O jogo da memória como ferramenta lúdica para o ensino de zoologia no ensino médio The memory game as a playing tool for teaching zoology in high school

Ingrid Santos, Fernando Luiz Barbosa Farias, Lívia Duarte Marinho de Melo, Ana Carla Barbosa da Silva, Danília de Lima Freitas, Deise Araújo Eleutério, Adrianne Teixeira Barros

Abstract


O presente trabalho foi realizado na Escola Estadual de Ensino Médio Luiz Gonzaga Burity, localizada na cidade de Ingá, na Paraíba. Caracterizada como pesquisa qualitativa, foi desenvolvida por meio de questionários pré-teste (antes da aplicação dos jogos) e pós-teste (após o termino de cada jogo) e envolveu cinquenta alunos de três turmas do 3° ano do ensino médio. Objetivou utilizar o jogo didático para o ensino de Zoologia, a fim de comprovar a importância de sua aplicação como ferramenta de auxílio para professores e alunos no processo ensino-aprendizagem, através de aulas mais dinâmicas, contribuindo para o aumento de interesse e desempenho dos alunos na disciplina. Os resultados encontrados apontam que uma aula prática que utilize estratégias como jogos educativos, aprendizagem cooperativa, vídeos e charges, pode melhorar a qualidade do ensino ofertado. A partir dos testes aplicados, pode-se afirmar que houve um aumento de 58% para 80% nas respostas dadas corretamente, uma diminuição de 31% para 15% nos erros cometidos e de 11% para 5% nas respostas em branco, melhorando o aprendizado dos alunos nesse conteúdo após o uso do jogo da memória. Pode-se afirmar que aulas que utilizam estratégias como jogos educativos contribuem para a aprendizagem, bem como reforçam a cooperação entre os pares, melhorando o ambiente em sala de aula, tornando o aprendizado divertido e permitindo que os alunos sejam sujeitos ativos na construção de seu conhecimento. A metodologia adotada pode ser adaptada para diversos conteúdos e disciplinas, auxiliando aos professores em suas práticas docentes de forma diversificada, sustentável e de baixo custo.


Keywords


Lúdico, Zoologia, Suporte pedagógico.

References


ANTUNES, C. Novas maneiras de ensinar, novas formas de aprender. Porto Alegre: Artmed, 2002.

ARAÚJO, P. C. A. Religando saberes do espaço universitário ao contexto comunitário: a extensão enquanto elo de construção da cidadania cultural nas discussões da escola e juventude. 111-132p. In Extensão universitária, desenvolvimento regional, políticas públicas e cidadania. 2012.

ARAÚJO, O. L.; COSTA, A. L.; COSTA, R. R.; NICOLELI, J. H. Uma abordagem diferenciada da aprendizagem de Sistemática filogenética e taxonomia zoológica no Ensino Médio. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO X, Curitiba. Anais... Curitiba: SBF, 2011. p. 12720- 12726.

BARROS, J. L. C. A valorização da ludicidade enquanto elemento construtivo do modo de vida das crianças em nossos dias. 2002.

CUNHA, M.B. Jogos de Química: Desenvolvendo habilidades e socializando o grupo. In: XIV ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE QUÍMICA, 12. 2004 Goiânia. Anais... Goiânia: SBF, 2004. p. 14-9.

CUNHA, M.B. Jogos no Ensino de Química: Considerações Teóricas para sua Utilização em Sala de Aula. Revista Química Nova na Escola. Vol. 34, N° 2, 2012.

PEREIRA, N. B. Perspectiva para o ensino de zoologia e os possíveis rumos para uma prática diferente do tradicional. 2012. 43 f. Monografia (Licenciatura em Ciências biológicas), Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2012.

PEREIRA, P. S.; MÂCEDO, L. N.; SANTOS, M. S.; MAIA, N. D. S.; SANTOS, L. H. Concepção e aplicação de jogo de tabuleiro baseado na evolução dos vertebrados como um facilitador no processo de ensino e aprendizagem da teoria da evolução. Experiências em ensino de ciências, v.12, n.2, p.138-155, 2017.

SILVA, A. P. A importância dos jogos/brincadeiras para a aprendizagem dos esportes nas aulas de educação física. 57f. 2007. Monografia (Especialização em esporte escolar) – Centro de educação a distância da Universidade de Brasília, 2007.

SILVA, D. A. A. Educação e Ludicidade: um diálogo com a pedagogia Waldorf. Educar em revista, n.56, p.101-113, 2015.

SILVA, G. F.; SILVA, J. S.; SILVA, K. F.; SILVA, K. M. Percepção da escola sobre a importância das aulas práticas no processo ensino-aprendizagem de biologia: um estudo de caso nas escolas de ensino médio da cidade de Bom Jesus – Piauí. Diálogos e contrapontos: estudos interdisciplinares, v.1, n.2, p.31-53, 2017.

SANTOS, A. B.; GUIMARÃES, C. R. P. A utilização de jogos como recurso didático no ensino de zoologia. Ciência & Educação, Bauru, v. 5, n. 2, p. 52-57, 2010.

SEIFFERT-SANTOS, S.C.S.; FACHÍN-TÉRAN, A. Conhecimentos teóricos para a docência no ensino de zoologia em licenciaturas em Manaus. In: ENCONTRO DE PESQUISA EDUCACIONAL NORTE NORDESTE XX, Manaus. Anais... Manaus, 2011. p. 1-13.

SOARES, M. H. F. B.; CAVALHEIRO, E. T. G. O Ludo como um Jogo para Discutir Conceitos em Termoquímica. Química Nova na Escola, p. 27-31, 2006.

SOUSA, T. N.; CHUPIL, H. A contribuição dos jogos lúdicos na aprendizagem de ensino da parasitologia em ciências e biologia. Revista Uningá, v.56, n.1, p.47-57, 2019.

TRIPP, D. Pesquisa-ação: uma introdução metodológica. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 3, p. 443-466, set./dez. 2005.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-239

Refbacks

  • There are currently no refbacks.