Níveis de esterco bovino em substratos para produção de mudas de abóbora / Levels of cattle manure in substrates for production of pumpkin seedlings

Jailson do Carmo Alves, Mônica Lima Alves Pôrto, Artur de Oliveira Silva, Matias da Silva Nascimento, José Feitosa da Silva Neto, Alison Felipe Santos de Oliveira

Resumo


O substrato é de suma importância na produção de mudas de hortaliças em recipientes. O objetivo do trabalho foi avaliar a produção de mudas de abóbora (Cucurbita moschata Duch., cv. Jacarezinho) em substratos com concentrações crescentes de esterco bovino. O experimento foi conduzido no delineamento blocos casualizados, com cinco concentrações de esterco bovino no substrato (0; 25; 50; 75 e 100% (v v-1), em relação ao solo) e quatro repetições. As mudas foram produzidas em bandejas de poliestireno expandido com 128 células em viveiro telado. Aos 14 dias após a semeadura, foram avaliados o diâmetro do colo, altura, número de folhas, matéria seca das raízes e matéria seca da parte aérea das mudas de abóbora. Todas as características avaliadas das mudas de abóbora aumentaram seguindo um modelo linear com aumento das concentrações de esterco bovino no substrato. Os valores máximos de diâmetro do colo (4,22 mm), altura (18,03 cm), número de folhas (1,82 unidades/plântula), matéria seca das raízes (0,046 g/plântula) e matéria seca da parte aérea (0,251 g/plântula) das mudas de abóbora foram obtidos com o emprego da concentração máxima de esterco bovino no substrato. Os resultados deste trabalho indicam que o esterco bovino pode ser empregado com eficiência na confecção de substratos alternativos para produção de mudas de abóbora, podendo ser empregado um substrato integralmente a base de esterco bovino para a produção de mudas dessa espécie.


Palavras-chave


Cucurbita moschata Duch., agricultura orgânica, substratos alternativos

Texto completo:

PDF

Referências


CAMPANHARO, M.; RODRIGUES, J. J. V.; LIRA JUNIOR, M. A.; ESPINDULA, M. C. Características físicas de diferentes substratos para a produção de mudas de tomateiro. Revista Caatinga, Mossoró, v. 19, n. 2, p.140-145, 2006.

EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Manual de métodos de análise de solos. 2. ed. Rio de Janeiro: EMBRAPA-CNPS, 1997. 212p.

FERREIRA, D. F. Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, Lavras, v. 35, n. 6, p. 1039-1042, 2011.

FILGUEIRA, F. A. R. Novo manual de olericultura: agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. 3 ed. Viçosa: UFV, 2008. 402 p.

KLEIN, M. R.; PEREIRA, D. C.; Souza, C. H. W.; MONTEIRO, V. H.; BERNARDI, F. H.; COSTA, L. A. M.; COSTA, M. S. S. M. Substratos alternativos para produção de mudas de tomate tipo cereja. Revista Brasileira de Agroecologia, Porto Alegre, v. 4, n. 2, p. 3339-3342, 2009.

ÜDKER, I.; SOUZA, B. R.; BRAGA, O. D.; LIMA, L. D.; REZENDE, V. F. Produção de mudas de pimentão em substratos a base de fibra de coco verde para agricultura orgânica. In: SIMPÓSIO NACIONAL CERRADO, 9., 2008, Brasília. Resumos... Brasília: Embrapa Cerrados, 2008. 1. CD-ROM.

MINAMI, K.; PUCHALA, B. Produção de mudas de hortaliças de alta qualidade. Horticultura Brasileira, Brasília, v. 18, suplemento, p. 162-163, 2000.

MOREIRA, M. A.; DANTAS, F. M.; BIANCHINI, F. G.; VIÉGAS, P. R. A. Produção de mudas de berinjela com uso de pó de coco. Revista Brasileira de Produtos Agroindustriais, Campina Grande, v. 12, n. 2, p. 163-170, 2010.

PRESTES, M. T. Efeito de diferentes doses de esterco de gado no desenvolvimento e balanço nutricional de mudas de Angico (Anadenanthera macrocarpa). 2007. 51 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) – Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Universidade de Brasília, Brasília, 2007.

RESENDE, G. M.; BORGES, R. M. E.; GONÇALVES, N. P. S. Produtividade da cultura da abóbora em diferentes densidades de plantio no Vale do SãoFrancisco. Horticultura Brasileira,v. 31, n. 3, p.504-508, 2013.

SANTOS, M. R.; SEDIYAMA, M. A. N.; SALGADO, L. T.; VIDIGAL, S. M.; REIGADO, F. R. Produção de mudas de pimentão em substratos à base de vermicomposto. Bioscience Journal, Uberlândia, v. 26, n. 4, p. 572-578, 2010.

SOUZA, E. G. F.; SANTANA, F. M. S.; MARTINS, B. N. M.; PEREIRA, D. L.; BARROS JÚNIOR, A. P.; SILVEIRA, L. M. Produção de mudas de cucurbitáceas utilizando esterco ovino nacomposição de substratos orgânicos. Revista Agro@mbiente On-line, v. 8, n. 2, p. 175-183, 2014.

TRAZZI, P. A.; CALDEIRA, M. V. W.; COLOMBI, R.; PERONI, L.; GODINHO, T. E. Estercos de origem animal em substratos para a produção de mudas florestais: atributos físicos e químicos. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 40, n. 96, p. 455-462, 2012.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n2-028

Apontamentos

  • Não há apontamentos.