Análise da sustentabilidade urbana por meio da avaliação da qualidade ambiental do setor central de Uberlândia-MG / Analysis of urban sustainability through the assessment of the environmental quality of the central sector of Uberlândia-MG

Lucas Dovigo Biziak, Aracy Alves de Araújo, Claudionor Ribeiro da Silva

Abstract


O crescimento da população mundial, nas cidades, demanda planejamento do território, buscando-se uma melhor qualidade ambiental e de vida. O setor central da cidade de Uberlândia mostra-se como uma área de estudo promissora. O que se observa é a ausência de informações, dados contundentes e procedimentos conjuntos quanto à análise desta e a resolução dos problemas ambientais recorrentes, causados por diferentes fontes, os quais dificilmente são sanados devido à análise transversal e, muitas vezes, sem levar em conta os atributos do local. Com os objetivos específicos de se Criar um Índice de Qualidade Ambiental Urbana, mapear esta e sugerir medidas que possam melhorá-la e como estas poderiam ser realizadas, a metodologia implica nas etapas de criação e valoração dos indicadores, geração de mapas e utilização do plug-in Easy AHP do software Qgis, o qual resultou num índice e sua representação em um mapa final de qualidade ambiental urbana.

Keywords


Planejamento urbano, Meio ambiente, Indicadores, AHP

References


FERREIRA, João Sette Whitaker. Globalização e urbanização subdesenvolvida. São Paulo em Perspectiva, [s.l.]. out. 2000. v. 14. n. 4. 10-20 p.

DEPARTAMENTO INTERSINDICAL DE ESTATÍSTICA E ESTUDOS SOCIOECONÔMICOS (DIEESE). Pesquisa nacional da Cesta Básica de Alimentos: Salário mínimo nominal e necessário de 2010. São Paulo, 2010. Disponível em: http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html. Acesso em: 28/12/2016.

GROSTEIN, Marta Dora. Metrópole e expansão urbana: A persistência de processos. São Paulo em Perspectiva, [s.l.]. Jan. 2001. v. 15. n. 1. 13-19 p.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Senso Demográfico 2010. 2010. Disponível em . Acesso em 04/10/2015.

INTER-AMERICAN DEVELOPMENT BANK (IDB). Good practices for urban greening. Washington, Environmental Division of Social Programs and Sustainable Development Department. 1997, 65 p.

LANDIM, Paula Da Cruz. Desenho da paisagem urbana: as cidades médias do interior paulista. Paisagem Ambiente: Ensaios. São Paulo. 2002. n. 16. 109-133 p.

MATTAR NETO, Jorge; KRUGER, Cláudio Marchand; DZIEDZIC, Maurício. Análise de indicadores ambientais no reservatório do Passaúna. Rio de Janeiro: Engenharia Sanitária e Ambiental, 14(2), p. 205-213. 2009.

MARTÍNEZ, Rayen Quiroga; Estatísticas del médio ambiente em América Latina y el Caribe: avances y perspectivas. Chile: Cepal, 2005. Series Manuales.

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE (MMA). Geo Catálogo MMA. 2016. Disponível em: http://geocatalogo.mma.gov.br//. Acesso em 10/09/2016.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS (ONU); World Urbanization Prospects. 2014. Disponível em . Acesso em: 02/10/2015.

PROGRAMA DAS NAÇÕES UNIDAS PARA O DESENVOLVIMENTO – PNUD, INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA – IPEA E FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO – FJP. Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil. 2013. Disponível em: . Acesso em 08/09/2016.

PREFEITURA MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA (PMU). Banco de Dados Integrados 2015. 2015. Disponível em: . Acesso em 12/10/2015.

PREFEITURA MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA (PMU). COORDENADORIA MUNICIPAL DE DEFESA CIVIL (COMDEC); Plano Preventivo de Emergência Pluviométrica – PEP 2015/2016. 68p. 2015.

PREFEITURA MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA (PMU). SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE. DIRETORIA DE CONTROLE AMBIENTAL. Planilha de Reclamações da Patrulha Ambiental 2015-2016. 2016.

PREFEITURA MUNICIPAL DE UBERLÂNDIA (PMU). Bairros Integrados. Disponível em:. Acesso em 12/10/2015.

QGIS DEVELOPMENT TEAM, 2015. QGIS Geographic Information System. Open Source Geospatial Foundation Project. Disponível em: http://www.qgis.org/. Acesso em: 28/12/2016

SAATY, Thomas L. How to make a decision: the analytic hierarchy process. European journal of operational Reserch, North-Holland, 1990. v. 48. 9-26 p.

SALAVAGIO, Rosa.; LIMA, Edyane. Silva de.; SCHNEIDER, Micheli Cristine. Os Indicadores Ambientais como Parâmetros de Melhorias de Qualidade de Vida. In: 2° Seminário Nacional Estado e Políticas Sociais no Brasil, 2005, Cascavel-PR. Anais - 2° Seminário Nacional Estado e Políticas Sociais no Brasil, 2005.

SILVEIRA Vicente Fernando; Geoprocessamento como Instrumento de Gestão Ambiental. In: PHILIPP Jr., Arlindo; ROMÉRO, Marcelo Andrade.; BRUNA, Gilda. Collet. (Org.). Curso de Gestão Ambiental. Barueri-SP: Editora Manole, 2004. cap. 27, p.945-968.

TUAN, Yi-Fu. Espaço e lugar. Tradução de Lívia de Oliveira. São Paulo. Difiel. 1977. 250 p.

VAN KAMP, Irene et al. Urban environmental quality and human wellbeing. Towards a concepts framework and demarcation of concepts; a literature study. Landscape and Urban Planning 65. [S.l], 2003.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-248

Refbacks

  • There are currently no refbacks.