Caracterização de resíduos de eva da indústria calçadista para obtenção de revestimento/isolante acústico / Characterization of eva waste from the footwear industry to obtain acoustic coating/insulation

Dannywill Medeiros dos Santos, Cecília Silva Costa, Lucas da Rocha de Melo, Jacson Machado Nunes, Jania Betania Alves da Silva

Resumo


As indústrias calçadistas Brasileiras geram uma elevada quantidade de resíduos de poli[(etileno)-co-(acetato de vinila)] (EVA), sem reaproveitamento significativo e/ou reciclagem. Atualmente a destinação dada para esses resíduos é o aterramento e/ou reciclagem energética. Neste contexto, esse estudo teve objetivo caracterizar resíduos de EVA de uma empresa de calçados, localizada na cidade de Cruz das Almas, Bahia.  A metodologia consistiu em análise morfológica, medidas de densidade e dureza média e análises térmicas: calorimetria exploratória diferencial (DSC) e análise termogravimétrica (TGA). Através das análises morfológicas do resíduo e da manta (constituída do resíduo), pôde-se observar a irregularidade da superfície, presença de poros e lacunas no material; o resíduo (na forma de manta) apresentou densidade média 9,5% menor, em relação à densidade da placa expandida do Eva virgem.  A dureza média do EVA virgem foi 72% maior, quando comparada com o EVA resíduo (em forma de manta).  Na análise de TGA foi observada duas perdas de massa, a primeira de 34% na faixa de temperatura de 181 a 384ºC, e a segunda de 44% na faixa de temperatura de 395 a 536ºC, a análise de DSC mostrou temperatura de fusão cristalina em aproximadamente 210ºC para a manta.


Palavras-chave


EVA, Reaproveitamento, resíduo.

Texto completo:

PDF

Referências


ABIPLAST–Associação Brasileira da Indústria do Plástico. 2013. A Indústria Brasileira da Transformação de Material Plástico, Perfil 2012.

CAETANO, M. J. L., Fenômenos Físicos que Afetam a Propagação do Som. Disponível em: < http://ctborracha.com/?page_id=1667>. Acesso em: 01 maio. 2015.

FILHO, R. S. P., MÉLO, A. B. BARBOSA; N. P. A reciclagem de resíduos da indústria de calçados (EVA) na execução de painéis de vedação na construção civil: aplicação de desempenho. II Encontro Temático de Meio Ambiente e Educação Ambiental, João Pessoa, 2003.

MARCILLA, A. and BELTRAN, M. Kinetic Study of the Thermal Decomposition of Polystyrene and Polyethylene-Vinyl Acetate Graft Copolymers by Thermogravimetric Analysis. Polymer Degradation and Stability,1995, 50, 117-124.

PRESTES, S. M. D. Reaproveitamento de resíduos de EVA reticulado através de reciclagem química. Tese Doutorado em Ciências e Tecnologia dos Materiais. Universidade Estadual Paulista, Sorocaba, 2013.

STARK, W and JAUNICH, M. Investigation of Ethylene/Vinyl Acetate Copolymer (EVA) by thermal analysis DSC and DMA. Polymer Testing 2011, Issue 2, 236-242.

ZATERRA, A. J. et al. , Caracterização de resíduos de copolímeros de Etileno-Acetato de Vinila – EVA. Polímeros: Ciência e Tecnologia, São Carlos, 2005, v. 15, n. 1, p. 73-78.




DOI: https://doi.org/10.34115/basrv5n1-005

Apontamentos

  • Não há apontamentos.