Melhor arranjo de plantas para os genótipos de sorgo sacarino BR 506 e BR 511 visando à produção de etanol / Better plant arrangement for the sweet sorghum genotypes BR 506 and BR 511 aimed at ethanol production

Lília Sichmann Heiffig del Aguila, Rafael Kunh Gehling, Tatielen de Fátima Marafão Caputo, Juan Saavedra del Aguila

Resumo


A mudança climática do mundo é uma realidade do século XXI, tendo o homem como principal agente desta mudança, ao utilizar combustíveis fósseis para gerar energia e se transportar; ante esta mudança climática apresenta-se duas possibilidades de enfrentamento, a primeira a mitigação destas mudanças e a segunda é a adaptação a estas mudanças. No caso da mitigação das mudanças climáticas, podemos ter a redução da utilização de combustíveis fósseis e o aumento e/ou utilização de substitutos energéticos, como é o caso dos biocombustíveis. Nesta linha de pensamento, o sorgo sacarino apresenta alto potencial para produzir biomassa e assemelha-se à cana-de-açúcar, por apresentar colmos suculentos com altos teores de açúcares fermentescíveis. Por todo o anterior, propôs-se este trabalho com o objetivo de avaliar a produtividade de massa verde, a produtividade e a qualidade do caldo de cultivares de sorgo sacarino em diferentes arranjos de plantas. Na área experimental da Embrapa Clima Temperado, na Estação Terras Baixas, em Capão do Leão/RS, foi conduzido o experimento conforme o delineamento experimental em blocos casualizados, em esquema fatorial 2 x 3 x 2 com três repetições, sendo duas cultivares - BRS 506 e BRS 511, três densidades de plantas (120, 140 e 160 mil plantas ha-1) e dois espaçamentos entre linhas (0,50 e 0,70 m), semeado em 16/12/2015 e colhido em 06/05/2016. Cada parcela, independente da população de plantas, correspondeu a um retângulo com 2,8 m de largura e 5,0 m de comprimento, configurando área de 14,0 m2. Foram avaliados os seguintes caracteres: produtividade de massa verde (folhas + colmo - em t ha-1), produtividade de caldo (em t ha-1), eficiência de extração (%) e quantidade de açúcares parciais presentes no caldo (ºBrix). Os efeitos estatisticamente significativos pelo teste F aplicado à análise de variância foram analisados pelo teste de Tukey a 5%. Preliminarmente conclui-se que, os arranjos de plantas estudados não acarretam diferenciação na produção de massa verde, na produção de caldo e na quantidade de açúcares parciais presentes no caldo (°Brix) para os genótipos de sorgo sacarino BR 506 e BR 511.


Palavras-chave


Sorghum bicolor (L.) Moench, combustíveis fósseis, câmbio climático, biocombustível, sustentabilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, C.J.B. et al. Potencial forrageiro de cultivares de sorgo sacarino em diferentes arranjos de plantas e localidades de Minas Gerais. In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 28.; SIMPÓSIO BRASILEIRO SOBRE LAGARTA DO CARTUCHO, 4., 2010, Goiânia, GO. Potencialidades, desafios e sustentabilidade: resumos expandidos. Goiânia: ABMS, 2010. 1 CD-ROM.

BROADHEAD, D.M.; FREEMAN, K.C. Stalk and sugar yield of sweet sorghum as affected by spacing. Agronomy Journal, Madison, v. 72, p.523-524, 1980.

EMBRAPA. Sorgo - BRS 506. In: Soluções Tecnológicas, 1998. In: https://www.embrapa.br/busca-de-solucoes-tecnologicas/-/produto-servico/478/sorgo---brs-506

LUESCHEN, W.E.; PUTNAM, D.H.; KANNE, B.K.; HOVERSTAD, T.R.. Agronomic practices for production of ethanol from sweet sorghum. Journal of Production Agriculture, Madison, v. 4, p. 619-625, 1991.

MARCHIORI, L.F. Influência da época de plantio e corte na produtividade de cana-de-açúcar. 2004. 277 f. Tese (Doutorado) - ESALQ/USP, Piracicaba, 2004.

PARELLA, R.A.C. et al. BRS 511 – Variedade de Sorgo Sacarino para Produção de Etanol. Sete Lagoas: EMBRAPA, 2011. (Comunicado Técnico nº 196)

TEETOR, V.H.; DUCLOS, D.V.; YOUMG, K.M.; CHAWHUAYMAK, J.; RILEY, M.R.; RAY, D.T. Effects of planting date on sugar and ethanol yield of sweet sorghum grown in Arizona. Industrial Crops and Products, Tucson, v. 34, n. 2, p. 1293-1300, 2011.

WORTMANN, C.S.; LISKA, A.J.; FERGUSON, R.B.; LYON, D.J.; KLEIN, R.N.; DWEIKAT, I. Dryland performance of sweet sorghum and grain crops for biofuel in Nebraska. Agronomy Journal, Madison, v. 102, p. 319-326, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34188/bjaerv3n2-021

Apontamentos

  • Não há apontamentos.