A formação docente sob a ótica de um grupo de docentes em modalidade ead: impressões sobre qualidade e eficiência / Teacher training from the perspective of a group of teachers in e-modality: impressions about quality and efficiency

Polyanna Ervedosa Pinto, Paulo Roberto Melo de Castro Nogueira, Juliana de Moraes Alencar

Abstract


Esse estudo centrou-se na análise de um núcleo de formação docente do estado do Ceará desenvolvido na Modalidade EaD.  A modalidade EaD é alvo de mitos e críticas severas por sua própria natureza inovadora e pela implementação questionável por parte das IES privadas. Diante desse contexto e cientes da necessidade da ampliação da formação de docentes no Brasil, objetiva-se nesse estudo entender como se dá a formação desse profissional na modalidade EaD sob a perspectiva dos professores desse núcleo. Esse objetivo se realiza em termos da qualidade e da eficiência nessa modalidade de ensino. Esse estudo se justifica pela própria necessidade de ampliar a formação docente em regiões aonde as IEs não estão alocadas implicando na escassez da educação. Para a coleta de dados utilizou-se a análise documental e o método de entrevista. Foram analisadas as ementas dos cursos de licenciatura e a narrativa dos professores componentes do núcleo por meio de análise do conteúdo com o suporte do software Iramuteq com a técnica de análise de similitude e finalizando com a nuvem de palavras como recurso gráfico. Os resultados demonstraram que a integração entre docentes e discentes por meio das tecnologias e a produção de um material orientado são preponderantes na modalidade EaD.  Como resultado da análise concluiu-se que o EaD é uma modalidade eficiente em termos de formação docente desde que adequada aos parâmetros expostos pelos professores entrevistados, ressaltando que a qualidade e a eficiência são determinadas pelo empenho do próprio grupo.

 

 


Keywords


Ensino a distância. Licenciaturas. Narrativas.

References


BARDIN, L. Análise de conteúdo. Trad. Luís Antero Retos e Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições, v. 70, 2011.

BRAGA, M. Realidade virtual e educação. Revista de biologia e ciências da terra, v. 1, n. 1, 2001.

BRASIL, L. D. B. Lei 9394/96–Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Disponível http://www. Planalto. gov. br/ccivil_03/leis/l9394. htm. Acessado em, v. 30, 2015.

GADOTTI, MOACIR. Perspectivas atuais da educação. São Paulo Perspec. São Paulo, v. 14, n. 2, p. 03-11, June 2000 . Disponível em : . access on 10 Maion de 2019. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-88392000000200002.

GATTI, B. A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista USP, n. 100, p. 33-46, 18 fev. 2014.

GODOY, V. A.; ROSA, M. R; BARBOSA, F. L. O planejamento estratégico como ferramenta para a gestão educacional no processo decisório dentro das IES. Revista Científica, Vol. 3, nº 3, p. 77-89, 2011.

PIMENTEL, A. O método da análise documental: seu uso numa pesquisa historiográfica. Cadernos de pesquisa, n. 114, p. 179-195, 2001.

RATINAUD, P. IRAMUTEQ: Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires -0.7 alpha 2. 2014. Disponível em: http://www.iramuteq.org/news. Acesso em: 22 jan. 2019.

SACCOL, A. Z. Um retorno ao básico: compreendendo os paradigmas de pesquisa e sua aplicação na pesquisa em administração. Revista de Administração da UFSM, v. 2, n. 2, p. 250-269, 2009.

SOMEKH, B.; LEWIN, C. (Ed.). Theory and methods in social research. Ed. Sage, 2015.

SOMMER, L. H. Formação inicial de professores a distância: questões para debate. Em Aberto, Brasília, v. 23, n. 84, p. 17-30, nov. 2010




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-179

Refbacks

  • There are currently no refbacks.