Avaliação da integridade de estacas tipo raiz através de ensaio não destrutivo Pile Integrity Test associado a sondagem SPT / Evaluation of the integrity of root-type piles through non-destructive Pile Integrity Test associated with SPT drilling

Rodrigo Rogerio Cerqueira da Silva, Jeferson Souza Santos, Gláucia Regina Sampaio, Jamisom Cornélio Marcolino, Roney de Carvalho Oliveira

Resumo


No estado da arte em geral, não é comum encontrarmos pesquisas que abordem a relação entre ensaio PIT (Pile Integrity Test) versus estaca raiz, devido às demasiadas protuberâncias e irregularidades que este tipo de estaca dispõe ao longo do seu fuste, o que dificulta a interpretação dos resultados gerados durante a realização dos ensaios. O presente trabalho visa verificar a eficácia do uso do ensaio PIT na avaliação da integridade em estacas tipo raiz utilizada como reforço estrutural de um viaduto no Município de Arujá – SP. A análise dos resultados associados ao perfil geológico através da investigação de subsolo tipo SPT, com a metodologia de execução da estaca, demonstram situações na variação de propagação de ondas através de reflexões em camadas menos resistentes de solo, estabilizando em camadas com maiores indice de resistência a penetração Nspt. A interpretação de propagações de ondas acondicionada a uma gama de informações geotécnicas permite definir padrões do comportamento de estacas argamassadas, aos quais podem ser úteis para melhorar a precisão dos diagnósticos in loco, tornando-se uma ferramenta não apenas para vistoriar defeitos e suspeitar de anomalias, mas como determinante no auxílio de controle de qualidade e avaliação da interação solo estrutura.


Palavras-chave


Ensaio PIT, estaca raiz, patologia, controle de qualidade, investigação geotécnica.

Texto completo:

PDF

Referências


ASTM D5882-07 (2013), “Standard test method for low strain impact integrity testing of deep foundations”, ASTM International, West Conshohocken, PA, 2013.

Beim, J. W.; Bungenstab, F. C. Ensaio de integridade ( PIT ) – interpretação de resultados obtidos para os casos de estacas dos tipos hélice contínua monitorada e raiz. Revista Fundações e Obras Geotécnicas, p. 60–68, jul. 2014.

Cruz, F. V. A. S.; Jesus, A. C., Tristão, G. A., Beim, G. A Experiência Brasileira na utilização do Ensaio de Integridade através da Perfilagem Térmica. XVII Congresso Brasileiro de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica. 2014.

Kormann, A. C. M. Ensaio de integridade de estacas (PIT)–conceitos básicos. In: Workshop Controle de Qualidade de Fundações através de Provas de Carga Dinâmicas e Verificação de Integridade Estrutural, Sinduscon-SP e ABMS. São Paulo. 2002.

Marcelli, M. Sinistros na construção civil: causas e soluções para danos e prejuízos em obra. São Paulo: Pini, 2007.

Massoudi, N. Teferra, W. "Non-Destructive Testing of Piles Using the Low Strain Integrity Method" International Conference on Case Histories in Geotechnical Engineering. Gaithersburg, Maryland-USA. 2005.

Militisky, J.; Consoli, C. N.; Schnaid, F. Patologia das Fundações. Edição 02 São Paulo-SP. Oficina de Textos. 2015.

Mucheti, A. S. Estacas hélice segmentada: execução, verificação de integridade e estudo do comportamento. 2008. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

Perrotta, M. M. et al. Mapa Geológico do Estado de São Paulo, escala 1:750.000. Programa Levantamentos Geológicos Básicos do Brasil, CPRM, São Paulo, 2005.

PIT (1998 and 2003) PIT-W® Manual – Software for PDI’s Pile Integrity Tester. Pile Dynamics, USA.

Silva, R. R. C.; Pereira, G. A. Verificação do aumento da capacidade de carga em estaca tipo raiz, através da aplicação de ar comprimido. Revista Ciência e Tecnologia, v. 20, n. 36, 2017.

Thasnaipan, Narong; Maung, Aung Win; and Baskaran, Ganeshan, "Sonic Integrity Test on Piles Founded in Bangkok Subsoil: Signal Characteristics and Their Interpretations" (1998). International Conference on Case Histories in Geotechnical Engineering. SEAFCO Co., Ltd., Bangkok, Thailand.

Wu, W.; Acharya, M. S.; Aschauer, F.; and Ludwig, J., "Foundation Rehabilitation of Bridge over Danube: the Role of Pile Integrity Testing" (2008). Institute of Geotechnical Engineering Grund- Pfahl- und Sonderbau Ltd University of Natural Resources and Applied Life Sciences Himberg, Austria Vienna, Austria.




DOI: https://doi.org/10.34115/basrv4n5-014

Apontamentos

  • Não há apontamentos.