Análise do efluente final gerado em uma usina termoelétrica no distrito industrial do município de São Luís - MA / Analysis of the final effluent generated in a thermoelectric plant in the industrial district of the municipality of São Luís - MA

Sara de Jesus Costa Soares, Neuriane Silva Lima, Lorraine Freitas Gonzaga, Liziane Marques Serra, Daniel Rocha Pereira, Osman José de Aguiar Gerude

Abstract


O objetivo desta pesquisa foi realizar a análise do efluente final de uma usina termoelétrica localizada no Distrito Industrial do Itaqui em São Luís – MA, verificando a eficiência do sistema de tratamento de efluentes da unidade. Os dados foram coletados através do SIA (Sistema de Informações Ambientais), sendo referentes aos anos de 2014, 2015 e 2016. Os parâmetros analisados (pH, sólidos sedimentáveis, fluoreto, sulfeto, bário, cromo trivalente, cromo hexavalente, selênio e óleos minerais) encontram-se todos de acordo com a Resolução CONAMA nº 430/11, que dispõe sobre condições e padrões de lançamento de efluentes, a qual, complementa e altera a resolução CONAMA nº 357. Sendo assim foi constatado que o sistema de efluente final da UTE Itaqui apresentou eficiência adequada para enquadramento dos parâmetros monitorados conforme limites máximos estabelecidos pela resolução vigente.


Keywords


Lançamento de Efluentes, Parâmetros, Resolução Vigente.

References


ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9897: Planejamento de amostragem de efluente líquidos e corpos receptores. 2º ed. Rio de Janeiro, 1987. 14 p.

ABNT. ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9898: Técnicas de preservação de amostragem de efluentes líquidos e corpos receptores.

ATSDR, Thallium. ATSDR (Agency for toxic substances and disease registry). Prepared by Clement International Corp., under contract, 2000, 205: 88-0608.

AZEVEDO, F. A, et al. Metais: gerenciamento da toxicidade. São Paulo: Editora Atheneu, 2003.

BARD, G. N.; SOBRAL, L. G. S.; FERNANDES, A. L. V. Utilização de Método de Oxi-Redução na Remoção de Selênio de Efluentes Líquidos da Indústria Química. In: XIII Jornada de Iniciação Cientifica, Natal, nov. 2005.

BRASIL. Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. Sistema Eletrônico de Informações. Disponível em: < https://ibamanet.ibama.gov.br/docibama/publico/>. Acesso em: 29 set. 2017.

CNRH – CONSELHO NACIONAL DE RECURSOS HIDRICOS. Disponível em: . Acesso em: 05 nov. 2017.

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA. Resolução nº 001, de 23 de janeiro de 1986. Dispõe Sobre Critérios Básicos e Diretrizes Gerais para a Avaliação de Impacto Ambiental. Conselho Nacional de Meio Ambiente. Ministério do Meio Ambiente. Brasília – DF, 1986.

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE-CONAMA. Resolução nº 430, de 13 de maio de 2011. Dispõe sobre as condições e padrões de lançamento de efluentes. Conselho Nacional de Meio Ambiente. Ministério do Meio Ambiente. Brasília – DF, 2011.

DEZOTTI, M. Processos e técnicas para o controle ambiental de efluentes líquidos. Rio de Janeiro: Editora E-papers, 2008. v. 5

GIODANO, G. Tratamento e Controle de Efluentes Industriais. Revista ABES, Mato Grosso, n. 1, p 5-15, jun. 2004.

GIRARD, J. E. Princípios de Química Ambiental. 2. ed. Rio de Janeiro: LTC, 2013.

MATOS, A. S. A. T, et al. Monitoramento ambiental da qualidade da água no Rio Macaé associado ao lançamento de efluentes de termelétrica: um estudo de caso do lançamento de efluentes da UTE Mário Lago no rio Macaé, RJ. Boletim do Observatório Ambiental Alberto Ribeiro Lamego, 2011, 4.1: 127-140.

PHILIPPI JÚNIOR, A.; ROMERO, M. A.; BRUNA, G. C. Curso de gestão ambiental. Barueri – SP, 2014.

POSSIGNOLO, N. V, et al. Emprego da precipitação química como técnica de tratamento de resíduos laboratoriais contendo flúor e cobre. Revista Analytica, São Paulo, n. 42, p.94-107, set. 2009.

POSSIGNOLO, N. V.; TAVARES, G. A.; OLIVEIRA, J. G. G.; XAVIER, Tatiana, M. R.; BENDASSOLLI, J. A. Emprego da precipitação química como técnica de tratamento de resíduos laboratoriais contendo flúor e cobre. Revista Analytica, São Paulo, n. 42, p.94-107, SET. 2009.

SÁNCHEZ, L. E. Avaliação de impacto ambiental. São Paulo: Oficina de Textos, 2015.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-163

Refbacks

  • There are currently no refbacks.