A utilização da Teoria das Restrições no processo de pagamento de serviços continuados de uma IFES – Instituição Federal de Ensino Superior / The use of the Theory of Constraints in the continuous service payment process of an IFES - Federal Higher Education Institution

Rosely Costa da Silva Bandeira, Thayane de Souza Amaral, Yuri Yves Garcia Barroso, Armando Araújo de Souza Junior, Sandro Breval Santiago

Abstract


A Administração Pública Federal possui peculiaridades que a diferencia do setor privado. Porém, ambos buscam por métodos e ferramentas de gerenciamento que auxiliem e melhorem seus processos. A Teoria das Restrições (TOC) - como abordagem visando à melhoria contínua - afirma que todo sistema possui uma limitação. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho é analisar o processo de pagamento de serviços continuados sob a perspectiva da TOC em uma Instituição Federal de Ensino Superior (IFES). Como metodologia, foi utilizada uma estratégia de pesquisa qualitativa-quantitativa, de natureza exploratória, por meio de um estudo de caso em uma IFES, e uma simulação testando ações de melhoria. Foram analisados dois tipos de processos de pagamentos, sendo 41 de Manutenção de Ar Condicionado e 45 de Limpeza e Conservação. Foram destacados os processos de pagamento que ultrapassaram o prazo médio de 30 dias para sua finalização, sendo neste caso, analisados 52 processos - 23 de Manutenção de Ar Condicionado e 29 de Limpeza e Conservação. Conforme os resultados apresentados, a restrição encontra-se no setor de liquidação, concentrando pouco mais de 20 dias para finalização da análise e inserção no SIAFI, o que resulta no consequente atraso no pagamento destes processos, que dependem primordialmente do lançamento da liquidacão. Por meio da simulação com aplicação de manuais de procedimentos foi possível melhorar o processo de liquidação e identificar que o tempo médio padrão de um processo de pagamento (a partir da adoção de novas práticas) são de 10 dias na liquidação e 30 dias no pagamento.


Keywords


TOC, Administração Pública, Processos.

References


AGUILAR-ESCOBAR, V. G; GARRIDO-VEGA, P. Applying the theory of constraints to the logistics service of medical records of a hospital. European Research on Management and Business Economics, v. 22, n. 3, p. 139-146, 2016.

BERGUE, S. T. Gestão de Pessoas em organizações públicas: uma abordagem orientada para a Administração Pública Municipal. Caxias do Sul, RS: Educs, 2005.

BITAR, N. P. Aplicação da teoria das restrições integrada ao seis SIGMA buscando a gerência de gargalos no processo produtivo SMT. Manaus, 90 p., 2015. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Amazonas.

BRASIL. Lei n.º 4.320, de 17 de março de 1964. Estatui Normas Gerais de Direito Financeiro para elaboração e controle dos orçamentos e balanços da União, dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal. Diário Oficial da União. Brasília, 4 de maio de 1964.

____. Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Sistema de Informações de Custos. Brasília, DF, 2011. Disponível em: Acesso em: 29 de julho de 2019.

BRODBECK, A. F; HOPPEN, N; BOBSIN, D. Uma metodologia para implementação da gestão por processos em organizações públicas. Revista de Administração da Universidade Federal de Santa Maria, v. 9, n. 4, p. 699-720, 2016.

COSTA, B. dos S.; RAUPP, F. M. Proposta de sistematização dos custos incorridos na oferta de cursos por um Instituto Federal de Educação. XXV Congresso Brasileiro de Custos – Vitória, ES, Brasil, 2018.

COSTAS, J; PONTE, B; DE LA FUENTE, D; PINO, R; PUCHE, J. Theory of Constraints to reduce the Bullwhip Effect through agent-based modeling. Expert Systems with Applications, v. 42, n. 4, p. 2049-2060, 2015.

CRESWELL, J. W; CRESWELL, J. D. Research design: Qualitative, quantitative, and mixed methods approaches. Sage publications, 2017.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GOLDRATT, E. M; COX, J. A Meta: um processo de aprimoramento contínuo. São Paulo: Educator, 1997.

JOHANSSON, H. J; MCHUGH, P; PEDLEBURY, A. J; WHELLER, A. Processos de negócios. São Paulo: Pioneira, 1995.

LEOCÁDIO, L.; SANTOS, J. L. Gestão do Conhecimento em Organizações Públicas: transferência de conhecimento suportada por tecnologias da informação e comunicação. NGS/UFSC, Florianópolis, SC, Brasil, 2008. Disponível em: Acesso em: 29 jul. 2019.

LIBRELATO, T. P; LACERDA, D. P; RODRIGUES, L. H; VEIT, D. R. A process improvement approach based on the value stream mapping and the theory of constraints thinking process. Business Process Management Journal, v. 20, n. 6, p. 922-949, 2014.

OKUTMUŞ, E; KAHVECI, A; KARTAŠOVA, J. Using theory of constraints for reaching optimal product mix: an application in the furniture sector. Intellectual Economics, v. 9, n. 2, p. 138-149, 2015.

PAINES, A. de T.; FREITAS, C. A. de. Mensuração de custos no setor público via mapeamento de processos: Um estudo de caso em uma Instituição Federal de Ensino Superior. XXV Congresso Brasileiro de Custos – Vitória, ES, Brasil, 2018.

PRÉVE, A. D.; MORITZ, G. de O.; PEREIRA M. F. Organização, Processos e Tomada de Decisão. Florianópolis: UFSC, 2010.

SILVA, A. S. da. Proposta de sistema de mensuração de desempenho para auxílio à tomada de decisão de gestores: estudo de caso em uma fundação pública hospitalar de ensino. 2017. 175f. Dissertação de Mestrado – Universidade Federal do Amazonas, 2017.

ŞIMŞIT, Z. T; GÜNAY, N. S; VAYVAY, Ö. Theory of constraints: a literature review. Procedia-Social and Behavioral Sciences, v. 150, p. 930-936, 2014.

SOUZA, M. C. F; YAMADA, M. C; PORTO, A. J. V; GONÇALVES FILHO, E. V. Análise da alocação de mão-de-obra em linhas de multimodelos de produtos com demanda variável através do uso da simulação: um estudo de caso. Revista Produção, v. 13, n. 3, p. 63, 2003.

ŠUKALOVÁ, V; CENIGA, P. Application of the theory of constraints instrument in the enterprise distribution system. Procedia economics and finance, v. 23, p. 134-139, 2015.

TSOU, Chi-Ming. On the strategy of supply chain collaboration based on dynamic inventory target level management: A theory of constraint perspective. Applied Mathematical Modelling, v. 37, n. 7, p. 5204-5214, 2013.

VALE, C. A. A. Proposta de modelo gerencial de custo: um estudo de caso na faculdade de tecnologia da Universidade Federal do Amazonas. Manaus, 106 p., 2012. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Amazonas.

YIN, Robert K. Estudo de Caso-: Planejamento e métodos. Bookman editora, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-231

Refbacks

  • There are currently no refbacks.