O fracasso escolar na Amazônia: uma abordagem sistêmica da atuação das organizações políticas na educação do Pará / School failure in the Amazon: a systemic approach to the performance of political organizations in Pará education

Roberto Araújo Martins, Milton Cordeiro de Farias Filho

Abstract


Este artigo descreve a organização do sistema político e educacional na modalidade de ensino médio público do estado do Pará. O objetivo foi apresentar o fenômeno do “fracasso escolar” e sua relação com as ações políticas das organizações de gestão (alta e média). Fez uma pesquisa qualitativa básica com uso de websurvey e entrevistas com gestores e como complemento análise documental. Os resultados indicam que a interferência exagerada do sistema político no sistema educacional é fator gerador do “fracasso escolar” como fenômeno social que afeta o sistema político e em seu entorno. Conclui que a atuação das organizações do campo político produz decisões para estabilizar o sistema educacional e promover o sucesso escolar, porém o resultado é o “fracasso”.


Keywords


Sistema Político, Fracasso Escolar; Teoria de Sistemas.

References


AGÊNCIA PARÁ. Pacto pela Educação já mostra resultados. http://www.agenciapara.com.br. Acesso 11/04/2017.

___. Curso “Gestão Escolar Orientada para Resultados (falta)www.agenciapara.com.br/Noticia/143605acesso em 26/04/2017

BAJOIT, G. Le Changemment Social. Paris: Armand Colin, 2002.

BLOG, Pacto pela Educação. http://www.pactoeducacaopara.org/blog/para-obtem-2o-maior-crescimento-no-ideb-e-sobe-quatro-posicoes Acesso. 26/04/2017.

BRASIL. O Plano de Desenvolvimento da Educação – Razões, Princípios e Programas. Disponível em: http://fne.mec.gov.br/images/pdf/notas_tecnicas_pne_2011_2020.pdf. Acesso janeiro 2016.

CATON, Marcia Thereza. Black Male Percpectives on Their Educational Experiênces in High School. UrbanEducation 1055-1085, 2012.

CHARLOT, B. Da relação com o saber: Elementos para uma teoria. Porto Alegre: Artmed, 2000.

CHUBB, J.E.; T.M. MOE. Politics, Markets, and America's Schools: Brookings Institution Bookstore, 1775 Massachusetts Avenue, N.W., Washington, DC 20036, 1990.

FARINHA, José. Abordagem Sistêmica em Educação – Uma perspectiva filosófica da educação. Faculdade de Psicologia e de Ciências da educação. Portugal Universidade de Coimbra 1990.

JOHN SMYTH & ROBERT HATTAM. Early School Leaving and the Cultural Geography of High Schools. British Educational Research Journal, vol. 28, nº 3, 2002.

LUHMANN, Niklas. O conceito de sociedade. In. NEVES, C.E.B.; SAMIOS, E. (org.). Niklas Luhmann: a nova teoria dos sistemas. Porto Alegre: UFRGS, Goethe Institut, 1997ª.

___. Introdução à Teoria dos Sistemas. 3ª ed. Petrópolis, RJ: Ed. Vozes, 2011.

___. Organización y Decisión: autopoiesis, acción y entendimento comunicativo. México, Anthropos, 1997b.

___. Das Erziehunungssystem der Gesellschaft. SurkampVerlag. Frankfurt amMain (2002).

MAROTO, Luis San Fabián. El papel de laorganización escolar em el cambio educativo: La inercia de lo estabelecido. Revista de Educación 356, 2011.

MORAES, Maria Cândida. O Paradigma educacional emergente: implicações na formação do professor e nas práticas pedagógicas. 16 eds. Revista em Aberto, Brasília. Ano 16 n. 70, abril/junho 1996.

NEVES, Clarissa Baeta & SAMIOS, Eva Machado (org.). Niklas Luhmann: A nova Teoria de Sistemas. Porto Alegre. Ed. Universidade/UFRGS, Goethe – Institut/ICBA, 1997.

PATTO, Maria Helena Souza, O Fracasso Escolar como Objeto de Estudo: Anotações sobre as características de um discurso. Cadernos de Pesquisa. São Paulo (65): 72-77, maio 1988.

___. A produção do fracasso Escolar. Histórias de submissão e rebeldia. São Paulo: Casa do Psicólogo (2000).

PEE, 2015. Plano Estadual de Educação. http://www.seduc.pa.gov.br acesso 20/02/2017.

FUNDAÇÃO PROPAZ. Disponível em: http://www.propaz.pa.gov.br/projetos/geral Acesso em 20/04/2017

LARS, Qvortrup. Seminar.net. Media, Tecnology& Lifelong Learning: Society’s Educational System – Na introduction to Niklas Luhmann’spedagogial theory, vol.1, 2005.

LEONARDO, Nilza Sanches Tessaro; LEAL, Zaíra Fátima de Rezende Gonzalez; ROSSATO, Solange Pereira Marques. A naturalização das queixas escolares em periódicos científicos: contribuições da Psicologia Histórico-Cultural. Revista Quadrimestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar, SP. Volume 19, Número1, 163-171 janeiro/abril 2015

RODRIGUES, L. P. Sistemas auto-referentes, autopoiéticos: noções-chave para a compreensão de Niklas Luhmann. Pensamento Plural, Pelotas [03]: 105-120, 2008.

RODRIGUEZ, D; ARNOLD, M. Sociedad y teoria de sistemas. Santiago do Chile: Universitária, 1990.

SAVIANI, D. Sistema de Educação: subsídios para a Conferência Nacional de Educação. In. QUEIROZ, Arlindo de Cavalcante e GOMES Leda. (Org.). Conferência Nacional de Educação (CONAE) – Reflexões sobre o sistema Nacional Articulado de Educação. Brasília, 2009.

SEDUC, 2016. www.seduc.pa.gov.br/site/sispae. Acesso em 11/04/2017.

STOCKING, Gottfried. A Sociedade da Comunicação, O contributo de Niklas Luhmann. Ed. Papel & Virtual. Rio de Janeiro 2003.

TODOS PELA EDUCAÇÃO, Relatório. https://www.todospelaeducacao.org.br/sala-de-imprensa/releases/41688/tpe-divulga-dados-de-monitoramento-das-metas-1-e-4-do-movimento/. Acesso em 11/04/2017.

VANDERSTRAETEN, R. The Autopoiesis of Educational Organizations: The Impct of the Organization Setting o Educational. Systems ResearchandBehavioral Science. v.19, p.243 – 253, 2002.




DOI: https://doi.org/10.34115/basr.v2i2.437

Refbacks

  • There are currently no refbacks.