Estudo comparativo entre as metodologias para realização de inventários de emissão de gases poluentes por fontes automotoras: CETESB x Ministério do Meio Ambiente / Comparative study between the methodologies for conducting pollutant gas emission inventories by automotive sources: CETESB x Ministry of the Environment

Paulo Victor Rocha Brandão, Édler Lins de Albuquerque, Rosana Lopes Lima Fialho

Abstract


O monitoramento e controle das emissões veiculares são essenciais para o bom gerenciamento da qualidade do ar no meio urbano e devem ser encarados além da questão ambiental, como importantes ferramentas para a garantia da qualidade de vida e da saúde da população. A elaboração de inventários de emissões é um passo fundamental em todo o processo de gerenciamento da poluição. Os inventários de emissões veiculares são usualmente construídos a partir do uso de fatores de emissão associados a um parâmetro do nível de atividade dos veículos, como por exemplo, o consumo de combustível e a quilometragem anual média. Neste contexto, o presente estudo tem como objetivocomparar asduas metodologias disponíveis para a elaboração de inventários de emissões de origem veicular avaliando as emissões dos poluentes CO, NOx, RCHO, MP. Como estudo de caso, estas serão empregadas para a cidade de Salvadorconsiderando a frota em março de 2018.Ambas metodologias apresentaram semelhança qualitativa, onde automóveis e caminhões foram às categorias veiculares mais poluidoras. Entretanto, quantitativamente, observou-se uma diferença de70% na emissão veicular total entre as metodologias, diferenças estas devido aos fatores de emissão empregados e ao fator de intensidade de uso.


Keywords


Inventário de emissões, poluição veicular, Salvador

References


BRASIL. 1º Inventário Nacional De Emissões Atmosféricas Por Veículos Automotores Rodoviários.Disponívelem:. Acesso em 20/02/2018.

CETESB. Relatório de qualidade do ar no Estado de São Paulo 2011, Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo, São Paulo, Brasil, 2012.

DELUCCHI et al. The health and visibility cost of air pollution: a comparison of estimation Methods. Journalof Environmental Management 64, 139–152, 2011.

DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito). Frota fabricada por município. Disponível em: . Acesso em 20/02/2018.

E.E.A (European Environment Agency). Emep/Eea Air Pollutant Emission Inventory Guidebook – 2017. Disponível em: < http://www.eea.europa.eu/publications/emep-eea-emission-inventory-guidebook-2009>.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo demográfico 2010. Disponível em: . Acesso em: 20/10/2018

INEA-Instituto Estadual do Ambiente Relatório publicado 2016 disponível emwww.inea.com.br

MOURA, T.; NERY, J.; ANDRADE, T.; KATZSCHNER , L. Mapeando as condições de conforto térmico em Salvador . Revista de Urbanismo e Arquitetura, Vol. 7, No 1, p.44-49, 2006.

DRUMM, F. C. et. al. Poluição atmosférica proveniente da queima de combustíveis derivados do petróleo em veículos automotores. Revista do Centro do Ciências Naturais e Exatas, Rio Grande do Sul. V. 18 n., p. 66-78. Abril 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n5-127

Refbacks

  • There are currently no refbacks.