Análise de um curso online aberto massivo sob os critérios do MEC / Analysis of a massive open online course under the MEC criteria

Edilmar Marcelino, Ana Beatriz Buoso Marcelino

Abstract


Neste trabalho tivemos como objetivo analisar se o material didático de um curso aberto on-line oferecido pela Fundação Lemann, está em consonância com o projeto pedagógico da instituição e se atende os critérios referenciados pelo MEC, identificando e descrevendo os materiais didáticos e as mídias presentes no curso “Ensino híbrido: personalização e tecnologia na Educação”. Como metodologia, procuramos desenvolver uma pesquisa documental e exploratória, para podermos analisar de forma real o que o curso oferecia. De acordo com o trabalho realizado, concluímos que apesar da oportunidade de aprendizado pela educação a distância ofertada pelos cursos MOOCs, a qualidade dos mesmos deverá ser melhor avaliada, ressaltando a importância da necessidade de mais pesquisas acadêmicas para aprofundar mais o debate crítico sobre os cursos MOOCs, oferecidos no modelo de  educação a distância, tomando por base os critérios de qualidade para cursos desta modalidade estabelecidos pelo MEC.


Keywords


Educação a Distância. MOOCs. Critérios do MEC.

References


ALBERTI, T.F.; MALLMANN,E.M.; SONEGO, A.H.S.; PIGATTO, G.M.; JACQUES, J.S.; STORGATTO, G.A. Oportunidades, perspectivas e limitações dos MOOC no âmbito da UAB/UFSM. ESUD 2013 – X Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância Belém/PA.

AVERBUG, R. Material didático impresso para educação a distância: tecendo novo olhar. Revista Digital CVA, v. 2, n. 5 – Set 2003. Disponível emhttp://pead.ucpel.tche.br/revistas/index.php/colabora/article/viewFile/37/34. Acesso em 12 out 2015.

BARROS, Maria das Graças. CARVALHO, Ana Beatriz Gomes. As concepções de interatividade nos ambientes virtuais de aprendizagem. Rev. Tec. Dig. Educ. Campina Grande: EDUEP. p.209-232; 2011.

BATISTA, E. M.; GOBARA, S. T. O fórum on-line e a interação em um curso a distância. Disponível em:http://www.cinted.ufrgs.br/ciclo9/artigos/8cErlinda.pdf. Acesso em 10 jun. 2016.

BELIZARIO, A. O material didático na educação a distância e a constituição de propostas interativas. In: SILVA, M. (org). Educação online: teorias, práticas, legislação, formação corporativa. São Paulo. Editora Loyola, 2006. P. 136-148.

BRASIL. Referenciais de qualidade para a educação superior a distância. Brasília, DF: MEC, 2007.

BOHRZ, R., SANTOS, J. E. Materiais didáticos na EAD: mapeamento e análise da produção no Brasil.Revista Novas Tecnologias na Educação- vol. 13, n,2, 2015. Disponível emhttp://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/61447/36333. Acesso em 25 fev 2016.

COSTA, Luciano Andreatta Carvalho. FRANCO, Sérgio Roberto Kieling. Desenvolvimento de um Ambiente Virtual de Aprendizagem à luz do enfoque sistêmico. TAC, Curitiba, v. 1, n. 2, art. 1,p. 42-54, Jul./Dez. 2011.

COSTA, Luciano Andreatta Carvalho. FRANCO, Sérgio Roberto Kieling. Ambientes virtuais de aprendizagem e suas possibilidades construtivistas. Rev. Novas Tec Educ. v.3, n.1, maio, 2015.

GIRAFFA, Lucia M. M. Educação apoiada por tecnologias digitais: perspectivas relacionadas à educação em larga escala. Disponível em:http://goo.gl/fa2Xi3. Acesso em 10 jun. 2016.

KENSKI, V. M. Gestão e uso das mídias em projetos de Educação a distância. Revista e-curriculum – v. 1, n.1 2005/2006. Disponível em:http://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum/article/view/3099. Acesso em 11 out 2015.

LEMANN, F. Quem somos. Disponível em:http://www.fundacaolemann.org.br/quem-somos/ . Acesso em 03 de Maio de 2016.

MACHADO, S. F.; TERUYA, T. K. Mediação pedagógica em ambientes virtuais de aprendizagem: a perspectiva dos alunos. Disponível em:http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2009/anais/pdf/2696_1218.pdf. Acessado em 10 jun. 2016.

MESSA, Wilmara Cruz. Utilização de ambientes virtuais de aprendizagem - AVAS: a busca por uma aprendizagem significativa. Rev. Bras. Aprend Ab. Dist. Vol. 9, 2010.

OLIVEIRA, V. Brasileiros colecionam diplomas em MOOCs. Disponível em:http://porvir.org/brasileiros-colecionam-diplomas-em-moocs/. Acesso em 10 de junho de 2016.

RUIZ, E. M. S. D. Material Didático De Educação A Distância, Neoliberalismo E Autonomia: Relações (Im)Possíveis. Revista Unisinos – vol. 11, n. 3, set/dez 2013. Disponível emhttp://revistas.unisinos.br/index.php/calidoscopio/article/view/cld.2013.113.08/3767Acesso em 25 fev 2016.

SALES, M. V. S.; NONATO, E. R. S. EAD e material didático: reflexões sobre mediação pedagógica. Disponível em http://iea.com.br/wp-content/uploads/2011/12/552007104704PM.pdf. Acesso em 12 out 2015.

SILVA, I. M. Educação a Distância: uma abordagem dialógica na construção de materiais didáticos impressos. Revista Didática Sistêmica – vol 12, n.1, 2011. Disponível emhttp://pakacademicsearch.com/pdf-files/edu/149/20-33ª %20v.%2013,%20n.%201%20(2011).pdf. Acesso em 22 fev. 2016.

SILVEIRA, SIDNEI RENATO; CANDOTTI, CLARISSA TARRAGÔ; FALKEMBACH, GILSE MORGENTAL; GELLER, MARLISE. Aplicação de Aspectos de Design Instrucional na Elaboração de Materiais Didáticos Digitais para Educação a Distância. Revista D. Porto Alegre, n. 3, p. 77-96, 2011.

VIEIRA, A. R., NRONHA, A. B. Formatação de textos para e-learning: uma aplicação da técnica conjointanalysis . Revista Brasileira de Educação a Distância – vol. 10,2011. Disponível em http://www.abed.org.br/revistacientifica/Revista_PDF_Doc/2011/Artigo_03.pdf. Acesso em 26 fev 2015.

ZANONI, Eliane. BACCARO, Thais Accioly. Ambientes Virtuais de Aprendizagem e sua Importância no Processo Pedagógico.UNOPARCient, Cienc, Human, Educ, Londrina, v.9, p. 99-104, Out. 2008.




DOI: https://doi.org/10.34115/basr.v2i2.427

Refbacks

  • There are currently no refbacks.