analytical Manual - Food and Drug Administration, 6' ed., p.7.01-7.17, Arlington: AOAC, 1984.

APHA. American public health association. Compendium of methods for the microbiological examination of foods. 3ed. Washington: APHA, p.325-369, 1992.

ÁVILA, C. R.; GALLO, C. R. Pesquisa de Salmonella spp. em leite cru, leite pasteurizado tipo C e queijo “minas frescal” comercializados no Município de Piracicaba-SP. Scientia Agrícola, v.53, n.1, p.159-163, 1996.

BARUFFALDI R.; PENNA, T. C. V.; MACHOSHVILI, I. A.; ABE, L. E. Condições higiênico- Sanitárias do leite pasteurizado tipo “B” vendido na cidade de São Paulo, SP (Brasil), no período de fevereiro a agosto de 1982. Revista Saúde Pública, v.18, n.5, p.367-374, 1984.

BRASIL, MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa n°.051, de 18 de setembro de 2002. Diário Oficial da União, Brasília, 20 de setembro de 2002.

BRASIL, MAPA - Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa nº 76 de 26 de novembro de 2018. Regulamentos Técnicos que fixam a identidade e as características de qualidade que devem apresentar o leite cru refrigerado, o leite pasteurizado e o leite pasteurizado tipo A. Diário Oficial da União, seção 1, novembro de 2018.

BRITO, J. R. F.; SOUZA, G. N.; FARIA, C. G.; MORAES, L. C. D. Normas para coleta e envio de amostras de leite do rebanho para determinação dos teores de gordura, proteína, lactose, sólidos totais, contagem de células somáticas e contagem total de bactérias. Embrapa Gado de Leite, 2008. Disponível em: http://www.cnpgl.embrapa.br/nova/produtoserv/.../ManualColeta. pdf.

BORGES, M. F.; RENATA, T. N.; PEREIRA, L. Perfil de contaminação por Staphylococcus suas enterotoxinas e monitorização das condições de higiene em uma linha de produção de queijo de coalho. Ciência Rural, v.38, n.5, p.1431-1438, 2008.

CATÃO, R. M. R.; CEBALLOS, B. S. O. Listeria Spp., Coliformes Totais e Fecais e E. Coli no leite cru e pasteurizado de uma indústria de laticínios, no estado da Paraíba (Brasil). Ciência e Tecnologia de Alimentos, v.21, n.3, p.282-287, 2001.

CLARE, D. A.; SWAISGOOD, H. E. Bioactive milk peptides: A prospectus. Journal of Dairy Science, v.83, n.6, p.1187-95, 2000.

COSTA, E. O.; SÁ, R.; PONCE, H.; WATANABE, E. T.; VALLE, C. R. Avaliação da terapia de mastite clínica: eficácia terapêutica medida em número de dias em tratamento. Revista Napgama, v.2, n.2, p.10-14, 1999.

EGITO, A. A; MARIANTE, A. S; ALBUQUERQUE M. S. M. Programa brasileiro de conservação de recursos genéticos animais. Archivos de Zootecnia, v.51, n.193-194, p.39-52, 2002.

FOOD AND DRUG ADMINISTRATION. Foodborne pathogenic microorganisms and natural toxins. Center for Food Safety and Applied Nutrition. Rockville, Maryland, p.12-16, 1992.

GIOMBELLI, A.; SILVA, N. L. Avaliação do método tradicional para detecção de Salmonella spp. em alimentos. Higiene Alimentar, v.15, n.87, p.63-67, 2001.

JAY, J. M.; LOESSNER, M. J.; GOLDEN, D. A. Modern Food Microbiology.7. ed. New York: Springer, 2005. 790p.

JULIANO, R. S.; RAMOS, A. F.; SANTOS, A. S.; ABREU, U. G. P. Análise de características reprodutivas indicadoras de puberdade em tourinhos Pantaneiro. Archivos Zootecnia, v.60, n.231, p.325-328, 2011.

MANSUR, P. U.; FOLLY, M. M.; CARLOS, L.A.; ARAÚJO, F. M.; GAI, Z. T.; TEIXEIRA, G. N. Avaliação do período de persistência do antibiótico cloxacilina no leite de vacas com mastite subclínica. Revista de Higiene e Alimentação, v.17, n.104/105, p.106, 2003.

MCMANUS, C.; ABREU, U. G.; SANTOS, S.; MELO, C. B.; LOUVANDINI, H. Bovino Pantaneiro. Série técnica: Genética. INCT: Informação Genético-Sanitária da Pecuária Brasileira. 2010. Disponível em: http://inctpecuaria.com.br/images/informacoestecnicas/serie_tecnica_bovino_pantaneiro.pdf

MAZZA, M. C. M; MAZZA CA, SERENO, J. R. B; SANTOS, S. A. L; MARIANTE, A. S. Phenotipical characterization of pantaneiro cattle in Brasil. Archivos de Zootecnia, v.41, n.154, p.477-484, 1992.

OLIVEIRA, E. N. A.; SANTOS, D. C.; OLIVEIRA, A. S.; SOUSA, F. C. Composição físico-química de leite em diferentes fases de lactação. Revista Acadêmica: Ciências Agrárias e Ambientais, v.8, p.409-415, 2010.

PADILHA, M. R. F.; FERNANDES, Z. F.; LEAL, T. C. A.; LEAL, N. C.; ALMEIDA, A. M. P.; Pesquisa de bactérias patogênicas em leite pasteurizado tipo C comercializado na cidade de Recife, Pernambuco, Brasil. Revista Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v.34, n.2, p.167-171, 2001.

POPESCU, A.; ANGEL, E. Analysis of milk quality and its importance for milk processors. LucrăriŞtiinţificeZootehnieŞiBiotehnologii, v.42, n.1, p.501-503, 2009.

RUFINO JUNIOR, J.; OLIVEIRA, M. V. M; CARVALHO, D. M. C; TEODORO, A. L; VARGAS, J. R. F. M; GOES, R. H. T. B; COSTA, L. G. Potencial produtivo de novilhas da raça pantaneira alimentadas com fenos de baixa qualidade. Semina: Ciências Agrárias, v.35, n.4, (Supl. 1), p.2605-2616, 2014.

SANT’ANA, V. A. C.; BIRGEL, E. H.; ROSENFELD, A. M. F.; SOARES, P. C. Proteinograma do leite de vacas lactantes submetidas à retenção láctea. Brazilian Journal Veterinary Research Animal Science, v.43, n.2, p.262-269, 2006.

SANTOS, A. S.; SILVA, R. A. M. S.; COMASTRI FILHO, J. Á.; ABREU, U. G.P.; MCMANNUS, C.; MARIANTE, A. S.; LARA, M. A. C.; PELEGRIN, A. O.; RAVAGLIA, E. Desempenho de bezerros pantaneiros, nelore e cruzados criados no Pantanal, Brasil. Archivos de Zootecnia, v.54, n.206-207, p.501-508, 2005.

SCHUSTER C.; GONZALEZ, H. L.; BUCHLE, J.; TIMM, C. D. Avaliação de equipamento alternativo para pasteurização lenta de leite previamente envasado. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v.26, n.4, p.828-831, 2006.

SERENO, J. R. B. Uso do potencial do bovino Pantaneiro na produção de carne orgânica do Pantanal. I Conferência virtual global sobre produção orgânica de bovinos de corte. 02 de setembro à 15 de outubro de 2002 - Via Internet. 2002. Disponível em: http://www.cpap.embrapa.br/agencia/congressovirtual/pdf/portugues/06pt04.pdf

SIMÕES, T. V. M. D.; OLIVEIRA, A. A. Mastite bovina: considerações e impactos econômicos- Embrapa. 2012. Aracaju: Embrapa Tabuleiros Costeiros. Disponível em: http://www.cpatc.embrapa.br/publicacoes_2012/doc_170.pdf

SOARES, M. C. Segurança Alimentar – Perigos Biológicos e Químicos. Lisboa: Publicações Ciência e Vida, 2003. 163p.

SOUZA, E. M.; MILAGRES, J. C.; REGAZZI, A. J.; MARTINEZ, M. L.; SILVA, M. A. Effects of genetic and environmental factors on milk production of dairy Gir cattle in Brazil. Revista Brasileira de Zootecnia, v.25, p.889-901,1996.

ZHAO, X.; LACASSE, P. Mammary tissue damage during bovine mastitis: causes and control. Journal of Animal Science, v.86, n.13 (suppl), p.57-65, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n3-018

Apontamentos

  • Não há apontamentos.