O lazer na educação física escolar como possibilidade para a formação humana de alunos da prefeitura de Fortaleza / Leisure in school physical education as a possibility for the human training of students of the municipality of Fortaleza

Halisson Mota Cunha, Ronny Barroso Peixoto, Romilla Menezes Nascimento, Maria Eleni Henrique da Silva

Abstract


Em nossa sociedade tem ocorrido constantes debates em relação ao lazer e educação, onde inúmeros conceitos são abordados em diferentes perspectivas. Aqui apresentamos o Lazer como uma dimensão cultural onde ele perpassa as relações e espações sociais considerando sua potencialidade educativa em estimular valores humanos nas inúmeras relações subjetivas estabelecidas pelos sujeitos. Este artigo pretende contribuir para o processo de reflexão desta temática, utilizando a Educação Física escolar como possibilidade potente em desenvolver práticas de Lazer que contribuam para a formação dos alunos. Foi realizado um estudo de caso, utilizamos o enfoque qualitativo, onde este tipo de pesquisa permite dialogar com os dados obtidos com a literatura atual e realidade local. A amostra desta pesquisa foram 20 alunos. Foi analisado o conteúdo dos questionários por meio da técnica sugerida por Bardin (2006).  Foi notado o protagonismo juvenil dos alunos na tomada de atitudes dentro da prática. Observamos práticas cooperativas entre os alunos nas relações desenvolvidas durante a experimentação do Lazer. A disciplina da Educação Física pode motivar a efetivação das relações corporais axiológicas por meio desta temática, fazendo seu conteúdo de aula ter sentido em sua realidade. Esta ação possibilitou a descoberta de mundos possíveis.

 

 


Keywords


Escola, Educação Física, Lazer.

References


ALVES, R. A escola com que sempre sonhei sem imaginar que pudesse existir. Campinas: Papirus, 2002.

BRASIL. Constituição da República Federal do Brasil, Art. 217. 1988.

BRASIL. Secretaria da Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Temas Transversais. Brasília: MEC/ SEF, 1996.

COSTA, G. Protagonismo juvenil: adolescência, educação e participação

democrática. Salvador: Fundação Odebrecht, 2000.

______. A presença da Pedagogia: teoria e prática da ação

sócio educativa. 2ª ed. São Paulo: Global: Instituto Ayrton Sena, 2001.

CUNHA, H. A dimensão Éico-Moral no contexto da educação física no ensino médio - diálogos com kohlberg: o caso do Liceu do Conjunto Ceará. Dissertação de Mestrado pela Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará, 2017.

DELORY-MOMBERGER, C. Biografia e educação: figuras do indivíduo-projeto. Natal: EDUFRN, São Paulo: PAULUS, 2008.

DUMAZEDIER, J. Valores e conteúdos culturais do lazer. São Paulo: SESC, 1980.

FIGUEIREDO, J. Educação ambiental e dialógica e representações sociais da água em cultura sertaneja nordestina: uma contribuição à consciência ambiental em Irauçuba-CE. 2003. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) –Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2003

FREIRE, P. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1989.

JOSSO, C. Experiência de Vida e Formação. São Paulo: Cortez, 2004.

MARCELLINO, C. Lazer e Educação. 13. ed. Campinas: Papirus, 2008.

PERINOTTO, A. Turismo Pedagógico: uma ferramenta para educação ambiental. Rio de Janeiro /RJ. Caderno Virtual de Turismo (IVT – Instituto Virtual do Turismo). UFRJ. Vol. 8, n1. 2008.

SPOSITO, M. Trajetórias na constituição de políticas públicas de juventude no Brasil. In: FREITAS, M. V; PAPA, F. deC. (Org.). Políticas públicas: juventude em pauta. SãoPaulo:Cortez,2003.

THOMAS, J. Métodos de pesquisa em atividade de física. 5ed.Porto Alegre: Artmed, 2007.

ZANELLI, J. Pesquisa qualitativa em estudos da gestão de pessoas. Estudos de Psicologia, v. 7, p. 79 - 88, 2002.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-168

Refbacks

  • There are currently no refbacks.