Contribuições para o acesso de pessoas com deficiência à educação profissional e tecnológica / Contributions to access for people with disabilities to professional and technological education

Renata Gandra de Melo, Danielli Veiga Carneiro Sondermann

Abstract


A carência de documentos norteadores sobre acessibilidade em processos seletivos discentes impossibilita a equiparação de oportunidades e o acesso em igualdade de direitos pelas pessoas com deficiência à educação profissional e tecnológica. Assim, é objetivo deste estudo identificar fatores relacionados à acessibilidade destas pessoas em processo seletivo do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) de forma a contribuir com a institucionalização de ações inclusivas. Como referencial legal tem a educação como direito social de todos visando ao pleno desenvolvimento humano, ao preparo para exercício da cidadania e para o trabalho preconizada pela Constituição Federal e normas específicas que tratam do tema. Como referencial teórico, optou-se pelas contribuições de Sassaki (2009) no que se refere à inclusão e dimensões da acessibilidade; Saviani (2003), nas questões relativas à formação integral sob a referência do trabalho. A abordagem é qualitativa por meio da análise documental, da observação participante e de entrevistas semiestruturadas com alunos com deficiência. O instituto oferece vagas reservadas às pessoas com deficiência e busca, através dos setores envolvidos, mecanismos para garantir o acesso a todos, porém observa-se que algumas leis e conceitos ainda não estão bem compreendidos de forma que revela a necessidade, além da elaboração de documentos e cartilhas, do desenvolvimento profissional da equipe escolar numa perspectiva inclusiva.




Keywords


Acessibilidade, Inclusão Escolar, Gestão Escolar Inclusiva.

References


ALVES, M. L. T. O Aluno com Deficiência Visual nas Aulas de Educação Física: análise do processo inclusivo. 78f. Tese (Doutorado). Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, 2013.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BRASIL. Constituição Federal da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal,1988.

BRASIL. Decreto no. 3.298, de 20 de Dezembro de 1999. Política Nacional para a Integração da Pessoa Portadora de Deficiência,consolida as normas de proteção, e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, 21 dez.1999. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/d3298.htm. Acesso em 12 nov. 2018.

BRASIL. Decreto nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004. Regulamenta as Leis nos 10.048, de 8 de novembro de 2000, e 10.098, de 19 de dezembro de 2000, e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, 3 dez. 2004. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2004/Decreto/D5296.htm. Acesso em 22 nov. 2018.

BRASIL. Lei n° 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, 30 Dez. 2008. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm. Acesso em 21 de ago. 2018.

BRASIL. Lei nº 12.764, de 27 de dezembro de 2012. Institui a Política Nacional de Proteção dos Direitos da Pessoa com Transtorno de Espectro Autista. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. 28 dez. 2012. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12764.htm. Acesso em 21 de ago. 2018.

BRASIL. Lei n]º 13.146, de 6 de julho de 2015. Institui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Diário Oficial da República Federativa do Brasil. 7 jul. 2015. Disponível em http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm. Acesso em 21 de ago. 2018.

BRASIL. Lei 13.409, de 28 de dezembro de 2016. Altera a Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012, para dispor sobre a reserva de vagas para pessoas com deficiência nos cursos técnico de nível médio e superior das instituições federais de ensino. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. 29 dez. 2016. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2016/lei/l13409.htm. Acesso em 21 ago. 2018.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, 23 dez. 1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm. Acesso em: 22 set. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Portaria nº 1.793, de dezembro de 1994. Dispõe sobre a necessidade de complementar os currículos de formação de docentes e outros profissionais que interagem com portadores de necessidades especiais e dá outras providências. Diário Oficial da República Federativa do Brasil. Brasília, 1994. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/port1793.pdf. Acesso 19 de jan. 2019.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Especial. Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. Brasília: MEC/SEESP, 2001. Disponível em http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/diretrizes.pdf. Acesso em 12 nov. 2018.

CARVALHO, Gabriel Domingos de; MELO, Renata Gandra de. Implantação de Políticas de Ações Afirmativas na Pós-graduação do Instituto Federal do Espírito Santo. In: Editora Poisson. (Org.). Série Educar- Educação Especial e Inclusiva. 1ed. Belo Horizonte: Editora Poisson, 2020. Volume 23, p. 67-71. Disponível em https://www.poisson.com.br/livros/serie_educar/volume23/. Acesso em 10 mar. 2020.

DANTAS, Lucas Emmanuel Ricci. Políticas públicas e direito: a inclusão da pessoa com deficiência. Curitiba: Juruá, 2016.

DANTAS, Lucas Emanuel Ricci; LIMA, Ana Paula Paschoal Pinto. A educação libertadora como prática de uma política de integração da pessoa com deficiência. Ciências Sociais Aplicadas em Revista, v. 13, n. 24, p. 137-153, 2013.

DINIZ, Débora; BARBOSA, Lívia; SANTOS, Wederson Rufino dos. Deficiência, direitos humanos e justiça. Sur Revista Internacional de Direitos Humanos, v. 6, n. 11, p. 65-77, 2009.

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Regulamento do Fórum dos Núcleos de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (Fonapne) do Ifes. Vitória, ES, 2013. Disponível em https://ifes.edu.br/images/stories/files/Pro_reitoria_ensino/fonapne/portaria_n039_2013_homologa_regulamento_fonapne.pdf. Acesso em 26 abr. 2019.

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Regulamento Interno do Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (Napne) do Ifes. Vitória, ES, 2014. Disponível em https://ifes.edu.br/images/stories/files/Pro_reitoria_ensino/fonapne/portaria_1063-2014_anexo_I.pdf. Acesso em 26 abr. 2019.

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. . Regulamento de Organização Didática dos cursos de graduação do Ifes. Vitória, ES. 2017a. Disponível em: https://www.ifes.edu.br/images/stories/files/Pro_reitoria_ensino/atualizacao_rod/PORTARIA_N_1149-2017_Homologa_ROD_Graduacao.pdf. Acesso em 20 jan. 2020.

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Conselho Superior. Resolução nº 10, de 27 de março de 2017. Regulamenta a adoção de ações afirmativas nos cursos e Programas de Pós-graduação do Ifes. Vitória, ES. 2017b. Disponível em: https://prppg.ifes.edu.br/images/stories/Arquivos_PRPPG/CPAA-POS/res_cs10_2017.pdf. Acesso em 26 abr. 2019.

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Plano de Desenvolvimento Institucional 2019-2024. Vitória, ES, 2019a. Disponível em: https://www.ifes.edu.br/images/stories/Res_CS_48_2019_-_PDI_-_Anexo.pdf. Acesso em 19 jan. 2020.

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Acessibilidade e Inclusão: o trabalho dos Napnes no Ifes. Vitória, ES, 2019b. Disponível em https://www.ifes.edu.br/images/stories/noticias_gerais/2019/04-abril/cartilha-napne.pdf. Acesso em 12 nov. 2019.

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Regulamento de Organização Didática dos cursos técnicos do Ifes 2020. Vitória, ES. 2019c. Disponível em: https://www.ifes.edu.br/images/stories/-publicacoes/documentos-institucionais/regulamento-organizacao-didatica/rod-diagramado.pdf. Acesso em 20 jan. 2020.

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Regimento Geral do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo. Vitória, ES. 2019d. Disponível em https://www.ifes.edu.br/images/stories/Res_CS_20_2019_-_Anexo.pdf. Acesso em 19 jan. 2020.

INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Relatório Integrado de Gestão 2018. Vitória, ES. 2019e. Disponível em https://ifes.edu.br/images/stories/noticias_gerais/2019/05-maio/relatorio-gestao-2018-.pdf. Acesso em 2 de jun. 2019.

KARAGIANNIS, Anastasios; STAINBACK, Susan; STAINBACK, Willian Fundamentos do ensino inclusivo. IN: STAINBACK, Susan; STAINBACK, Willian Inclusão: Um guia para educadores. Porto Alegre: Artmed, p. 21-34, 1999.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ Marli, Eliza Dalmazo Afonso de. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 2014.

MOREIRA, Laura Ceretta; ANSAY, Noemi Nascimento; FERNANDES, Sueli Fátima. Políticas de acesso e permanência para estudantes surdos no ensino superior. Revista Teoria e Prática da Educação, v.19, n. 1, p. 49-60, 2016.

MOURA, Dante Henrique; LIMA FILHO, Domingos Leite; SILVA, Mônica Ribeiro. Politecnia e formação integrada: confrontos conceituais, projetos políticos e contradições históricas da educação brasileira. Revista Brasileira de Educação, v. 20, n. 63, p. 1057–1080, 2015.

O’BRIEN, John; O’BRIEN, Connie Lyle. A Inclusão como uma força para a renovação da escola. IN: STAINBACK, Susan; STAINBACK, Willian. Inclusão: um guia para educadores. Porto Alegre: Artmed, 1999.

PACHECO, Eliezer. Institutos Federais: uma revolução na educação profissional e tecnológica. In: PACHECO, E. (org). Institutos Federais: uma revolução na educação profissional e tecnológica. Brasília, São Paulo: Editora Moderna, 2011.

PATTON, Michael Quinn. Qualitative Research and Evaluative Methods. 3ª. Ed. California: Sage Publications, 2002.

PERINNI, Sanandreia Torezani. Do Direito à Educação: o núcleo de atendimento às pessoas com necessidades específicas e a inclusão escolar no Ifes. 227f. Tese (Doutorado). Programa de Pós-graduação em Educação. Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2017.

RAMOS. Marise. Concepção do Ensino Médio Integrado. 2008. Disponível em https://tecnicadmiwj.files.wordpress.com/2008/09/texto-concepcao-do-ensino-medio-integrado-marise-ramos1.pdf. Acesso em 15 out. 2018.

SASSAKI, Romeu Kazumi. Inclusão: acessibilidade no lazer, trabalho e educação. Revista Nacional de Reabilitação (Reação), Ano XII, p. 10-16. São Paulo, 2009.

SASSAKI, Romeu Kazumi. Inclusão: Construindo uma Sociedade para Todos. Rio de Janeiro: WVA, 2010.

SAVIANI, Demerval. O choque teórico da politecnia. Revista Trabalho, Educação e Saúde, v. 1 (1), p. 131-152, 2003.

SEGALLA, J. I. S. F. Direito à Educação. In: FERRAZ, C. V. et al. (coord.) Manual dos Direitos da Pessoa com Deficiência. São Paulo: Saraiva, 2012.

SILVA, Ana Mayra Samuel da; SCHLÜZEN, Elisa Tomoe Moriya; SANTOS, Danielle Aparecida do Nascimento dos, LIMA, Ana Virgínia Isiano. Função Social da Escola e Inclusão: qual a relação? Colloquium Humanarum, vol. 15, n. Especial 1, p. 164-170, 2018a.

SILVA, Ana Mayra Samuel da; SCHLÜZEN, Elisa Tomoe Moriya; SANTOS, Danielle Aparecida do Nascimento dos, LIMA, Ana Virgínia Isiano. Desenvolvimento profissional da equipe gestora escolar em uma perspectiva inclusiva. Revista Transmutare, v. 3, n. 1, p. 109-122, 2018b.

SILVA, Izaura Maria de Andrade da. Políticas de Educação Profissional para as Pessoas com Deficiência. 209 f. Tese (Doutorado). Programa de Pós-graduação em Educação. Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011.

SONDERMANN, Danielli Veiga Carneiro; ALBENAZ, Jussara Martins; BALDO, Yvina Pavan. Em busca da educação inclusiva na educação a distância: reflexões e possibilidades por meio do universal design for learning. Pro-discente, v. 19, n. 2, p. 18-38, Jul/Dez 2013.

UNESCO. Inclusive Education: way of the future. 48th International Conference on Education - conclusions and recommendations. Geneve: IBE, 2008. Disponível em http://www.ibe.unesco.org/fileadmin/user_upload/Policy_Dialogue/48th_ICE/ICE_FINAL_REPORT_eng.pdf. Acesso em 11/04/2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-170

Refbacks

  • There are currently no refbacks.