Fontes renováveis de energia elétrica: evolução da oferta de energia fotovoltaica no Brasil até 2050 / Renewable electric energy sources: evolution of the supply of photovoltaic energy in Brazil until 2050

Alzira Marques de Oliveira, Maurício Conceição Mario, Marcos Tadeu Tavares Pacheco

Resumo


A população mundial não para de crescer e suas exigências de conforto e avanços tecnológicos aumentam em velocidade exponencial. Sendo assim, atualmente há uma necessidade de buscar novas alternativas energéticas, uma vez que em breve teremos um cenário de possível escassez de energias fósseis. A combinação de uma crescente dependência mundial por energia e a necessidade da utilização de fontes renováveis, que não sejam prejudiciais ao meio ambiente como tendência mundial para suprir a demanda, são as motivações desta pesquisa, voltada para hipótese de que a energia solar seria as mais adequada para a implementação de usinas de energia renovável sendo também uma alternativa interessante para recuperação de empregos no momento pós pandemia. Neste sentido, o presente estudo teve por objetivo reunir dados sobre as principais fontes de energia renovável, e por meio de uma comparação entre fonte hidrelétrica e fotovoltaica, inferir uma projeção da evolução da oferta de energia por meio dos sistemas fotovoltaicos até 2050. Para alcançar o objetivo proposto utilizou-se o método de pesquisa bibliográfica e utilizou-se gráficos com projeção de futuro, para inferir sobre a possível evolução da oferta de energia de fonte hidrelétrica e fotovoltaica. Os resultados destacaram o potencial de desenvolvimento dos sistemas fotovoltaicos, onde o gráfico da oferta futura aponta um crescimento exponencial nos próximos 20 anos. Os autores pesquisados confirmam que o ponto de vista econômico, aliado ao benefício ambiental, pode ser visto como um fator relevante para o investimento neste tipo de fonte de geração de energia elétrica.

 


Palavras-chave


Energia renovável, Energia Fotovoltaica, Eficiência energética, Impactos ambientais, Gases do Efeito Estufa.

Texto completo:

PDF

Referências


BARBOSA FILHO, W. P.; FERREIRA, W. R.; AZEVEDO, A. C. S.; COSTA, A. L.; PINHEIRO, R. B.. Expansão da Energia Solar Fotovoltaica no Brasil: Impactos Ambientais e Políticas Públicas. Revista Gestão & Sustentabilidade Ambiental, v. 4, p.628-642, dez. 2015. DOI: 10.19177/rgsa.v4e02015628-642 Disponível em: http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/gestao_ambiental/article/view/3467 Acesso em: 16 mar. 2020.

BRASIL, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Energia: Infraestrutura. Disponível em: https://www.bndes.gov.br/wps/portal/site/home/imprensa/noticias/conteudo/bndes-aprova-1-financiamento-para-gera-o-solar-de-r-529-mi Acesso em: 03 mar. 2020.

BRASIL, Empresa de Pesquisa Energética – EPE. Fontes de energia. Disponível em: http://www.epe.gov.br/pt/abcdenergia/fontes-de-energia Acesso em: 28 jan. 2020

COYLE, E. D.; SIMMONS, R. A. Understanding the global energy crisis. Purdue University Press, 2014.

DUPONT, F. H.; GRASSI, F.; ROMITTI, L. Energias Renováveis: buscando por uma matriz energética sustentável. Revista Eletrônica em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental. Santa Maria, v. 19, n. 1, Ed. Especial, p. 70 – 81. DOI: 105902/2236117019195

FEARNSIDE, P.M. A hidrelétrica de Belo Monte como fonte de gases de efeito estufa: Desafios para midiatização da ciência na Amazônia. p. 287-294, 2015. In: Hidrelétricas na Amazônia: Impactos Ambientais e Sociais na Tomada de Decisões sobre Grandes Obras. Vol. 1. Editora do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), Manaus, 2015. 296 pp. ISBN: print: 978-85-211-0143-7 online: 978-85-211-0151-2

GOLDEMBERG, J.; LUCON, O. Energia, Meio Ambiente e Desenvolvimento. São Paulo: USP, 2012.

GOMES, V. J. F. O Meio Ambiente e o risco de apagão no Brasil. In: Anais do II Seminário Internacional sobre reestruturação e regulação do setor de energia elétrica e gás natural. 2007 Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, setembro de 2007. Rio de Janeiro: Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Grupo de Estudos do Setor Elétrico - GESEL. Disponível em: http://www.nuca.ie.ufrj.br/gesel/seminariointernacional2007/artigos/pdf/victorjose_omeioambiente.pdf Acesso em: Acesso em: 19 out 2020.

LAGRIMANTE, D.; LANDIM, L. P.; CRUZ, V.; AMARANTE, M. Estudo da Aplicação de Energia Fotovoltaica. Pesquisa e Ação, v. 4, n. 1, mai. 2018. ISSN 2447-0627

LE PAGE, M.; ANANTHASWAMY, A. Power paradox: Clean might not be green forever. New Scientist (website). Disponível em: https://www.newscientist.com/article/mg21328491-700-power-paradox-clean-might-not-be-green-forever/#ixzz6B10DEDfD Acesso em: 14 já. 2020.

MANDELMAN, M. Análise crítica da matriz energética brasileira e a implementação de Smart Grid. Dissertação apresentada para a conclusão de mestrado em Engenharia Mecânica. Taubaté: Universidade de Taubaté, 2011. Disponível em: http://repositorio.unitau.br/jspui/handle/20.500.11874/370 Acesso em 03 mar. 2020.

MARENGO, J. A., NOBRE, C. A., SELUCHI, M. E., CUARTAS, A., ALVES, L. M., MENDIONDO, E. M., OBREGÓN, G., SAMPAIO, G. A seca e a crise hídrica de 2014-2015 em São Paulo. Revista USP, (106), 31-44, 2015. Disponível em: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i106p31-44 Acesso em: 19 out 2020.

MARTINS, L. Z. R. Geração centralizada de energia solar fotovoltaica e desenvolvimento local: estudo de caso da Usina de Pirapora. Monografia de conclusão de curso (Graduação em Administração Pública). Fundação João Pinheiro, Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, 2017.

MICROSOFT – SUPORTE. Criar uma previsão no Excel para Windows. (website) Disponível em: https://support.microsoft.com/pt-pt/office/criar-uma-previs%C3%A3o-no-excel-para-windows-22c500da-6da7-45e5-bfdc-60a7062329fd Acesso em: 25 ago. 2020.

MOURA, R. G.; BARBOSA, M. V.; LOPES, P. L. A Gestão de Projeto para instalação de uma Usina de Energia Fotovoltaica: compreendendo algumas ferramentas estratégicas. Revista Valore, [S.l.], v. 4, p. 613-626, jan. 2020. ISSN 2525-9008.

OLIVEIRA, A. P. M.; FUGANHOLI, N. S.; CUNHA, P. H. DE S.; BARELLI, V. A.; BUNEL, M. P. M.; NOVAZZI, L. F. ANÁLISE TÉCNICA E ECONÔMICA DE FONTES DE ENERGIA RENOVÁVEIS. The Journal of Engineering and Exact Sciences, v. 4, n. 1, p. 0163-0169, 2 mar. 2018.

OLIVEIRA, Othon G.; OLIVEIRA, Rafael Henrique de; GOMES, Renato O. ENERGIA SOLAR: UM PASSO PARA O CRESCIMENTO. REGRAD, UNIVEM/Marília-SP, v. 10, n. 1, p 377 - 389, 2017.

RANGEL, M. S.; BORGES, P. B.; SANTOS, I. F. S. Análise comparativa de custos e tarifas de energias renováveis no Brasil. Revista Brasileira de Energias Renováveis, v.5, n.3, p.267-277, 2016.

REI, F. C. F.; GONÇALVES, A. F.; SOUZA, L. P. ACORDO DE PARIS: REFLEXÕES E DESAFIOS PARA O REGIME INTERNACIONAL DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS. Veredas do Direito: Direito Ambiental e Desenvolvimento Sustentável, Belo Horizonte, v. 14, n. 29, p. 81-99, out. 2017. ISSN 21798699. Disponível em: http://www.domhelder.edu.br/revista/index.php/veredas/article/view/996 Acesso em: 15 jan. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.18623/rvd.v14i29.996.

SILVA, R. G.; CARMO, M. J. Energia solar fotovoltaica: uma proposta para melhoria da gestão energética. International Scientific Journal, n. 2, v. 12- 8, April/June 2017.




DOI: https://doi.org/10.34115/basrv5n1-016

Apontamentos

  • Não há apontamentos.